História I hate you, I love you - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Crowley, Dean Winchester, Personagens Originais, Sam Winchester
Exibições 7
Palavras 383
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - O Quadro


Fanfic / Fanfiction I hate you, I love you - Capítulo 4 - O Quadro

Voltamos para a casa bonita. Agora que a ficha caiu. Eles foram lá durante a noite. Okay, não importa. Voltamos lá e começamos a procurar a carteira do Dean. 

Eu: Você veio aqui fazer não sei o que e deixou cair a carteira. Por que caralhos você trouxe a carteira, pra começar? 

Dean: *suspiro* 

Eu: Ta, vou continuar procurando

A gente estava procurando a carteira quando de repente a Sarah aparece e dá um leve susto em todo mundo.

Sarah: Oi gente! O que estão fazendo aqui? 

Sam: ham, é... A gente veio... 

Dean: Veio dar um Oi, não é Sammy? 

Sam: Sim, isso mesmo. Oi Sarah! 

De repente, o Dean puxa a carteira do bolso e corta a Sarah

Dean: Eu e a Sophia vamos na loja de conveniência comprar uma água, eu estou morrendo de sede. Sam, aqui estão os 40 dólares que eu lhe devo. Er... Eu sempre esqueço, melhor dar agora não é? 

Eu e o Dean saímos e deixamos os dois sozinhos! (Pensamento: ELES SÃO MUITO FOFINHOS JUNTOS,  AI MEU DEUS EU VOU SURTAR!!!!)  Eu e o Dean não compramos nada, porque ele deu todo o dinheiro para o Sam. Bem que eu queria um chiclete né, mas fazer o que. Eu e o Dean ficamos um pouco mais de 5 minutos esperando no carro.

Sam: Pessoal, o quadro voltou. Ele ainda está lá. Eu não acredito, DEAN! A GENTE QUEIMOU O MALDITO QUADRO! 

Dean: Ah, obrigado senhor óbvio. Ok, a gente precisa de maia idéias. *Olha para Sophia e para Sam* Alguma ideia? 

Eu: Pelo o que eu sei, quem amaldiçoa o quadro é um sujeito do quadro. Ok, vamos pesquisar. 

Eu: hm, deixa eu ver... Família estranha no quadro assustador. 

Dean: Como eles se chamavam mesmo? 

Sam: Família Merchant, Dean. Família Merchant. 

Bom, fomos para uma biblioteca próxima e eu comecei a procurar uma mesa para sentar. A pesquisa ia demorar. Como eu sei disso? O homem que trabalha na biblioteca chegou na nossa mesa com milhares de papeis e livros. 

Dean: Bom, parece que o nosso amigão aqui, cortou a garganta dos dois filhos, da esposa, e depois dele mesmo. 

Eu: Uau. Por quê? 

Dean: Parece que a esposa dele estava querendo ir embora com os filhos e a filha adotiva. 

Sam: Ele não deixou e matou todos. Interessante.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...