História I Hate You ( Imagine Mark Tuan ) - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Bambam, Got7, Imagine, Imagine Mark Tuan, Jackson, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Exibições 268
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem do capítulo.
Se tiver algum erro me desculpe.
Boa leitura 😍❄

Capítulo 54 - Amusement Park.


Fanfic / Fanfiction I Hate You ( Imagine Mark Tuan ) - Capítulo 54 - Amusement Park.

Saímos da sua e casa e fomos para uma sorveteria próxima da casa dele.

Entramos dentro dela e sentamos em uma mesa.

- Vai querer do que? - perguntou.

- Umm. - pensei. - De flocos. - respondi.

A mulher veio nos atender, ela só faltava ir para o puteiro, por que antes dela vim atender a gente ela abaixou um pouco a blusa.

- O que você ira querer? - perguntou quase beijando o Mark e fingindo que eu não estava ali.

Mark só faltou cair da cadeira, tentando se afastar.

- Quero dois. - falou. - Um de flocos e outro de chocolate. 

A mulher saiu dalí querendo voar em mim. Eu comecei a dar risada da mulher.

- Tá rindo do que? - Mark perguntou.

- Da mulher. - respondi tentando parar de rir.

Mark começa a rir do nada.

- Que que foi? - perguntei.

- Parece uma anta rindo. - respondeu.

- Idiota. - dei um tapa em seu braco

- Aqui estão os sorvetes. - a mulher deixou os pedidos e saiu.

Comecei a tomar o sorvete e Mark também, ficamos conversando sobre coisas aleatórias até sr. Mark Tuan começar a rir denovo.

 - Que foi virei palhaça agora? - perguntei com raiva.

- Sua boca. - respondeu ainda rindo.

Passei as costas da minha mão na boca só que não saia nada.

- Aqui. - Mark se aproximou e passou o polegar no canto da minha boca.

- Idiota. - resmunguei corada.

Ele deu risada e voltou a tomar o sorvete assim como eu.

Nós terminamos o sorvete e fomos até o balcão. 

- Deixa que eu pago. - falou, pois eu falei que não precisava e ele ficou insistindo.

- Eu te convidei então eu pago. - falou entregando o dinheiro para o moço.

- Tá tá. - me rendi pois isso não levaria a nada.

- Nós vamos aonde? - perguntei.

- Para um parque. - respondeu.

- Mas que parque? - perguntei querendo o irrita-lo.

- Para um parque. 

- Mas que parque? 

- A vamos logo. - falou com um pouco de raiva.

Ele pegou minha mão e me puxou me levando para o parque.

- A gente está indo para aonde? Pois o parque fica alí. - apontei para o parque do outro lado da rua.

- Não é esse parque é outro. 

- Que outro? - perguntei.

- Além de chatinha tá burrinha. - falou dando um peteleco na minha testa.

- Aii. - reclamei de dor.

Andamos mais um pouco e chegamos em um parque de diversão.

- Aqui está o parque. - falou.

- O seu idiota, você não me explicou que seria esse "parque". 

Ele comprou as entradas e me chamou.

- Vamos? - perguntou.

- Sim. - respondi alegre.

Entramos dentro do parque.

- Você quer ir aonde? - perguntou olhando para mim.

- Aish para com isso, assim você faz eu ficar menor ainda. - resmunguei.

- Eu não posso fazer nada se você é uma anã.

- Eu não sou anã, você que cresce de mais. 

- Você quer ir aonde? - perguntou mudando de assunto.

- Alí. - apontei para a montanha russa.

- Tem certeza? 

- Ta com medo? - perguntei.

- Você está me desafiando? - perguntou.

- Talvez sim talvez não. - respondi e ele deu risada.

Fomos para a montanha russa. Eu saí de lá tontinha.

- Eu falei. - falou Mark rindo de mim.

Nós passamos em frente a uma barraca que tinha um urso muito fofo.

- Mark oppa eu quero aquele urso. - pedi.

- Tem que ser aquele? - perguntou fazendo uma cara esquisita.

- Sim. - respondi.

- Me espera alí no banco. - pediu e eu concordei.

Me sentei no banco e fiquei esperando ele voltar. Fiquei olhando para o nada até ver Mark se aproximando.

Ele estava com as mãos para trás e com uma cara triste. Eu logo pensei que ele não conseguiu.

- Aqui. - falou me dando o urso.

- Obrigado. - respondi o abraçando e ele correspondeu.

- Agora vamos alí. - falou separando o abraço.

- E se eu cair dalí? - perguntei.

- Você caiu da montanha russa? - perguntou e eu neguei.

- Então vamos. - falou segurando a minha mão e me puxando para a roda gigante.

Entramos dentro de uma cabine, ele se sentou do meu lado. Eu tava com um medo gigante de acontecer alguma coisa que acabei segurando na mão do Mark e a apertando.

- O que que foi? - perguntou preocupado.

- Eu estou com medo. - respondi.

- Nós não vamos morrer não. - falou fazendo graça.

A roda gigante parou e nós descemos, fomos em bastantes brinquedos.

- Mark eu quero ir embora. - falei.

- OK. 

Nós saímos do parque de diversão e fomos para um parque. Sentamos em um banco e ficamos conversando, eu acabei deitando minha cabeça no seu ombro e dormindo.


Notas Finais


Bjs 😘😘💗💗💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...