História I hate you, I love you - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Argo Filch, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Fílio Flitwick, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Hugo Weasley, Lílian L. Potter, Lorcan Scamander, Louis Weasley, Lucy Weasley, Lysander Scamander, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley II, Neville Longbottom, Personagens Originais, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Ronald Weasley, Rose Weasley, Roxanne Weasley, Rúbeo Hagrid, Scorpius Malfoy, Sibila Trelawney, Ted Lupin, Tiago S. Potter, Victoire Weasley
Visualizações 57
Palavras 924
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


(Vestido da Riley ai em cima, espero que gostem)

Capítulo 16 - Capítulo 16


Fanfic / Fanfiction I hate you, I love you - Capítulo 16 - Capítulo 16

(P.O.V. Tiago)

Tentei me convencer de que o beijo forfora péssimo pelo resto do mês, mas simplesmente não consegui. Toda hora que eu estava na sala de aula, no salão comunal, no Salão Principal e até nos treinos de quadribol, eu sempre olhava pra Smith. Que é que me deu? Você esta apai... Não ouse terminar essa frase, consciência! Apaixonado! Merda...

Juro, tentei esquecer ela, já perdi a conta de com quantas garotas sai até o final de setembro e continuei até provocando a Smith, mas não deu, sinceramente, como é que eu fui me meter nisso?

Era o primeiro dia de outubro agora, todo mundo estava no Salão Principal, jantando, quando a Minnie se levantou. Que não seja nada que eu tenha feito... Nada que eu tenha feito...

"Bom, agora que todos já terminamos, eu gostaria de anunciar que, depois de muito conversar com os outros professores, decidi que, no último dia deste mês, o dia das Bruxas, nós iremos realizar um Baile de Halloween somente para os alunos do quarto ano para cima.", várias pessoas começaram a cochichar entre si. "Por isso, é melhor que providenciem logo suas roupas, porque o traje é de gala, e providenciem também seus pares.", mais essa agora, convidar alguém pro baile... Bom, pelo menos isso deve servir pra esquecer a Smith. Um baile... Com outra garota... Isso, era isso que eu estava precisando.

(P.O.V. Riley)

O Potter não parou de me provocar nem por um segundo depois do beijo. Da última vez, eu não aguentei, me virei no meio do corredor (que por acaso já estava virando palco das nossas brigas), e falei:

"Você ta maluco né? Me beija a força e depois do tapa que eu te dei tu ainda fica me provocando idiota?"

"Você ta falando como se tivesse odiado o beijo."

"Não, imagina, adorei beijar garoto babaca que nem você ? Se quer saber, Potter, eu odiei aquilo."

"Não foi o que pareceu quando você retribuiu antes do tapa."

"Eu não retribui!", falei, ficando vermelha de raiva.

"Ah, corta essa, Smith...", ele passou a mão no cabelo, o despenteando. Argh, como eu odeio aquilo!

"Me erra, Potter!", e então sai marchando dali.

A escola toda ficou sabendo do beijo em poucos dias, e eu não tinha certeza se era por conta das minhas brigas com o Potter no meio dos corredores ou porque ele parecia estar espalhando isso pra quem quisesse ouvir, mas tudo só serviu para que a Lice e a Gabrielle só me provocassem mais em relação ao Potter.

Com o início de outubro, veio também o anuncio de que haveria um baile no final do mês. Ótimo, alguma coisa pra me distrair depois de um mês tenso como esse. Acho que nunca tive um setembro mais conturbado!

Da noite pro dia, pouco mais da metade das garotas de Hogwarts já pareciam ter um par, e eu, ainda sem um, resolvi escrever pra minha vó pedindo um vestido para o baile, pelo menos uma coisa eu já tinha garantida.

O vestido chegou meio em cima da hora, apenas uma semana antes do baile, e tenho que admitir, era lindo.

Preto, com manga longa rendada e mais curto na frente do que atrás. Acho que nunca me senti tão nervosa, eu ainda não tinha um par pra aquela porcaria de baile! Estava aceitando qualquer coisa...

(P.O.V. Tiago)

Como é que o tempo passa rápido assim? Falta apenas uma semana pra aquela porcaria de baile e eu não convidei ninguém. Ok, ainda dá tempo né?

Tentei todas, juro, TODAS as garotas de Hogwarts (menos uma), e todas já tem par. Bom trabalho, Tiago, esqueceu de convidar alguém, parabéns! Cala a boca, consciência!

Como é possível todas já terem par? Pelo menos uma ia querer ir comigo e esperar, né? Elas esperaram, Tiago, mas você é mais lerdo que uma mula, dai não deu né... Cala a boca, consciente!

O caso tava meio feio, resolvi que seria questão de honra convidar alguém, afinal, eu, Tiago Sirius Potter, não ia ser o único sem par, né? O Fred implicou tanto com isso que tive vontade de arrancar aquela cabecinha ruiva dele e usar de goles na próxima partida de quadribol, mas ele é meu priminho querido, então...

Com apenas três dias pro baile, eu desisti. Já tinha a roupa pro baile (meu pai mandou, mas acho que a mamãe ajudou um pouco...), só faltava a garota, e se ela era a única sem par, fazer oque? Depois da aula de Feitiços, engoli meu orgulho (que não é pouco), e fui até a Smith que guardava o material na mochila.

"Hey, Smith.", chamei.

" Cai fora, Potter, não tô pra papo.", ela falou sem nem ao menos se virar para mim.

"Ok, vou ser direto."

"Sem ser direto nem indireto, cai fora.", ai, querida, não precisa agredir...

" Quer ir ao baile comigo?", ela se virou pra mim com uma cara de: jura-que-você-tá-me-perguntando-isso?, e arqueou uma das sombrancelhas.

"Você acha que eu sou besta ou oque?", acho que você é linda. Ok, eu não pensei nisso... Não pensei...

" Porque?"

"Acha mesmo que vou cair nessa? Sair com você pra depois pagar papel de idiota? Não, obrigada. Isso é só mais uma pegadinha sua."

"Não é não! É verdade! Quer ir ao baile comigo? Sem pegadinha? Sem truque? Só... Um... Encontro de... Amigos?", ela riu com escárnio.

"Amigos? Corta essa, vai? Pode convidar outra 'amiguinha' sua que eu sei que tem um monte."

"Não tem outra 'amiguinha', acha que eu te convidaria se pudesse convidar outra? Vai sonhando!"

"Então, se me odeia tanto, e sabe que o sentimento é mútuo, porque tá me convidando?"

"Porque não quero ir sozinho e sei que ninguém te convidou. Então, aceita ir no baile comigo ou não?"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...