História I Hate You I Love You - Jily ©® - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alice Longbottom, Alvo Dumbledore, Argo Filch, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Charlus Potter, Dolores Umbridge, Dorcas Meadowes, Lílian Evans, Lucius Malfoy, Marlene Mckinnon, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Murta Que Geme, Narcissa Black Malfoy, Nymphadora Tonks, Pedro Pettigrew, Petunia Dursley, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Regulus Black, Remo Lupin, Rúbeo Hagrid, Tiago Potter
Tags Evanspotter, Harry Potter, Jily, Love, Magic, Mapadomaroto, Marauders, Segredosdosmarotos, Shipjily, Wizards
Visualizações 11
Palavras 1.088
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


1200 palavras
Sinto me orgulhosa
Gosto do capítulo
E estou a morrer de sono
Qual o vosso fuso horário atual?

Capítulo 25 - WHAT WE COULD HAVE BEEN[©®]


Fanfic / Fanfiction I Hate You I Love You - Jily ©® - Capítulo 25 - WHAT WE COULD HAVE BEEN[©®]

Os olhos custaram a habituar-se á luz do dia,quando se abriram.Mas assim que tal aconteceu Lilian Evans abriu a boca em choque.
Por mais vezes que lá fosse nunca se deixaria de surpreender com a beleza do local.

As árvores amontoadas e com formas estranhas estavam agora cheias de cor flores e vida,os pássaros voavam livremente e sem medo de serem vistos e mesmo algumas borbuletas se arriscavam a sair dos seus esconderijos e ir a voar até á tão caprichada flor ou ramo.

Ao longe ouvia-se o chapinhar de um riacho,onde a ruiva havia brincado quando era pequena.

Estava tão encantada que nem viu um carro chegar e quase bater contra uma árvore,acordando do transe apenas quando ouviu uma voz irritada resmungar

-Bolas!Nunca vou atinar com estas coisas de trouxas!

-Nao se preocupe senhor Potter-reconheu a voz de Sirius-No início do ano passado ia mesmo contra a árvore

-Temos razão Sirius.Mas está maldita coisa é burra! Não para quando lhe digo para parar!Tenho de ser eu a fazer tudo Merlin...

Virou se a tempo de ver o moreno sair do carro.A sua imagem,a sua presença.Tudo destruído.

O antigo andar destemido ,o sorrisinho de canto e o cabelo arrebitado haviam sido substituídos por uma passada rápida e silenciosa e uma expressão neutra,mas que revelava olhos estremamente tristes por baixo do cabelo estranhamente penteado pela mãe que o mesmo não tivera animação para despentear.

Algo no seu olhar brilhou quando a viu.

Os seus lábios ameaçaram um sorriso.

E ela virou se.

Neutra.

Como uma pedra.

Porque era isso que ela era.

Uma pedra sem sentimentos.

____________________

Escusado será dizer que um nó se formou na garganta do maroto quando a ruiva o ignorou.

Sentindo se uma criança insignificante,passou o resto da tarde sentado a olhar para o nada é a pensar em tudo.

Sabia que a ruiva eventualmente iria descobrir.

E se ela não descobrisse,ele dir lhe ia

Não ia guardar segredos dela,por mais que isso o prodesse magoar futuramente.

Como estava agora.

-Meninos,venham cá que está a começar a ficar frio-a voz de Charles fe-lo despertar e levantar se seguindo para perto dele.

-Entao nós vamos ensinar vos a fazer uma fogueira á modo trouxa -disse o pai de Lily- James e Lily, vão buscar madeira por favor...

Continuou a falar mas ele não ouviu mais nada.

James viu na sua cara a desaprovação,no seu olhar a tristeza.Mesmo assim levantou se e andou para a densa floresta,sendo seguida pelo mesmo,em silêncio.

Apanharam alguns ramos perto de um riacho e prepararam se para voltar quando James suspirou pesadamente e a agarrou pelo pulso.

Não podia não falar com ela sobre o que havia acontecido.

Assim que a pele do maroto entrou em contacto com a sua,a ruiva afastou se de imediato com horror no olhar e largou os ramos no processo.

James olhava para ela neutramente

Mas quando a sua boca se abriu,a voz saiu arrastada e grave.Como ela nunca a havia ouvido.

-Quando é que descobriste?

A verdade é que a ruiva demorou algum tempo a recompor se, e um pouco mais de tempo a perceber ao que é que o maroto se referia.

