História I Hate Your Way - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camren G!p, Lauren G!p, Norminah, Trolly, Vercy
Exibições 321
Palavras 1.153
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 3 - Merry Christmas!


Fanfic / Fanfiction I Hate Your Way - Capítulo 3 - Merry Christmas!

Lauren Michelle Jauregui

23 de dezembro de 2016 - Washington, Seattle - 16:12

- Lauren, por favor não... - Levantei a mão e ela ameaçou gritar

- Não vou bater em você, não se preocupe, até porque eu ensino a meu filho não usar violência... - Me virei e Derek ficou congelado assustado

- Mama, quem é ela? - Perguntou agarrado em minha perna

- É...

- Sou Camila Cabello - Ela se agachou e ele foi até ela

- Cabe... llo? - Ele perguntou nervoso

- Cabello por que?

- Meu nome é Derek Jauregui Cabello - Ele disse e ela olhou para mim como se pedisse ajuda para responder - Você é bonita - Ele passou a mão pelo seu rosto e ela sorriu

- Obrigada, você também é muito bonito - Ela pegou as mãos e as entre laçou com a dele. - Quantos anos você tem?

Ela sabe quantos anos ele tem porque ela está perguntando?

- Dois. - Ele e ele fez quatro com os dedos e ela riu - E você?

- Nunca pergunte para uma quantos anos ela tem Rek

Vendo assim nem parece que o abandonou quando ele tinha duas semanas.

- Desculpa - Ele abaixou a cabeça

- Eu te conto mais é segredo - Foi até seu ouvido e falou, e ele não ficou surpreso

- Parece ter mais - Ela ficou seria e eu não conti a vontade de rir

- Ah é?

- Desculpe, foi brincadeira, minha mama tem 21 e parece ter muito mais, parece uma vovó emburrada

- Como é Derek Jauregui?

- Viu - Ele disse rindo

- Vamos, temos que fazer os biscoitos para o amanhã - Falei e ele só me olhou

- Com quem vai passar o natal? - Perguntou e eu coloquei a mão na testa

Ele vai convidá-la.

- Com ninguém pequeno

- Que triste, porque não passa com a gente? - Ela fez cara de surpresa e assentiu - A gente mora...

- Ela sabe bem aonde nós moramos, vamos Derek - Ele veio até mim

- Tchau Mila - Ele mandou um beijo para ele e nós fomos continuar a fazer as comprar. - Mama de onde você a conhece?

- É... Era uma... Amiga minha - Falei empurrando o carrinho

- Você ia bater nela?

- Não filho, só ia dar um abraço - Falei e peguei mais umas coisas - Pronto, agora vamos pagar e ir para casa e... - Fui até seu ouvido - Fazer biscoitos

- Biscoitos, biscoitos - Ele falou animado - AI... Tô com dor de rabiga de novo - Falou e eu ri

- É ansiedade - Falei e o peguei no colo deixando um beijo em seu rosto

Casa dos Jauregui's - Seattle - 21:30

Estamos esperando os biscoitos saírem do forno para nós os infértar.

Para o Derek essa é a parte mais divertida.

As vezes ele pega e deixa três biscoitos perto da lareira com um copo de leite, segundo ele é para o papai Noel. Que na verdade eu que como quando acordo.

- Já tá pronto? - Perguntou pela décima oitava vez

- Quase...

- tá... E agora - Sussurrou e olhei para o forno

- Agora sim - O peguei no colo e fomos até lá - Me passe a luva capitão carinha - Pedi e ele foi até a mesa pegar - Obrigada carinha - Pisquei para ele.

Tirei os do forno e o pequeno ficou em cima.

- Rek, saia de perto está quente - Falei ao colocar na pia

- Vamos fazer agora?

- Não espere um pouco... Que tal chocolate quente com machimelo?

- Eu adoraria, capitã mandona - Firmei os olhos fingindo estar brava e ele riu.

Karla Camila Cabello

Frente a residência dos Jauregui's - Seattle - 21:54

Estava indecisa, se tocava ou não a campainha.

Derek ficou o dia todo na minha cabeça depois que o vi.

Então decidi vir até a minha antiga casa para vê-lo.

Sei que a Jauregui não vai gostar nada disso mas eu não ligo, vim pelo meu filho, que apesar de eu não querê-lo, todos esses anos, ainda não quero literalmente, só... Quero ver ele crescer... Isso não é querer ficar com ele é?

Toquei a campainha esperei.

Lauren Michelle Jauregui

Casa dos Jauregui's - 21:57

- Filho, acho que é a vovó, vá lá abrir - Falei colocando os biscoitos na mesa.

- Tia Mila - Ele gritou

Calma, Camila?

- Entra, nós estamos fazendo biscoitos - Derek oferece e eu só respiro fundo.

O que ela está querendo?

Estou confusa! Será que é o Derek?

Será que ela voltou por ele?

E se for estou a tratando mal atoua?

- Oi Lauren - Sorri para mim que retribuo fraco

Ela usava um moletom preto e branco, com uma calça preta e um bota por conta da neve. Os cabelos estavam como sempre levemente bagunçados e lisos, com um sorriso otimista. Ela esta sem jeito, não sabe oque fazer. Não sabe se me abraça ou se vê um beijo no rosto, dá para ver em seus movimentos.

- Se sente aqui Tia Mila - Derek puxou uma cadeira educado oque fez ela sorrir de verdade desta vez. - Vamos fazer biscoitos... Você quer?

- Oh, vai ser um prazer - Ela falou e ele comemorou

- Pode usar tudo, menos os meus M&M's tá? - Ela assentiu rindo e eu sorri

- Eu vou fazer o Sr Chocolate, e você mama?

- Vou... O floco de neve - Peguei e ele assentiu

- Mila, faça a casinha

- Okay - Ela pegou e começou junto a ele

Peguei meu chocolate quente e fiquei observando eles, mesmo que eu não suporte a Camila, isso está tão confortável, que eu poderia passar o resto da minha vida aqui, que eu.não iria me importar.

- Mama faça o seu

- Oh, claro...

- Ah, Rek o meu ficou muito estranho - Ela fez um biquinho e ele riu

- É só tentar de novo, e se não der certo tentar várias vezes, a gente pode errar uma vez ou outra, mas erros podem ser consertados se você vê aonde errou e não fazer a mesma coisa da próxima vez. Mama que me ensinou - Ele falou e eu sorri

Camila sorriu para mim, com os olhos brilhando, no começo não entendi, na verdade eu até agora não entendi.

- Então quer dizer que todos erram na primeira vez? - Ela perguntou

- Sempre... Ninguém é perfeito Mila - Ele disse ainda concentrado no seu biscoito.

23:59

- Fizemos todos, agora é só deixar para o papai Noel - Ele falou, eu e Camila ficamos sérias e ele riu - Brincadeira, vamos comer, quando der meia noite - Ele disse mandão

- Mas já são meia noite - Camila disse olhando no celular

- Então, feliz natal - Ele disse e pegou o biscoito da mão de Camila e enfiou inteiro em sua boca, oque rendeu várias risadas 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...