História I Hate You, I Love You - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags Angel Campbell, Ashton Irwin, Bella Courtney, Calum Hood, Hanna Edwinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Rebecca Lightwood
Visualizações 37
Palavras 950
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heey, olha quem voltou (demorei pra postar de novo, me desculpa).
Aqui tem outro capítulo para vocês...
Até lá em baixo!!!

Capítulo 6 - I Don't Know If I Can Trust You Again.


Fanfic / Fanfiction I Hate You, I Love You - Capítulo 6 - I Don't Know If I Can Trust You Again.


Angel Campbell P.O.V. - Sydney, Austrália


  Estou em casa, com Bec e Bella em minha volta no sofá, agora Bec iria me contar o que ela viu do acidente ontem.

  - Na hora que eu percebi o que tinha acontecido, eu tive uma das piores sensações da minha vida - ela diz - nem consigo explicar. -

  - Mas, como aconteceu? - Bella pergunta.

  - Você lembra de algo, Angel? - ela pergunta para mim e eu nego com a cabeça - o carro de vocês estava andando normal, aí o homem entrou na contramão e acabou batendo em vocês. E ele fugiu, e nós ficamos desesperados e assustados. -

  - Pelo menos não aconteceu nada com o casalzinho... - Bella fala e eu a interrompo.

  - Casalzinho é seu cu! - falo brava.

  - Vocês ainda não se pegaram? - ela continua. 

  - Se você continuar falando disso, eu vou te expulsar da minha casa. - 

  - Nossa! Que grosseria - ela responde - acabo de chegar, e já me trata deste jeito? -

  - Sim! - eu e Bec dizemos juntas.

  - Nem sei por que ainda gosto de vocês... - 


(...)


  Ainda bem que vou ficar o resto da semana sem ir para a escola, vou ficar em casa, me recuperando do acidente. Mas já estou me sentindo bem, nem parece que ontem fiquei desmaiada por quase 8 horas.

  Mas estou meio preocupada com Luke, não sei por que. Não o vi ainda, será que ele está bem? Espera, geralmente eu não me importo com o Hemmings, o que está acontecendo comigo? Ah, deixa pra lá, eu não quero saber dele, e ele não quer saber de mim.

  Já é madrugada, todos dormindo, exceto eu. Estou completamente sem sono, faz horas que estou andando no quarto, sem saber o que fazer.

  Ouço alguns sons de algo batendo em minha janela. Vou devagar até a sacada, e vejo Luke Hemmings parado, com algumas pedrinhas na mão. Respiro fundo, revirando os olhos ao mesmo tempo.

  - O que você quer? - falo baixo - está todo mundo dormindo! -

  - Posso subir? - ele pergunta colocando as mãos numa decoração, que daria para escalar s nenhum problema.

  - Tá bom, mas ninguém pode saber que você esteve na minha casa! - falo dando espaço para ele entrar - e fale baixo. -

  - Ok - ele diz.

  - Por que veio aqui? - 

  - Eu só queria saber se você está bem, depois do que aconteceu eu não te vi... -

  - Eu estou bem, obrigado - falo - e você? -

  - Também... - ele diz passando a mão pelo cabelo - na verdade não tão bem...- 

  - Por quê? - o que aconteceu comigo? Eu deveria estar brigando com ele.

  - Eu não aguento mais ficar sempre discutindo com você, por quê não podemos fazer as pazes? -

  - Eu não sei se consigo confiar em você de novo - falo me sentando - eu ainda sinto o que você fez comigo, e eu até quero voltar a ser sua amiga, mas eu não consigo confiar em mais ninguém novamente. -

  - Mas aquilo foi há muito tempo atrás, eu era uma criança idiota, não pensava nas consequências dos meus atos - ele diz com sinceridade - mas, me diga, você acha que eu quero te magoar? -

  - Eu não sei o que acho, não tenho certeza... -

  - Angel, por favor, me perdoe - ele pega minha mão - eu prometo nunca mais te machucar, ou qualquer coisa assim. -

  - Luke, eu já te perdoei, mas não é só isso. -

  - Eu faço qualquer coisa... Sem você eu fico perdido. -

  - Eu preciso de mais tempo. -

  - Tá bem, estarei aqui quando estiver pronta. -

  - Obrigado por entender - ele sorri em troca.

  -  Tenho que ir agora, tchau Angel - ele diz voltando pelo mesmo lugar que entrou.

  - Adeus - aceno para ele, que vai embora em seguida.

  O que acabou de acontecer? Por quê eu deixei ele entrar na minha casa? Puta que pariu, se alguém descobrir... Nem sei o que pode acontecer. Acho que o acidente me deixou meio lesada, ou até mesmo idiota. Mas parece que ele está bastante chateado, não posso negar, o efeito Campbell é forte.

  Será que eu devo pedir desculpas pra ele? E falar que eu quero que a gente volte a ser como antes? Eu não queria ser tão indecisa, nunca sei o que fazer! Eu acho que voltaria a ser amiga do Luke, mas não como éramos, a gente era melhores amigos, mas aí... Deixa pra lá.

  Já é quase quatro e meia da manhã, e eu não dormi, pelo jeito não vou conseguir fazê-lo tão cedo. Não sei o que fazer, tudo que eu vejo me lembra do Luke, acho que eu tenho que falar com ele, mas só quando amanhecer. Acho que ele vai aceitar que nós comecemos do zero, deixar as mágoas para trás, e esquecer de todas as milhares de brigas que aconteceram nesses 4 anos. Mas o problema é que eu não sei como dizer isso para ele, e se ele não quiser mais? Caralho, por que é tão difícil?

  Acho melhor eu esquecer um pouco sobre isso, pelo menos por enquanto, não sei se vou conseguir, mas vou tentar. Eu devo ter algo melhor para fazer, ficar aqui pensando no que eu deveria fazer não vai me levar à nada. Mas, novamente, eu não sei o que fazer, acho que vou dormir. Me deito na cama, cobrindo meu corpo em seguida, fecho meus olhos e logo o sono vem, me fazendo dormir rapidamente.



Notas Finais


Bem, acho que amanhã eu posto outro capitulo, ou seja, até amanhã!!
Beijos...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...