Quando percebeu,um sorriso cínico apareceu lhe na face.

-Tenho minhas maneiras de saber das coisas ,Potter-reconheu assentuando no seu nome

James suspirou e passou as mãos pelo cabelo,desarrumando o ligeiramente

-Eu ia contar te.Mas já sabias.

-Ias contar me?-um riso involuntário saiu da garganta da ruiva-Impressionante como fazes questão de me avisar com quem ficas ou não tendo em conta que não temos nada um com o outro.

Um sorriso Inocente estampava se emoldurado pelos seus cabelos fogo.

James não queria acreditar no rumo daquela conversa.

-Lilian,por favor, não faças isto...

-O que?

-Lilian

-Nao estou a fazer nada Potter.Achas que és o único com uma lista?Para tua informação tu, O GALINHA MAIS NOJENTO DE HOGWARTS,O IDIOTA MAIS PREGADOR E DESRESPEITADOR DE TODO O SEMPRE NÃO ÉS O ÚNICO A TER UMA LISTA DE GAJAS QUE COMESTE!

Dito isto a ruiva percebeu que a tristeza no olhar do moreno se havia modificado,na verdade havia desaparecido.Agora nos seus olhos avelã havia raiva.E nesse momento a ruiva arrependeu se do que havia dito.

James andou na sua direção sentindo o corpo borbulhar de raiva.Fervia de raiva, aliás.

Reparou que a rapariga o olhava a medo,mas não se importava,nem mesmo quando ela começou a recuar em diracao ao rio.Sem reparar.

Andou em frente cada vez mais depressa e viu quando a ruiva falhou o chão perto do riu e começou a cair.

A seguir, tudo se passou em câmara lenta,num instante James estava ao seu lado e puxava lhe o braço para a impedir de cair.

Mas estes dois segundos duraram pouco,pois a seguir estava entalada entre uma árvore e o maroto,que fervia até á ponta dos cabelos.

Lílian sabia que havia sido horrível.

Talvez ele tivesse uma explicação,uma BOA explicação Mas ela não a havia ouvido e agora ali estava.

Se estava assustada? Não.

Estava aterrorizada.

Sabia da fama da fúria do maroto,mas nunca a presenciara sequer.

Agora era contra ela.

Queria chorar,fugir dali.

Mas o aperto do Potter nos seus braços e os corpos colados não ajudavam.

Por fim,o moreno falou na mesma voz arrastada de a bocado.

-Nunca mais na tua vida aches que foste és ou irás ser uma na "minha lista"-disse a última expressão com nojo a brotar lhe da voz.

A ruiva fechou os olhos e respirou fundo.Era impressionante como com o que ela lhe havia dito ele apenas se preocupava em que ela soubesse que não era só "mais uma".

Sentiu o aperto afrouxar.

Os seus olhos estavas cravados um no outro,por fim, Potter largou a ficando apenas a escassos centímetros da sua cara,e sussurrou

- Já pensaste no que podíamos ter sido Lilian?

A ruiva perdeu a voz por momentos mas logo respondeu

- Sim...James eu...Eu não queria ter dito aquelas coisas horríveis todas..Desculpa me,por favor.Eu não pretendia.

A súplica era notória na sua voz é o desespero dos seus olhos fez James soltar uma lágrima solitária.

A ruiva sentiu a mão de James acariciar lhe a bochecha,todo o seu corpo ficou quente de repente.

-Eu também não pretendia beber naquela tarde-sussurrou-Parece que ambos erramos,Evans.

No segundo a seguir a ruiva abriu os olhos ao sentir o calor que lhe invadiram o corpo desaparecer deixando apenas frio e escuro.Arfou.

No chão os ramos estavam amontoados tal como os deixara cair,e o riacho corria igualmente.Mas estava sozinha.
Teria imaginado tudo aquilo?

Começou a chover no segundo a seguir e a ruiva simplesmente pegou nos ramos e retomou o caminho para o acampamento,como o coração a bater depressa e uma sensação de vazio.

Foi quando um trovão envadiu o céu que Lílian viu,iluminado pela luz do luar,um cervo que ela bem conhecia galopar em direção a floresta.

O coração apertou-se inevitavelmente.

"Já pensaste no que poderíamos ter sido Lilian?"

"You ever wonder what we could have been?
You said you wouldn't and you fucking did"


Notas Finais


O que estão a achar?

Quero saber as vossas opiniões Pottersinhos💕😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...