História I hate you baby || BTS || yoonmin - Capítulo 61


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Babyboy, Bangtan, Bangtanboys, Bts, Daddykink, Lemon, Romance, Shipp, Yaoi, Yoomin
Exibições 434
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Lembra que eu perguntei ce ces queriam a treta? Então, aproveiten :3.

Amo vocês, tá?

Capítulo 61 - 60


YOONGI'S P.O.V.

-Amor, você pode me dizer pelo menos quem foi?

-Eu não lembro bem... Eu só lembro do Jeon ter me puxado pra uma sala... E...- ele parecia ter dificuldades para falar.

-Não precisa falar mais nada... Já entendi...- respirei fundo. -filho de uma puta...- sussurrei

Jimim apertou a minha mão.  Ele abriu seus olhos com dificuldade. 

-Obrigada por ter vindo.

-Não precisa agradecer,  é a minha obrigação estar aqui... Eu te amo pequeno...

HOSEOK'S P.O.V.

Eu estava deitado, com dor nos musculos e insuficiência respiratória. 

Enquanto isso Tae dormia que nem um anjo, eu não queria acorda-lo por causa de besteira, então deixei ele dormindo.

Coloquei meu cateter, por um segundo pude me sentir no céu,  isso me ajudava bastante.

Enquanto a dor no corpo, eu tomei uns remédios de dor, espero que ela passe.

LUCHIA'S P.O.V.

[Horas depois]

Eu fui fazer algo pra comermos.

Quando ficou pronto eu tive que acordar o Kook para comer.

Enquanto comiamos eu ouvi fortes batidas na porta.

-Vou ver quem é.  - falei oara o Jeon.

-Não! Só ignora.

-Qual é,  Jeon, e se for sua mãe!?-Disse abrindo a porta.

Vi Min Yoongi. Ele estava nervoso, ele estava bem alterado.

-Cade aquele filho da puta desgraçado!? - ele gritou.

-Calmae-disse enquanto tentava manter ele fora da Kitnet. Ele me empurrou e saiu entrando.

Quando fui ver, ele já estava com as mãos no pescoço do Jeon enquanto o batia contra a parede.

-Por qie caralhos você fez isso!? Em!? Porra. É prazeroso machucar os outroa pra você? - Yoongi deu um soco no nariz do Jeon.

-Do que... Você está falando? - perguntou Jeon.

-Fingido filho da puta!  - Yoongi deu umchute no meio das pernas do Jeon.

Eu não sabia o que fazer, eu estava assustada, nunca vi o Yoongi daquele jeito.

-Hoje você passou de todos os limites possíveis!- ele gritava.

-Eu nem sai de casa, seu doente!- Jeon respondeu com um grito. Yoongi não gostou e deu soco no nariz dele, o fazendo sangrar.

Eu peguei uma garrafa na cozinha,  estava disposta a acerta-la no Yoongi caso ele tentasse mais algo.

-Ele ficou em casa...- disse tremula.

-Isso é o que ele quer que você pense.- ele virou para mim.

-Você não fale isso do meu namorado!-gritei com ele.

-Você diz isso porque não viu o que ele fez com o Jimin! O Jimin ta quase morto num leito agora, por causa deste bastardo! - ele gritou.

-O Jimin está mau? Onde ele está?  - a voz do Jeon estava trêmula. 

-Tem feiro bom uso do curso de teatro, não é mesmo?- O Yoongi deu mais um soco no Jeon, eu não me segurei, joguei a garrafa nele, mas com a minha pontaria de merda eu só consegui acertar o ombro.

Sentei no chão para respirar um pouco... Que merda acabou de acontecer aqui? E porque o Yoongi estava tão puto?





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...