História I hate you baby || BTS || yoonmin - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Babyboy, Bangtan, Bangtanboys, Bts, Daddykink, Lemon, Romance, Shipp, Yaoi, Yoomin
Exibições 695
Palavras 601
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


A Jin e o Namjoon arrumam o ninho todo dia. Dedcobri que o meu tipo de hamster porde ter de 4-6 filhotes e que fica no cio de 4 em 4 dias, e que eles praticam incesto (a Jin e o Namjoon são irmãos), então depois eu vou ter que separar as fêmeas dos machos.

Capítulo 41 - 41


Fanfic / Fanfiction I hate you baby || BTS || yoonmin - Capítulo 41 - 41

Tae's PO.V.

Eu estava passando minhas mãos nas bochechas rosadas de Jung Hoseok.

-Bom dia meu menininho.

-Bom dia Taesinho.

-Dormiu bem hoje?

-Só senti um pouco de dor, mas já estou melhor.

-Que bom que pelo menos esta melhor.- dei um beijo em sua testa.

Levantei da cama e fui pegar seu cilindro de oxigênio. Depois eu o ajustei ao cateter.

-Obrigado.- disse ele.

-Não precisa agradecer. Eu faço isso porque te amo.

-Eu também te amo.- disse ele se levantando calmamente.

-Precisa de ajuda?

-Eu consigo me virar. Vou no banheiro, já volto.

-Qualquer coisa é só me gritar.

-Sim. Qualquer coisa eu te chamo.

Hoseok entrou no banheiro.

Bom, agora eu vou contar minha triste situação para vocês:
Hoseok teve que passar o final do ano passado de repouso, tendo assim que faltar a escola, então ele infelizmente repetiu. Eu passei de ano, então enquanto não entro em uma faculdade eu ficarei cuidando do Hoseok em casa. Ele está tendo aulas com um professor particular em casa.
Como a doença do Hoseok causa fraquesa muscular ele não consegue segurar uma ereção por muito tempo se fizer muito esforço, então eu ganhei o posto de ativo ( mas às vezes eu convenço ele que sou melhor como passivo, aí nos damos um jeitinho.)
E ainda temos varios probleminhas e são imperceptíveis por causa do nosso amor.

Ah, quase me esqueci: minha avó é o nosso pior problema.
Ela me deu um vibrador e falou pra mim finjir que era o pau do Hoseok.

Hoseok voltou do banheiro.

Ele se sentou na beira da cama e começou a respirar fundo. Ele faz isso pra se acalmar, desde que ele descobriu a doença ele ficou com problemas de ansiedade.

Eu sentei ao lado dele e o abracei.

-Calma vai ficar tudo bem.

-Eu to calmo.

-Certeza?

-Sim.

Eu tenho fogo no rabo, então como eu sei que ele ta bem eu vou beijar ele sim!

Eu segurei o rosto do Hoseok e comecei a beija-lo. Ele retribuiu o beijo.

Sentei em seu colo.

Continuamos o beijo.

Hoseok começou a apertar minha bunda. Que mãozinhas rápidas.

Tirei minha blusa.

-Sério isso Tae?- disse ele com um sorriso estampado no rosto.

Ele me jogou na cama.

Agora Hoseok estava em cima de mim.

Ele me beijava enquanto brincava com meus mamilos com seu polegar e indicador.

Eu soltei uns gemidos baixos.

Ele separou sua boca da minha, e desceu a até meu mamilo esquerdo.

Ele começou a roçar sua cocha contra meu membro ereto.

Eu levemente puxava os fios de seu cabelo castanho.

Ele interrompeu todos seus atos para tirar meu shorts, e minha cueca.

Eu estou nu e o Hoseok completamente vestido, que merda.

-Mozão, pode fazer um esforcinho por mim. Por favor. Eu nasci pra dar.-implorei.

-Você não tem jeito mesmo taehyung.- ele sorriu e beijou na testa.

Eu me virei e fiquei de quatro para Jung Hoseok.

Ele abaixou suas calças, e seu membro ereto agora estava amostra.

Hoseok começou a me penetrar com toda a força que estava presente em seu corpo, ele estava ofegando, e eu, gemendo, muito, muito alto.

Ele dava estocadas fundas, na qual eu não estava muito bem acostumado a receber, confesso que dessa vez doeu um pouco, mas é algo suportável. Depois de mais algumas estocadas fundas ele acabou gozando. Acabou a brincadeira, o corpinho não aguenta um segundo round.

Ele se deitou do meu lado e ficou ofegando por alguns minutos.

Seu rosto suado está tão lindo.

Ele parece muito cansado.

Por mais que nossas transas sejam mais rápidas,  elas continuam sendo maravideusas.


Notas Finais


Eu to escrevendo essa bosta des das uma da manhã. Eu rl tendo que dar atenção ao spirit e a minha amiga ao mesmo tempo.

Bjs, espero que tenham gostado.

Prometo que o proximo capítulo será um yoonmin muito fofo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...