História I Hate You, Don't Leave Me - Capítulo 25


Escrita por: ~ e ~jennycristine

Postado
Categorias Demi Lovato, Nick Jonas, Wilmer Valderrama
Tags Demi Lovato, Dilmer, Wilmer Valderrama
Exibições 75
Palavras 1.251
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amores , desculpem pela demora.... A culpa do atraso e TOTALMENTE minha (Jenny) por motivos pessoais. Bom iremos recompensar vocês! Espero que gostem do capítulo.
Um beijo até as notas finais.

Capítulo 25 - Medos e inseguranças


Marissa recebeu uma mensagem de Demi, para que fosse buscar as meninas na casa de Edu. Ela não entrou em detalhes e logo Marissa fez o que a prima pediu. 

_Edu, você sabe o que aconteceu? - apela perguntou enquanto as meninas pegavam as coisas 

_Não, mas quando o Wilmer trouxe as meninas ela estava desmaiada e ele desesperado. 

_Foi ela quem me mandou a mensagem, então eu acho q ela está bem.

_O que ela te disse?

_Ela só me pediu para levar as meninas para casa e que já estava saindo do hospital. Ela me disse que tinha algo para me contar, mas que faria isso quando chegasse. 

_O que será que aconteceu? 

_Vamos tia...eu quero ver a mamãe!  - Isabella ja havia parado de chorar, mas ainda estava preocupada com a mãe. 

_Calma princesinha. Sua mãe está bem

_Tia Marissa, ela estava deitada no chão - Paloma disse triste e Marissa abraçou as duas. 

_Ela está bem meus amores. Olha, ela já deve estra em casa. Vamos ver ela? - as meninas assentiram e logo se despediram de Eduardo.

 No apartamento de Demi o clima era o mais estranho possível. Para duas pessoas que estavam esperando um filho, Demi e Wilmer não haviam trocado uma palavra desde a pequena discussão que tiveram no hospital. 

 Eles tinham acabado de chegar e Demi pensou em ir para seu quarto até as meninas e Marissa chegarem, mas lembrou que Wilmer trancou a porta do quarto. Wilmer percebeu o olhar de Demi e lembrou-se da chave que estava em seu bolso e entregou a mesma a Demi. 

 Sem dizer nem uma palavra a ele, Demi subiu as escadas e respirou fundo ao imaginar o que Wilmer havia feito para ela. 

_Meu Deus! - Demi exclamou ao acender a luz e ver o quarto cheio de pétalas de rosas

 Ela andou até a cabeceira da cama e viu um travesseiro que não era seu. Nele havia uma mensagem que dizia: "Para a única mulher que eu sempre amei. Com você e por você sempre!"

 O coração de Demi se apertou e a lagrima desceu por seus olhos ao ver a sigla do nome dos dois um pouco mais abaixo da pequena frase. "WV & DL" aquilo fez Demi se perguntar se tudo o que estava vivendo com Wilmer era bom ou ruim. A reação dele no hospital foi decepcionante e de certa forma fez com que ela voltasse ao passado.

_Se você quiser eu limpo o quarto para você dormir. - Wilmer disse interrompendo os pensamentos dela.

 Demi não respondeu nada, e com o travesseiro na mão ela não se importou em chorar na frente dele. Wilmer sabia que as lagrimas de Demi, de alguma forma, era culpa dele.

_Eu não vou conseguir viver tudo de novo, Wilmer...- Ela dizia aos prantos e ele se aproximou dela

_Viver o que? - Ele parou em sua frente 

_A mesma dor de passar por uma gravidez sozinha. 

_Isso não vai acontecer! - ele segurou seu rosto com carinho e a olhou nos olhos. - Essa noticia me pegou de surpresa, mas eu vou amar esse filho da mesma forma que amo as meninas.

_Eu não tenho tanta certeza disso... - ela falou sincera. - Você agiu como se fosse a pior noticia do mundo para você. 

_Eu sei que eu errei no hospital, mas esse filho é nosso e se ele veio para nossas vidas agora, nós vamos fazer isso juntos. 

 Ela limpou o rosto e não disse mais nada. Deixou o travesseiro sob a cama e andou pelo quarto novamente.

_Eu não queria que a nossa noite terminasse assim. - Wilmer se sentou na cama e ficou observando Demi

_Não estava nos meus planos outro filho, mas é como uma segunda chance para mim. Uma segunda chance para nós dois, Wilmer. 

