História I hate you, I love you. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 659
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Começo


Fanfic / Fanfiction I hate you, I love you. - Capítulo 1 - Começo

Eu nunca fui o tipo de pessoa que sempre se deu bem em tudo, alias, posso afirmar que, minha vida é uma perfeita merda! Tudo sempre começa com a famosa histórinha dos contos de fadas, SIM, isso mesmo, meus pais morrem em um trágico acidente de carro, clichê não acha ? Minha sorte é que eu não me lembro desse acidente, afinal, eu tinha apenas 6 anos e nem sofri com ele, pelo menos isso. Não pensem que eu sou algum monstro, não é isso... Eu sempre fiquei com babás e coisas do tipo. Meus pais só viajavam, então eu nunca via a cara deles. 

   Quando meus pais morreram eu tive a sorte de ser adotada por uma familia conhecida deles. Essa familia sempre me quis muito bem, bom pelo menos a Sra. Kim sempre me quis bem. Um pouco antes de eu ir morar com eles, acabei descobrindo que o marido dela não tinha gostado muito da ideia, isso acabou virando um belo divórcio, POR MINHA CAUSA!!! Os dois se separaram, e ele acabou levando o filho deles juntos, nunca vi a cara desse moleque, porque quando eu cheguei na nova casinha, não tinha mais nenhuma recordação desse tal "filho". 

   Fui recebida e criada muito bem por ela, que me deu um amor magnifico, melhor mãe que eu poderia querer ter. 

   Minha infancia foi praticamente, digamos assim, normal ? Tirando o fato de que, desde o ensino fundamental eu tive que conviver com a praga Taehyung, e quem é esse ser ? Bom, simplesmente o diabo em corpo de criança, meu arque rival, a pessoa que tirava o pior de dentro de mim. 

   Isso já aconteceu a algum tempo, e nem tem mais tanta importancia assim. Afinal, agora estou muito bem na faculdade.

  ★  

   Acordei bem cedo como de costume e fui correndo pro meu banho, hoje é aquele infame dia de prova sabe? Resolvi por uma roupa bonita, só pra variar. Um vestido florido, bem rodado, e uma sapatilha. Deixei meus cabelos soltos com uma fita de cetim por cima. 

   Ouço minha Omma me chamando pra tomar um delicioso café e desço as escadas de relance.

   -Querida... Preciso falar um pouco com você, pode ser ? - dei um selar em seu rosto

   - Claro Omma! -respondi animada - O que foi ?

   - Então, eu nunca toquei muito no assunto, mas você sabe que eu tenho um filho e... Bom, o pai dele pediu pra que ele viesse passar um tempo conosco. - franzi o cenho - Tudo bem pra você ? Já tenho falado com ele a algum tempo e ele parece animado, tenho certeza que vocês vão se dar bem!

   -  Ah, eu espero que sim. Não iria ficar brava por causa disso, é claro. - Engoli meu café e fui em direção a porta. -Não se preocupe, vai dar tudo certo.

   - CUIDADO QUERIDA, BOA AULA ! - ouvi ela gritar de dentro da casa

   Admito que fiquei meio intrigada com essa noticia, alias, quem será esse misterioso filho da Omma ? Filho esse que ela nunca sequer ousou me falar, nem um nome, um foto. Nada.

  ★  

   Deixei meus pensamentos fluirem enquanto dirigia para a faculdade. Não demorou muito para que eu chegasse, e logo dei de cara com um dos meus melhores amigos, Jeon Jungkook. 

  -  Caramba ____, qual dessa roupa? Vai tentar seduzir o professor pra ganhar nota? - Pos suas maos sobre minha cintura me rodando no alto.

- É mais fácil eu tentar seduzir você, biscoitinho.

- Até que não seria má ideia. - soltou um olhar pervertido.

  -  Hahaha engraçado você, viu?

 Ele sorriu. SORRIU. O melhor sorriso do dia.

   - Aliás, você viu que chegou aluno novo? 

- Aluno novo ?

- Na verdade ele não é novo, ele é bastante popular aqui e conhece todo mundo.

- Deve ser algum ex- aluno transferido.

- Talvez.

Caminhamos rumo a nossa sala, enquanto jogavamos conversa fora. Acabamos nos deparando com um grupo de pessoas, que mais pareciam um formigueiro. Não dei muita importancia, pelo menos, não até ouvir um nome.

Taehyung.

   Senti meu coração doer no momento em que eu ouvi esse nome amaldiçoado. ISSO NÃO PODIA ESTAR ACONTECENDO! O quê???!!! Eu o conheço, esse inferno de garoto que ficava me infernizando no fundamental, puxava meu cabelo e vivia me empurrando... Não poderia ser verdade, se fosse eu vou obviamente enlouqueceria.

- Jeon... O nome dele - engoli seco - é Taehyung?

Notei um olhar aflito da parte de Jungkook.

- Acho que sim, ____.

   - Tem certeza disso Jeon? - disse nervosa - isso não pode ser...

     Antes de terminar a frase fui esbarrada por um menino loiro, de um sorriso tão cativante, mas ao mesmo tempo com um tom de arrogância que fez com que minha alma de enchesse de raiva.

 - Olha por onde anda, gracinha. - riu debochado.

  NÃO 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...