História I hate you, I love you. - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 474
Palavras 1.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Caramba, são tantos comentários, visualizações e favoritos ! Chegamos aos 60 favoritos, e eu não tenho palavras pra dizer o quanto eu to com vontade de bja vcs. Suas dlc, vamo pra mais um cap ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Capítulo 7 - Em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher.


Fanfic / Fanfiction I hate you, I love you. - Capítulo 7 - Em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher.

Naquela noite, eu e Tae dormimos de conchinha. As vezes no meio da noite, eu sentia ele passando a mão pela minha cabeça. Aquela noite foi realmente incrivel. Fiquei feliz por ele ter melhorado.

Estavamos dormindo, quando ouvimos o som do despertador. Hoje nós tinhamos que ir pra faculdade.

- Bom dia - sussurou Tae no meu ouvido, me deixando um pouco arrepiada.

- Agora que já estamos acordados, você já pode me soltar. -empurrei a mão dele.

- Qual é a do casal ai ? - falou Suga, com uma cara muito fofa de sono. Levantou, esticando o braço pra me ajudar a levantar também.

- Tá doido Min ?

- Engraçadinha -rimos

Os meninos fizeram sinal pra que eu saisse do quarto, possivelmente porque iam se arrumar. Sai de lá e fui pro meu quarto, também pra me arrumar. Fui ao chuveiro, tirei as roupas e um pouco antes que eu entrasse ouvi alguém batendo na porta. Peguei a toalha e me enrolei. Fui até a porta e lá estava Yoongi, de novo.

- Eita menina, vai por uma roupa. - me olhava de cima abaixo, fiquei um pouco nervosa.

- O que foi ? - respondi

- Qual é a da revolta ? Saiu de perto de mim pra ficar com o Tae, não gostou do meu colo - fez um arzinho malicioso

- Para disso, dramático. Ele ficou com ciumes e pediu pra que eu dormisse com ele, nada demais.

- Não ta rolando nada entre vocês ? - ele estava realmente curioso

- Não... Pra que tanto interesse ?

- Segredo - respondeu.

- Sua mula - bati em seu ombro

- Grossa.

Ficamos um tempo jogando conversas aleatorias no meu quarto. A porta estava meio escostada. Conversa vai, conversa vem acabamos tocando no nome do Tae de novo

- Você e o V já ficaram ? Tipo ficar mesmo.

- Você bebeu? Logico que não. - fiquei um pouco envergonhada.

- Que desperdicio. Você é realmente adoravel. - fitou seus olhos em mim mordendo os labios. SOS meu coração ta chapiscando de novo.

- Pervertido... - dei risada.

Ele se aproximou do meu ouvido e sussurou : "você ainda não viu nada" e deu uma mordida de leve. Socorro², eu não aguento tanta pressão assim em mim, cada hora é um serzinho diferente. São por essas e outras que eu fico confusa por meus sentimentos pelo Tae, mas ainda sim, quando ele me toca é diferente. Aquilo que Yoongi sussurrou, acabou me deixando um pouco sem chão. Parecia até que suas palavras me hipnotizavam de alguma maneira. Ele ficou um tempo mordendo minha orelha, aquilo estava me deixando maluca, literalmente, doidinha. Pelo visto ele percebeu que eu estava correspondendo ao seus toques, ou seja, não demorou muito pra que ele tentasse alguma gracinha comigo. Pôs suas maos na minha nuca me trazendo a direção à ele. Eu estava completamente em transe, não queria estar fazendo aquilo, acabei me deixando levar pela maré. Assim que ele selou nossos labios, quase partindo pra um beijo, ouvi o barulho da porta abrindo. Demos de cara com o Tae e os meninos que ficavam olhando a gente com uma cara tipo ( ͡° ͜ʖ ͡°).

- Caramba, o Hyung tá tentando pegar a ____, e ela ainda ta de toalha - disse Jiminnie, meio que rindo de canto

- NADA DISSO... AI MAIS QUE MERDA VIU ! NÃO POSSO NEM MAIS TOMAR BANHO. -peguei Suga pelo braço o levando em direção a porta. Tae me olhava com uma cara meio zangada, fiquei com vergonha.

- Depois conversamos - disse Tae proximo ao meu ouvido.

Finalmente pude voltar pro meu banho. Ele foi relaxante. Fiquei me lembrando das coisas que estavam acontecendo comigo ultimamente. Primeiro o Kook, depois o Tae e agora o Suga... Esses meninos adoram me perseguir.

Sai do banho e fui atras do meu uniforme. Penteei meu cabelo, o deixando solto com um laço estilo Pin-up. Fui para a sala de estar e eles estavam todos lá, prontos pra ir. Tae não me olhava no rosto, muito menos Suga. Dei de ombros e fomos pro carro.

A viajem pra escola foi bem tranquila, ficamos ouvindo umas musicas e conversando assuntos aleatorio, não ouvi nem por um segundo a voz do Tae. Chegamos um pouco atrasados, entao logo nos dirigimos pras aulas. Elas passaram muito rapido, eu estava distraida e nem notei. Já era hora do intervalo. Fui procurar Jungkook, mas parece que quem nao veio hoje foi ele. Resolvi ir comprar alguma bebida na maquina de suco, quando no meio do caminho de deparo com Tae e Yoongi discutindo. Os meninos o seguravam. Eu estava realmente com vontade de socar a cara daqueles dois moleques.

- Quem você pensa que é pra tocar nela daquele jeito ? - gritou V com uma cara de revoltado

- Pelo menos não sou eu que fica tentando se aproveitar da situação só pra arranjar uma transa com ela e cair fora. Você sabe muito bem do que eu to falando, é fera nisso! - respondeu Suga, dando um sorriso ironico.

- EI QUE MERDA DE HISTORIA É ESSA ? VOCÊS PERDERAM O JUIZO ? TÃO COM O PARAFUSO SOLTO ? - gritei meio revoltada pela situação - Eu juro que se vocês não se resolverem, eu meto minha mão no meio da cara dos dois, suas antas! Santo Kumamon, haja saco pra aguentar vocês !

Deixei eles falando sozinhos e fui caminhar, tinha que esfriar a cabeça. Que papinho de merda era aquele ? Quem eles pensam que são pra me tratarem assim ? Até umas semana atrás, minha vontade era somente de estudar e apenas isso, agora esses lixos ficam com esse papo de quem é que vai transar comigo primeiro ? Espero que eles se engulam!

O sinal bateu de novo, todos voltaram para as salas. Evitei ter uma visão direta com os meninos, eu estava realmente brava pelo que eu ouvi. A aula prosseguia, até ouvirmos a diretora com alguém do lado dela.

 


Notas Finais


VISH, o baguio ta tenso. Esses meninos sao mesmo umas praguinhas quando querem ! Santo GD.. Quem será que está na porta junto com a diretora ? Fiz esse capitulo rapidinho porque vcs pediram, talvez nao tenha ficado muito bom, mas é pq eu to caindo de sono. Espero que vcs gostem ( ͡° ͜ʖ ͡°) sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...