_Eu juro que não vou desperdiçar essa segunda chance! - ele estendeu a mão para Demi, que andou em sua direção e se sentou em seu colo.

_Como será que as meninas vão reagir a notícia? 

_Elas com certeza vão ter um coração menos culpado que o nosso.

_Promete que dessa vez vai ser diferente?

_Eu prometo! 

Quando ele me disse aquelas palavras ,ainda tinha um receio por minha parte. Wilmer não queria aquele filho.Meu maior medo era passar por essa gravidez sozinha.Ficamos em total silêncio deitados na cama.Estava tão perdida em meus pensamentos que nem ouvi quando a campainha tocou.
_Nena vou abrir a porta. 
_Tá, desço logo em seguida. -Agora terei que contar para as meninas - falei comigo mesma.

Wilmer narrando:
Assim que abri a porta, Isabella me abraçou já perguntando pela a Demi.
_Papai cadê a mamãe? Ela está bem? Porquê ela foi pro hospital?.
Ri com sua preocupação.
_Calma neném ,ela está bem. Já já ela desce.
_Oi papai - Paloma disse estendendo os braços para que eu possa pegá-la no colo.
_Oi minha princesa, como você está?Se comportou?
_Sim papai!
_Que bom neném. - Lancei um sorriso para Marissa.
_Obrigado Marissa.
_  Sem problemas Wilmer. Mande um beijo para Demi.
_Mandarei ! . -Assim que fechei a porta a voz de Isabella suou atrás.
_Papai cadê a mamãe ?
_Estou aqui princesas. -  Demi descia as escadas . As meninas correram até ela para poder dar um abraço em Demi.
_Mamãe , você está bem? - Isabella perguntou já choramingando.
_Tia, você está doente?
_Eu estou bem amores, não eu não estou doente. 
_Então ,o que você tem? - Paloma pergunta inocentemente. Eu e Wilmer nós entreolhamos.
_ O que vocês acham de uma maratona de filmes e pizza no jantar.-Wilmer falou rapidamente .
_É! O que vocês acham?
_Eu acho ótimo - Paloma disse animadamente.
_Pode ser, só quero ficar com a mamãe.
_Então vamos para a sala.
Coloquei um filme infantil que as meninas gostam. E eles se aconchegaram nos calções que eu coloquei na sala.
_Enquanto o filme começa o papai e eu iremos fazer as pipocas,ok?
_Ok.
Levantei e segui a Demi,assim que chegamos na cozinha ela me pergunta calmante enquanto pega a pipoca.
_ Como iremos contar pra elas? Será que elas vão gostar da novidade?
_Nós iremos deixar bem claro que amamos elas e sempre amaremos.
_É você tem razão .A pipoca ficou pronta.
Voltamos para a sala e começamos a assistir os filmes.... Quando a noite chegou e a fome aparaceu pedi a pizza de jantar. Como sempre teve aquela discussão sobre o sabor da pizza, nada demais para uma família.Assim que a  pizza chegou , eu dei uma pausa no filme.
_Vamos comer na mesa meninas eu e a Demi temos que contar uma novidade pra vocês!.
_Qual é a novidade papai?
_Bom, vocês sabem que nós amamos muitos vocês né? - Elas assentiram.
_ Vocês são presentes de Deus nas nossas vidas , nós sempre iremos amar Muito vocês.
_Gente que enrolação , fala logo tia!
_Então meninas , eu estou grávida! Tem um bebê na minha barriga.
_ Eu viu ganhar mais um irmãozinho?
_Sim!
_ Ele vai dormir no meu quarto? Não tem mais lugar? Vou ter que dividir meus brinquedos também?
_Calma ainda temos muito tempo meninas 
Enquanto elas conversavam animadamente ,eu estava perdido em meus pensamentos, me perguntando se aquela gravidez era uma boa idéia. Não era um bom momento para se ter um filho, Não eu não estava muito empolgado com a idéia.... Mas no fundo eu estava começando a ficar feliz. Mal sabia eu o quê a vida estava aprontando para mim


Notas Finais


Não esqueçam te comentar . Espero que estejam gostando da história. Dêem opiniões. Um beijo da Jenny e da Ingrid.❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...