História I hate you, I love you. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 447
Palavras 869
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Volteeei com mais um capítulo. O que será que vai rolar hoje entre esses dois?

Capítulo 5 - Cãozinho


Fanfic / Fanfiction I hate you, I love you. - Capítulo 5 - Cãozinho

Eu acabei dormindo no primeiro hotel que me deparei. A noite não foi muito agradável. A cama fazia muito barulho e as cobertas pinicavam. Não estava com a menor vontade de voltar pra casa naquele dia, mas um hora eu teria que enfrentar a fera Kim Taehyung.

Paguei a diária e voltei pra casa da Omma. Cheguei em casa e não me deparei com ninguém, ainda bem. Fui para meu quarto e resolvi tomar um bom banho. Tirei minhas roupas e fui pro chuveiro. Retirei toda a maquiagem velha que tinha ficado sobrado da noite passada, hidratei meus cabelos e tomei um delicioso banho.

Me enrolei na toalha e fui ver que roupa eu usaria. Já que estava um dia quente, resolvi por uma vestido salmão com rendas e um laço que amarrava por trás. Fiz um rabo de cavalo meio bagunçado e passei uma maquiagem bem leve. Me senti renovada.
Quando terminei de me arrumar ouvi a voz do Tae vindo do andar de baixo, ele estava fazendo um escândalo só. Aquele menino é mesmo um jumento. Sai do quarto e desci as escadas e me deparei com uma imagem que socorro, me fez até passar mal de tanta fofura.

— ___, olha o que eu achei. - Tae estava segurando em seus braços um cãozinho extremamente fofo. Ele beijava o cachorrinho de uma forma tão carinhosa. Por um momento eu quis ser aquele bicho.

— Onde você achou? Não acha que os donos dele podem estar preocupados procurando por ele? - cruzei os braços, fazendo uma expressão de mandona

— Pfffft, me erra. - abraçou o cãozinho. - temos que dar um banho nele, tá todo sujo de lama.

— que seja.

Fomos para o jardim, pegamos a mangueira e... Meu Shampoo? Ele pegou meu Shampoo pra dar banho num cachorro? É uma mula mesmo. Ligamos a mangueira e molhamos o filhote, que ficou completamente inquieto.

— SEGURA ELE, SUA ANTA. - gritou.

— OLHA BEM O JEITO QUE VOCÊ FALA COMIGO, SEU RESTO DE ABORTO.

—NÃO TENHO CULPA SE VOCÊ TEM DEMÊNCIA. - ele riu, abrindo um sorriso irônico de orelha a orelha.

— AHHHHH Senhor Taehyung! - tirei a mangueira do filhote e o molhei, deixando o mesmo encharcado. - isso é pra você aprender a respeitar sua rainha.

Ele me olhava com uma cara de espanto, fazia um ar de "vou me vingar", a blusa molhada acabou marcando sua barriga. Não vou mentir, fiquei olhando seu abdômen definido. Aquilo me tirou um pouco do fôlego.

— Já que é assim... - Ele soltou o filhotinho, tirou a mangueira da minha mão e me molhou interinha. Ele ligou no jato forte, me deixando completamente encharcada, assim como ele.

— VOCÊ ME PAGA SENHOR CARA DE ERVILHA.

Ele começou a rir, uma risada maravilhosa. Sai correndo em sua direção. Fazia muito tempo que eu não me divertia tanto assim. Acabou que tivemos que parar para recuperar o fôlego, deitamos na grama, um do lado do outro.

— Você sabe como me deixar cansado.

— E você, como me irritar. - rimos.

—Você não devia ficar tão desprotegida assim perto de mim. - disse olhando bem no fundo dos meus olhos. Aquele olhar me deixou meio sem jeito.

—V-você não faria n-nada comigo...

Eu sou mesmo uma anta, porque fui dizer isso? Ele se pôs sobre mim, prendendo meus pulsos e fitando novamente seu olhar em mim. Malditos olhinhos hipnotizantes.

— Não deveria ter tanta certeza disso. - ele foi se aproximando lentamente dos meus lábios, meu coração sambava dentro de mim, fechei os olhos com uma certa esperança. Senti que sua respiração se aproximava cada vez mais da minha, socorro, eu ia beijar de novo Kim Taehyung...

— Tae on —

Eu queria realmente provocá-la, fui me aproximando mais e mais do seu rosto que logo percebi que ficou corado. Parecia até uma pimentão. Ela acabou fechando os olhos, acho que ela tá na cabeça que vamos nos beijar de novo. Bobinha. Me aproximei ainda mais e dei um peteleco na sua testa.

— Seu cocô, porque fez isso? Quase me matou do coração. - resmungou ficando ainda mais corada.

— Achou que era tão fácil assim conseguir um beijo do rei da porra toda?

—Cretino. - socou meu ombro.

— quebra de tempo —

- ____ On -

Voltamos para dentro, estava realmente esfriando. Esse tempo é meio doido. Fui tomar um banho antes que eu acabasse resfriada, antes que eu tirasse a roupa ouvi um latido vindo de baixo da minha cama.

- Melhor levar o cão pro Taehyung, esse cabeça de vento deve ter esquecido do bicho.

Peguei ele no colo e fui em direção ao quarto dele. Bati e a porta estava semi aberta.

- Seu jumento, esqueceu... - ao abrir a porta dou de cara com ele, SEM CAMISA, dormindo que nem um bebê. Ah ele ficava tão fofo quando dorme.

Ele parecia cansado pelo dia que tivemos, foi literalmente divertido. Tranquei o cachorro em seu banheiro e fui em na sua direção. Caramba, ele realmente fica lindo quando dorme. Não consegui ficar só ali olhando, passei minha mão sobre sua nuca, acariciando seu macio cabelo. Aquilo estava tão bom que eu não consegui deixar de ficar sonolenta. Acabou que no fim, nós dois adormecemos ali na sua cama.


Notas Finais


AAHHHHH EU AMO VOCÊS
Só deixando claro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...