História I Just love you - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Romance
Visualizações 7
Palavras 877
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Josei, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiramente muito obrigada pelos favoritos e comentários! Isso realmente me deixou feliz e me incentivou a continuar❤
Agradeço pelo carinho de vocês e por terem lido , e não se esqueçam de comentar oq achou :3
Boa leitura 💕😘

Capítulo 4 - O garoto insistente...


Fanfic / Fanfiction I Just love you - Capítulo 4 - O garoto insistente...

              * jung-kook pov's *

Finalmente terminei de arrumar minhas coisas na nova casa. Já estava quase tudo pronto, só faltava o quarto da minha mãe agora. Foram dois dias arrumando aquela mansão. Ai eu pergunto: qual a necessidade de uma mansão para duas pessoas? Não sei o que se passa na cabeça da minha mãe.

Depois de guardar a última caixa decidi ir tomar um banho, pois depois do trabalho todo eu estava suado e o dia estava quente. Saí do banho, coloquei uma calça jeans escura e uma camisa branca e lisa , deixei meu cabelo um pouco bagunçado e fui andar pela nova casa.

- Omma , precisa de ajuda aí? - eu pergunto pra ela, que estava terminando de arrumar suas roupas no closet.

- Não precisa filho, já estou acabando por aqui- ela diz sorrindo sem olhar para mim e suspira - e o que você achou da nova casa? - ela pergunta parando e olhando animada para mim.

- É bonita e grande, até de mais- Rio nasalado lembrando do exagero da minha mãe.- eu gostei.

- Eu também gostei dessa casa. Acredito que aqui teremos uma boa chance de recomeçar.- diz ela descendo as escadas para a cozinha , e eu vou logo atrás .- e por que você não vai dar uma volta para conhecer o lugar? Aproveite se achar um mercado e compre legumes, acho que vou fazer bibimbap para o almoço.- diz ela olhando dentro do armário.

- Ta bom, já volto omma! - digo saindo de casa. 

                 ••••••••••••••••••••

Já estou andando a uns 10 minutos. No caminho achei uma praça bem bonita, acho que vou lá depois. Caminhei mais um pouco e decidi andar para o outro lado. Um pouco depois de passar minha casa , achei um mercado grande. Lembrei do pedido da minha mãe e logo entrei no local, pegando os legumes , até que vejo uma cena bem engraçada: um rapaz baixo , loiro e realmente muito bonito com a bunda um pouco empinada - e que bunda- tentando alcançar a carne de qualquer forma na última prateleira. Depois de olhar mais um pouco a insistência do garoto decidi ir ajudá-lo: 

- precisa de ajuda? - pergunto para o rapaz que aparentava ter a mesma idade que eu , mas pelo seu cheiro ele parecia ser um ômega. Ele virou e ficou me encarando de cima a baixo. Ri em pensamento e fico olhando sua linda face até que ele responde:

- Não estou conseguindo alcançar a carne da última prateleira...- diz ele visivelmente envergonhado, realmente muito fofo. 

-Essa aqui?- perguntei apontando e ele afirma. - tome - eu digo sorrindo e entrego o alimento em suas mãos.

- Muito obrigado...- diz ele tentando saber meu nome, e eu respondo: 

Jung-kook, Jeon Jung-kook. - cumprimento ele com um aperto de mãos e ele retribui, e ao sentir seu toque parecia que o tempo parou. Naquela hora eu senti que o conhecia por muito tempo, um sentimento nostalgico. Ficamos nos encarando até que ele diz gaguejando , achei isso engraçado, parece que ele sentiu a mesma coisa que eu:

- O-obrigado por ter me ajudado Jung-kook, m-mas eu realmente p-preciso ir. F-foi um prazer conhecer você! - ele diz rápido e basicamente saiu correndo Dalí, deixando  cair uma pulseira de prata com estrelas nela. Como ele já tinha ido embora, eu guardei para lhe entregar na próxima vez que o encontrasse , se isso um dia voltasse a se repetir. Paguei tudo e fui para casa. 

         ~ Quebra de tempo ~

Acordei com o despertador e lembrei que hoje era meu primeiro dia Na nova escola. Fiz minhas higienes matinais, coloquei um jeans escuro, um casaco de lã listrado em vermelho e preto e um tênis preto, peguei meu material , desci as escadas e tomei café da manhã com minha mãe , que já estava saindo para trabalhar. Saí faltando 10 minutos para o portão abrir, e como eu não sabia onde era a escola, Acabei me perdendo e me atrasando para a aula.

Quando cheguei na diretoria e me apresentei, o diretor me disse as regras e me levou para a minha suposta sala, me apresentando para os alunos. Enquanto o diretor falava , vários e várias ômegas mantinham um olhar faminto sobre mim, me comendo com os olhos, coisa que eu já estava acostumado, mas ainda sim era bizarro o quanto eles eram atirados e desesperados por atenção. Mas de todos alí , não consegui tirar os olhos  de um garoto loiro da segunda fileira. Como ele estava deitado, não consegui ver seu rosto, mas ele me era estranhamente familiar.

Quando escutou meu nome , ele olhou assustado para mim, e foi aí que eu vi que era o rapaz do mercado, e acho que ele também se lembrou de mim. Ficamos nos encarando e eu não pude conter um sorriso , fazendo ele cora e desviar o olhar para a mesa.

Depois do diretor falar várias coisas que eu nem prestei atenção , ele pediu para eu me sentar na fileira da janela , que era ao lado do da dele , na terceira mesa. Durante a aula eu tentava prestar a atenção, mas ele atraía meus olhos como se ele fosse um ímã. 





      * Sinto como se ele fosse mudar algo em minha vida...*




                        *.*





Notas Finais


Ficou bom? Gostaram? Me desculpem se ficou ruim, não tenho tido muita criatividade kkkk
Mas prometo que vou me esforçar mais :3
Obrigada por lerem❤
Até a próxima ARMY's do meu core 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...