História I hate you,I love you (Romance gay) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigos, Gay, Heterossexualidade, Homossexual, Incesto, Romance, Sexo
Exibições 72
Palavras 493
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse cap vai ser um pouco diferente mas espero que gostem.
Boa leitura coisinhas ♥♥♥♥

Capítulo 12 - Como eu me sinto ?


Fanfic / Fanfiction I hate you,I love you (Romance gay) - Capítulo 12 - Como eu me sinto ?

Andréia On

Eu me sinto péssima.Minha vida nunca foi fácil, mas sempre foi tranquila. Nunca passei por algo assim, nunca senti esse desespero, quando o Júnior sumiu eu sofri muito, mas alguma coisa me dizia que ele estava bem e eu costumava acreditar e seguir o meu coração. Porém, dessa vez era diferente meu coração estava aflito e eu não queria acreditar nele, não queria aceitar que o meu filho havia sido sequestrado. Essa história estava estranha até demais, como alguém entra em uma escola sem identificação e sequestra um aluno sem ninguém perceber nada? Isso não faz sentido.

Estava perdida em pensamentos quando o Guilherme entrou no quarto e me abraçou beijando minha testa logo em seguida.

Eu estava desolada, não tinha vontade de comer,de beber,de dormir, pra falar a verdade minha vontade de viver estava indo embora. Já haviam se passado mais de um dia e nada de notícias do meu Andrezinho e para piorar a Natália veio aqui mais cedo me dizer que o João não voltou para casa. E todos nós já sabíamos que ele devia estar procurando pelo André. 

O João sempre foi assim, podia apanhar e ficar de castigo para o resto da vida , mas não abria mão de salvar o André e eu era grata por isso. Eu confiava muito no João e sabia que ele sempre faria de tudo para salvar o meu filhinho. 

Já faz algum tempo que eu venho percebendo que o João tem um sentimento muito mais profundo do que uma amizade pelo André e isso me deixa feliz . Meu sonho seria ver os dois namorando, noivando e casando, seria perfeito tenho certeza, mas tudo havia sido interrompido por um infeliz que conseguia ser feliz e por isso estragava a felicidade dos outros. Fui arrancada novamente dos meus pensamentos ao perceber o Júnior, com o ursinho de pelúcia,  me olhando triste da porta.

Mamãe, o Pimponi não vai voltar?- ele perguntou triste e fazendo bico, desde quando o André deu o ursinho para o Juni ele colocou o nome do bichinho de Pimponi e começou a chamar até o André assim. -Vai sim meu amor, em breve ele vai estar aqui com a gente tabem?- ele concordou com a cabeça e eu percebi que seus olhinhos estavam cheios de lágrimas.  Peguei em seu bracinho e o puxei colocando-o sentado em meu colo e fiquei abraçada com ele até o Gui chegar no quarto e levá-lo para o seu quarto .

Depois de me deitar e apagar a luz o Gui ficou mexendo em meu cabelo me fazendo sentir sono até que apaguei. Pelo que parece não consegui dormir muito tive um pesadelo que me fez acordar gritando. 

Linda ,foi só um pesadelo, calma-o Gui segurou em minha mão tentando me acalmar e eu apenas balancei a cabeça em sinal de negação e ele não entendeu nada e perguntou qual tinha sido o pesadelo tão horrível que eu tive. -Tinha alguém tentando abusar do nosso filho......


Notas Finais


O que acharam?? Comentem aí
Gostariam de um POV de mais alguém?
Continua.....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...