História I hate...love you - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Romance, Vanessa Hudgens
Exibições 47
Palavras 884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem comentem e favoritem se puderem ♡♡♡

Capítulo 16 - Capítulo 15- Engano


Fanfic / Fanfiction I hate...love you - Capítulo 16 - Capítulo 15- Engano

(Natacha Caius)
Fazia exatamente uma semana que eu e o Park Jimin havíamos feito e entregado o trabalho de matemática juntos, nossa relação tinha mudado? Sim. Só que pra pior, era como se os curtos momentos que tivemos enquanto estávamos juntos tivesse deixado de existir, como se a "trégua" tivesse acabado no instante em que colocamos o trabalho nas mãos do professor, aquele ego enorme tinha voltado com tudo e a raiva sem sentido que sentia por mim também, eu não estava triste, talvez desapontada e um pouquinho chateada, mas além disso tudo eu estava com raiva, eu ja o peguei xingando dois ou três garotos e pegando praticamente metade das garotas da escola, e depois fingindo que elas não existem, e isso me deixava louca (Não o fato dele pegar garotas, porque esse fato é irrelevante pra mim, mas sim o fato dele tratar as pessoas grosseiramente e friamente) e era exatamente isso que eu estava conversando com a Mari, já que o Sant havia faltado,estávamos na aula de química, e lá estava ele dando em cima de uma aluna da nossa sala
- Nat, deixa esse cara pra lá, ele é assim e não vai mudar- Ela disse
-Eu não tô nem aí se ela vai mudar ou não, eu não me importo com ele, eu só acho que ele devia ter mais educação e respeito pelas pessoas
-É só isso mesmo Nat? Porque não tá parecendo
-Do que você está falando Mari?
-Eu tô falando que você pode estar afim do Jimin, é isso que tá parecendo-
Eu tive que rir, ela estava louca
-Você tá louca Mari, eu nunca ficaria afim desse garoto
-Por que não? Ele é bonito, famoso, e vamos combinar que é muito gostoso.- Ela disse mordendo os lábios- Imagina o orgasmo que esse cara te daria na cama, uma coisa louca
-Que nojo Mari, primeiro que eu nunca transaria com esse cara, eu nunca nem beijaria ele Mari...e todas essas qualidades que você disse só servem pra mascarar o que ele é de verdade
-E como mascaram...- Mari mordeu os lábios de novo, balancei a cabeça negativamente, ela definitivamente estava louca, prestei atenção na aula até que me veio uma vontade de ir ao banheiro, pedi permissão pra professora e saí da sala.
(Park Jimin)
Vi Natacha saindo do sala então essa era minha chance de "enquadra-la" , pedi pra tomar água e a professora deixou, fui ao corredor dos banheiros, e vi ela saindo do banheiro feminino, me inclinei no bebedor que tinha ali pra ela não me ver, bebi  água, e assim que ela passou não tive pudor, passei a mão nas coxas dela...
(Natacha Caius)
Saí do banheiro e estava a caminho da sala ,quando vi um garoto tomando água
passei por ele e me assutei quando ele passou a mão na minha coxa, e me assustei ainda mais quando vi que era o Jimin
-Você ficou louco ?- Eu perguntei, por sorte o corredor estava vazio
-Pode ser que eu tenha ficado o que acha de vir tirar a minha loucura - Ele me puxou pela cintura e eu o empurrei forte me afastando
-Tira essas mãos de mim seu nojento, parece que você se esqueceu de como foi NÃO ser um mala...mas eu acho que você prefere SER um mala- Eu me virei pra ir embora mas ele me puxou pela cintura e me pressionou contra a parede, eu tentei sair mas ele era mais forte que eu, minha respiraçao estava acelerada
-Você VAI fazer o que eu quiser Natacha, e no momento eu quero que você me beije, e um beijo nada inocente...- Ele disse raivoso
-Eu não sou uma dessas vadias ricas que você fica transando quase todos os dias, e se você acha que eu sou você está muito enganado...
-Não Natacha...você não é minha vadia rica...Você é minha vadia pobre...- Ele disse, aquilo me irritou muito, sem pensar subi o joelho e acertei uma joelhada no "coleguinha dele", eu saí da parede, ele abafou o grito e se inclinou de dor, ele
subiu o olhar pra mim, mordeu o lábio inferior e sorriu malicioso, tá legal, aquilo foi bem sexy
-Você acha que é o melhor que pode fazer sua VADIA...MINHA VADIA-
Eu tentei ir embora mas ele me puxou pelo cabelo e pela cintura de novo me chocando contra a parede, dessa vez doeu
-Você é podre, nojento, imundo, não sabe como tratar uma mulher...eu odeio você Jimin, odeio, não importa o que você faça eu ainda vou te odiar
- Será mesmo?- Ele disse
-É, é mesmo, e agora eu quero que você me solte imediatamente e que você vá pro inferno
-Eu já estou no inferno e você é a diaba, devo adimitir que é uma diabinha muito gostosa- Eu tive vontade de cuspir na cara dele, mas não o fiz, ele me soltou
-Eu me enganei com você Jimin, me enganei redondamente, mas não vou me enganar de novo, eu me virei pra ir embora mas senti os lábios do Jimin no meu ouvido me fazendo ficar arrepiada
-Se você acha que acabou aqui, você está muito enganada...você ainda vai ser minha...- Ele sussurrou e mordeu o lóbulo da minha orelha, me arrepiei por inteira, um arrepio de raiva e o outro de...


Notas Finais


Eita pohha, as coisas esquentaram kkk, espero que tenham gostado, comentem e favoritem, me motiva muito, beijocas e até a próxima 😍😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...