História I Hate You But I Love You - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Carter Reynolds, Crawford Collins, Jack & Jack, Jacob Whitesides, Taylor Caniff
Personagens Cameron Dallas, Carter Reynolds, Crawford Collins, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Personagens Originais, Taylor Caniff
Exibições 26
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Oque está havendo comigo?


Fanfic / Fanfiction I Hate You But I Love You - Capítulo 6 - Oque está havendo comigo?

*Cameron's P.O.V*

Cheguei no castigo e a marrentinha ja estava  por lá  pegando alguns livros,sorrio de lado e comecei a fazer o mesmo.

- Vou dar uma saída e ja volto,podem continuar comprindo o castigo em silêncio- A senhora Montenegro disse saindo da biblioteca.

- Você pode me ajudar a levantar essa prateleira?-Eu diase e ela apenas concordou com a cabeça

Cada um ficou de um lado da prateleira e conseguimos levanta-la apesar de ser bem pesada.

- Bem simpática sua namorada- ela disse.

- Madison?-ri-Ela é a simpatia em pessoa,ou a falta dela porém ela não é minha namorada e tá bem longe de ser.

- Não foi isso que ela me disse no banheiro- A olhei com um sorrisinho de lado.

- Estavam falando de mim?-ri.

- Não,não é isso é que ela veio falando que ficou sabendo do nosso castigo e avisou pafa ficar longe de voxe e blá blá blá.-Ela revirou os olhos.

-Eu não sou namorado dela- respondi.

- Mas vocês juntos eu sempre vejo vocês grudados.-ela disse.

- A gente fica mas é so isso,e se você vê é porque anda reparando demais em mim- Sorri de lado e ela revirou os olhos novamente.ELA FAZ MUITO ISSO NÃO É MESMO.

-Oque claro que nao,é que querendo ou não acabo vendo.- Ela diz toda sem graça.

- Aham sei então porque ficou toda sem graça?- Sorri.

- Não fiquei.- Ela diz.

- Ficou sim.

- Não eu não fiquei.- Ela bufa.

- Pare com isso é assume.

- Eu não tenho nada para assumir que saco.

- Viu ta nervosinha - Ri.

- Tô porque você é um chato irritante.

- E você é tão azeda que é pior que limão.

- E você é pior que as tias que dão meia de Natal.

- Você que é -dou um empurrao de leve nela.

- E você -ela me empurra de volta e eu a empurro novamente.- Paraa-Ela me empurrou de novo e eu pisei em um livro que me fez escorregar e sem perceber segurei em sua mão e ela acabou caindo em cima de mim,nossos rostos ficaram centimwteos de diatancia,dava pra sentir a respiração dela batendo em minha boca,olhei direto nos  olhos dela FALA ALGUMA COISA

- Você se machucou?-eu disse.

-Não- Ainda em cima de mim- E você?

- Também to bem.E o silêncio veio a tona novamente,até quando eu percebi que estava aproximando meu rosto do dela lentamente EU IRIA MESMO BEIJA-LA?,ela não recusou mas também não se aproximou , ficou parada até que a senhora Montenegro chega na biblioteca.

- Cadê aqueles dois?-Nós nos levantamos rapidamente porque se ela visse nós daquele jeito iríamos parar na diretoria novamente.E o mais importante EU IRIA MESMO FERRAR SEM NEM TER APROVEITADO POXAA.

- Estamos aqui - Ela disse e a senhora Montenegro apareceu la .

*Júllia's P.O.V*

Eu aknda estava tentando enteder o que acabou de acontecer ali,aquela troca de olhares,o quase beijo,repetindo várias e várias vezes o QUASE beijo em minha mente.NOS QUASE NOS BEIJAMOS.É SERIO ISSO? nem acredito nisso,e o pior de tudo era que eu queria isso,eu não o suporto porque ele me irrita,mas quando eu vejo ele meu estômago gela como se eu tivesse comido um iceberg ultra gigante e ele ainda estivesse dentro de mim,e quando nós falamos...quer dizer brigamos,eu gosto porque sinto que estou tendo sua atenção.DEUS ISSO TA MUIIGO ESTTANHO,PARA AGORA COM ISSO JÚLLIA,eu ja to com medo disso.OQUE ESTÁ HAVENDO COMIGO ZEUS?

(...)

Tomei um banho e coloquei uma roupa que digamos de usar em casa,uma camiseta branca com uma estampa de pizza,shorts de malha Preto,coloquei minhas lindas pantufas de pé de panda,BEM INFANTIL NE MAS I'DONT CARE e fiz um coque frouxo.

Como eu estava com fome resolvi pedir uma pizza e iria assistir série,e não demorou muito minha pizza chegou.

Fui até a porta e abrir a mesma.

- Pizza de catupiry e outra pizza de brigadeiro -O entregador disse e quando olhei para cima QUE GATO,POREM ELE NÃO ME É ESTTANHO.

- Sim -Entrego ele o dinheiro e pego as pizzas.

- Eu conheço você - Ele disse.

- Ahmm?Conhece?

- Sim você  é a garota que enfrentou a Madison ne?-Ele rio.

- Afs todos me conhecem desse jeito?

- Você ficou conhecida assim UE,já chegou botando moral.-Ele sorrio.

- Eu não sou galinha para botar e outra eu não quero ser conhecida assim e nem quero ser conhecida.

- Okay,mas que você  foi corajosa foi.- Ele rio.

- Obrigada -Sorri.

- Eu tenho que ir,tenho mas pizzas para entregar,prazer em r conhecer e aliás eu me chamou Jack mas pode me chamar de Gilinsky.- Ele estendeu a mão.

- Júllia -Disse segurando sua mão o cumprimentando e ele se virou para ir embora.

- A propósito,belas pantufas- Ele riu,olhei para os meus pés e depois olhei parq ele,envergonhada.COMOO EU POSSO ATENDERNUM GATO DESSE VESTIDA ASSIM ? AI ZEUS QUE VERGONHA.

Sorrio fechando a porta me sentando no sofá,dei play no filme e comecei a comer um pedaço da pizza de catupiry.

- Wowww se essa pizza fosse um ser humano eu levava ela para Las Vegas e me casava com ela.-Ri do que eu disse.


*Cameron's P.O.V*

Estava deitado em minha cama olhando para o teto e do nada vejo ela na minha cabeça,sua boxa AHHH AQUELA BOCA COMO EU QUERIA BEIJA-LÁ,suas expressão quabdo fixa brava...Tão linda.

CAMERON ALEXANDER DALLAS QUE MERDA VOCÊ ESTÁ FALANDO??? eu não acredito....

- Não,não,não pode ser- coloquei as maso no rosto - Não pode ser isso,eu não posso gostar daquela marrentinha azeda como limão,nananinanao -Me sentei na cama- Porque ela não sai dos meus pensamentos?OQUE ESTA HAVENDO COMIGO?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...