História I Hate You Daddy - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags ~cookeina, Babyboy, Bts, Daddykink, Jeongguk!seme, Jeongguktops, Jikook, Jimin!bottom, Jimin!uke, Namjin
Visualizações 163
Palavras 1.194
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeong!!!!

Desculpe não ter postado semana passada. É pq eu não estava me sentindo muito bem... Aí não consegui escrever direito, tudo que eu escrevia estava abominável pra mim(não que ainda esteja bom ao meu ver)
Mas em fim, chega de 'lenga lenga'
Aí vai o cap, espero que gostem!

Boa leitura ❤

Capítulo 4 - Quatro


Fanfic / Fanfiction I Hate You Daddy - Capítulo 4 - Quatro

Daddy♡: Baby, tá com raiva?


Ciumento: Não! -.-


Daddy♡: Tem Certeza? Porque não parece.


Ciumento: Tenho -.-


Daddy♡: POHA BABY-J, PARA COM ISSO!


Ciumento: Com o que? -.-


Daddy♡: Com essas respostas curtas, e com esse emoticon.

Daddy♡: Você tá estranho, não está animado como sempre.


Ciumento: Tô normal.


Daddy♡: tá não, nem mandou fotinhas hoje.


Ciumento: {Mídia} Pronto!


Daddy♡: POHA! E-Eu falei mas não era para mandar agora, não tô sozinho, o Tae e o Yoongi estão na minha frente!


Ciumento: Desculpe Daddy...

Ciumento: Beijos, vou ter que ir agora.


Daddy♡: Eu também, beijos.

███▓▒░•Mensagem Off•░▒▓███

Jimin P.O.V


Me pergunto como apenas Tae, Yoongi é Jungkook conseguem fazer tanto barulho. Pensando bem, Tae e Yoongi sozinhos fazem mais barulho, mas sem comentários sobre isso. Eles conversam tão alto, parece até que está acontecendo uma festa no quarto de Tae, e parece que estou no inferno aqui do meu quanto.


Desligo meu celular e o jogo na cama, me levantando emburrando e saindo do quarto. Vou até o banheiro social, pois Taehyung e Yoongi, além de estragarem o banheiro do quarto de Tae, estragaram o meu também, nem quero saber como.


Distraído, entro no banheiro e fecho a porta. Assim que olho para frente, me deparo com Jeon, que estava com uma cara de assustado me olhando, acho que só percebeu que entrei no banheiro quando fechei a porta.


O analisava com os olhos. Quando cheguei na região um pouco abaixo de sua cintura, pude perceber uma ereção em seu membro, então logo desviei o olhar, envergonhado, e me virei para sair do local. Mas fui puxado pelo braço com certa força pra trás, fazendo com que ficasse de frente para Jeon.


- Espera! – Disse ele um pouco ofegante, enquanto soltava meu braço - Por favor! Sei que você me odeia, mas... – Deu uma pausa mudando a direção do olhar para seu membro ereto – Me ajuda aqui...


O que Jungkook tá pensando que eu sou?? Aff. Bom... Confesso que é uma ereção, peculiarmente grande... Mas... AAAAAAAA, o que eu tô pensando!?


- Aish Jeon... - Falei olhando para o teto, estava envergonhado.


Olha a pergunta deleeee!! É claro q eu quero ajudar!


- O-oque... O que te deixou assim..? – Apontei para seu membro, após olhar diretamente para seus olhos.


- Uma longa história... Vai me ajudar?? – Falou colando nossos corpos, fazendo com que seu membro encostasse no meu, separado pelas roupas, e eu pude sentir o quão duro ele estava. Uma grande onda de tesão passou pelo meu corpo, me fazendo arrepiar – Por favor, ninguém precisa ficar sabendo! – Fez um sorriso ladino malicioso.


POHA! ELE QUER FODER MEU PSICOLÓGICO?!


- Promete? – Disse manhoso olhando para ele.


- Prometo!!! – Disse ele, e me beijou, segurando minha nuca, enquanto meu corpo ainda permanecia imóvel.


Logo ele desce suas mãos para minhas cintura a abraçando, e eu coloco uma de minhas mãos em sua bochecha, e passo o outro braço em volta de seu pescoço. O beijo estava cada vez mais feroz, Jungkook cada vez precionava mais seu membro coberto sobre o meu que já começara a despertar.

Ficamos sem ar e nos separamos por uns segundos, esses que Jeon descia beijos e chupões pelo meu pescoço, que tenho certeza que ficará marcado mais tarde, me fazendo arfar baixinho. Ele toma meus lábios novamente, e de vez em quando dá leves mordidas. 


Ele me ergue e eu passo minhas pernas por sua cintura. Ele me senta na pia e eu tiro sua camisa e beijo seu peitoral, e logo me concentro em sua boca novamente.


- Aah, tão gostoso! – Jeon fala em meio aos beijos.


Me afasto um pouco, coloco os dedos em seus lábios e desço da pia. Acho que ele já está ereto o suficiente.

- Shh!! – Ele olha desentendido enquanto eu vou para sua frente, começo a beijar toda a extensão desnuda de seu tronco até chegar ao cós de sua calça, abro o zíper e a tiro, deixando-o apenas com sua box vermelha.


UAU, QUE EREÇÃO!


Passo meus dedos de leve por cima da boxe em seu pênis, e ele se estremece todo.


- N-não me torture Park Jimin!


- Não estou torturando ninguém – Falo ironicamente.


Ele se escora na pia enquanto eu tiro a box vermelha, deixando livre seu membro grande e grosso já lambrecado com o pré-gozo. Ele segura seu próprio membro começando a se masturbar. Tão sexy esse homem!


Tiro sua mão do membro e olho para ele negando com a cabeça. Seguro o membro dele e começo a masturbação.


- Preciso, AAH! Da perfeição de sua boca aí, Park! 


- A pressa é inimiga da perfeição querido Jeon! - Disse passando a língua suavemente sobre seu pênis, de baixo para cima, percebendo o mesmo pulsar. Rodeio minha língua sopre sua glande, e ele geme um pouco alto. - Não se esqueça que meu irmão e Yoongi estão lá em cima!


- Aah! Então não me torture assim!


Sorri ladino malicioso, e comecei a masturba-lo com uma mão enquanto me preparava para poder saboreá-lo. Então inclino-me mais e coloco minha boca em sua glande e vou descendo-a, até a metade do seu membro. Faço lentos movimentos de vai e vem com os lábios, sugando e as vezes dando leves mordidas. Jeongguk arfava, com a cabeça jogada um pouco para trás, e as vezes gemia com as mãos apoiadas na pia. 


- M-mas rápido!! Não faz isso comigo!


Dou uma breve risada e aumento um pouco a velocidade, ele coloca um mão em meus cabelos e começa a controlar os movimentos. Jeon puxa minha cabeça para trás e para frente em seu membro, de vez em quando eu olhava para seu rosto e ele estava com uma linda cara de quem estava se saciando, é isso me excitava muito, já sentia fisgadas do meu membro se despertando.


Como o pênis de Jeongguk era grande, não cabia todo em minha boca, então as vezes em algumas de suas estocadas violentas, quase me engasgava.

Aquilo era bom, quero sentir o 'verdadeiro' gosto de Jeongguk.


- Quer que... – Ele gemeu – AAH! Que boca, Park, parece presente dos Deuses!! – Ele gemeu novamente, jogando a cabeça pra trás com os olhos fechados e depois retornado a cabeça para frente novamente, me fitando – Enfim, quer que eu avise?


Minha boca estava 'ocupada' de mais para responder, então apenas assenti com a cabeça.

- Tá bom pequeno, está próximo – Ele sorriu, e eu sorri também, pressionando um pouco a glande com os dentes, e pude ver ele se arrepiar.


Ele aumentou a velocidade das estocadas. Depois de um tempinho ele diz em meio a gemidos que ia gozar e antes que eu pudesse ter qualquer reação, sinto aquele líquido quente em minha boca, descendo por minha garganta. Era delicioso.


Meu Deus, como Jeon era delicioso, em todos os sentidos.


Vejo as pernas de Jeongguk se estremeceram assim como todo se corpo, e ele continua se apoiando na pia. Eu me levanto e selo seus lábios. 


- O-obrigado, Jimin. – Ele falou bem baixinho e me puxou para um beijo.


Eu separo o beijo.


- De nada – Faço uma cara de deboche e selo novamente seus lábios – Agora que já está "melhor" – Toco rapidamente seu nariz, me afastando – Tchauzinho.


Vou andando de costas, o fitando, até a porta, saio rebolando, e ele tenta vir atrás de mim para me impedir, mas foi em vão pois rapidamente abri a porta e sai, a fechando. O escuto de dentro do banheiro:


- Não Jimin, espera, ainda tem mais...


Notas Finais


Gostaram??
A @kornymin me deu maior força nesse cap ❤ eu nem ia posta-lo, mas ela fez alguns reparos para mim. obg, Te amo, sabe disso❤
E a @Jeonlune corrigiu pra mim ~então se tiver algum erro, julgue ela, brink's, vlw amoree

{Mídia}: https://twitter.com/PistoleirosBTS/status/877002501081444352


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...