História I Just Want My Little Monsters - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Vampiros
Exibições 110
Palavras 854
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Fantasia, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yo povooo, desculpem o atraso, mas é pq eu tava fazendo o cabelo. Eiiita marileyne, hj a noite tainha vinho .... Brinks, mas tá caliente hj, então se preparem, liguem o ar condicionado. Favoritem se gostarem e comentem pq me deixa feliz e eu vou saber se vcs tão gxtando.

Capítulo 7 - Boys Love Twins


Fanfic / Fanfiction I Just Want My Little Monsters - Capítulo 7 - Boys Love Twins


-Kanato-kun? - Foi a última coisa que eu disse antes dele vir pra cima de mim e começar a me beijar.


Manowwww, vou fazer doces mais vezes nessa vida. Ele já começou passando a língua nos meus lábios, e depois entrelaçou nossas bocas, o jeito dele era com vontade, mas sem desespero, e tudo isso sem estar com a língua ainda. No meio disso ele puxou meu lábio inferior com os dentes (sem machucar, porque se ele quisesse, arrancava o coitado fora, e eu ficava com a boca igual da Kim Possible) e isso arrepiou tudo meus cabelinho da nuca. Voltamos a nos beijar normal, aí ele começou a por a língua (que nem precisou pedir pra entrar, eu já estava com a porta de entrada pronta pra receber visita) e eu retribui em seguida. De um jeito inesperado, nosso beijo deu muito certo, nossas bocas combinaram perfeitamente, e nossas linguas não brigavam entre sí. Ele explorou com a lingua dele toda a minha boca ( nem um pouco de linguagem de fanfic), e parou aos poucos com a língua, voltando ao beijo violento e desejoso só entre nossos lábios. Esse tempo todo eu já tava deitada no chão do lado da mesinha e ele por cima de mim. Fomos nos separando lentamente até que ele falou:


-Tão doce...


-Obrigada? - depois  que ele disse aquilo, virou meu queixo pra direita e ficou encarando meu pescoço.


-Kanato-kun, o que foi?


-Então o Raito já passou por aqui primeiro também... Tsc. Já que é assim vou ter que pegar outro lugar. - Ele puxou com o indicador o colo da minha regata pra baixo, deixando a mostra o começo dos meus peitos e a borda do sutiã.


-Ka-Kanato-kun, que deu em voce? - Que ele era meio ruim da cabeça eu sabia, mas que era tão tarado, isso não.


Ele ficou calado e apenas veio cada vez mais perto com o rosto no meu peito, até que ele mordeu bem acima dos meus seios, e bem no meio deles. Nós ainda estávamos na mesma posição, só que agora minhas mãos estavam apertando seus ombros por causa da dor. Doeu mais que quando foi o Raito, acho que era por ter menos "carne" onde o Kanato mordeu. Uma gota de sangue escorreu por entre meus seios e ele fez o que? Sim, se parou de me chupar e passou a língua pelo meio dos queridinhos até voltar ao lugar da mordida, e sem cravar os dentes novamente, ele chupou um pouco mais de sangue então se levantou e me levou junto. (mano, na hora q ele passou a linguinha lá entre os irmãos, e quase achei que ele fosse ir no meu peito mesmo, não só no meio deles)


-Voce me surpreendeu Kanato-kun! Nunca imaginei que voce fosse tão safadinho.


-O que seria isso?


-Bem... só não achei que fosse abaixar minha blusa e depois ficar tão perto assim dos meus...


-Eu só queria tomar seu sangue. Dizem que quando as mulheres ficam exitadas, o sangue fica mais doce e quente. - Eu sei que é verdade o que ele disse sobre só querer meu sangue, pois ele diz a mesma coisa no anime, mas ele estava olhando pra baixo enquanto dizia isso, e antes quando ele ficou com raiva do Raito....... Ah, deixa, eu devo estar imaginando coisas, até porque eles são todos sádicos, ainda não se importam comigo, só com meu sangue, então não tem porque achar que eles vão começar a gostar de mim. Mas eu não vou desistir! vou fazer eles todos gostarem de mim, não só no sentido romantico.


A propósito eu não sou BV! Meu primeiro beijo foi com 14. Eu queria perder com um menino que tambem fosse BV, para não ser constrangedor só pra mim e para que eu não fosse só mais uma na coleção de peguetes de alguém, pq mano, esses lek só queriam saber de número, e como eu sou A exclusivona, não ia ser qualquer um a ter meu BV. Ele estudou comigo era loiro e tinha carinha meio afeminada tipo aqueles bishounem, e era excluído (isolaaaaaaaaaaado uhuuuuu huhuuh) pq era mais bonito que muita menina (claro que não era mais que eu, pq kirida, eu sou a Diwah q vc quer copiar).


Pq ele me quis? na boa nem eu sei, talvez pq eu era a única que queria ele, ou pq eu era kawaii-desu que nem ele, e os iguais ficam juntos. Foi muito estranho e babado, mas foi ruim pros dois, então ta contando. O segundo beijo foi só pra me aperfeiçoar mesmo, com um menino mais "experiente" quando eu tinha 15, como eu já tinha dado o primeiro nem liguei do segundo ser com um babaca, beijei ele mais umas vezes, e só, nada mais de beijos. Bom até agora...


-Bom, até logo Kanato-kun, espero que me convide para mais festas do chá. - Ele deu um sorriso sombrio tipo: "malandramente, a Riza inocente se involveu com a gente... e vai se dar maaal",como se eu tivesse feito a escolha "errada" ao me envolver com ele. Mas foda-se, to goxtando.
 

 


Notas Finais


Espero q tenham gostado, até semana q vem e desculpem qualquer erro ñ proposital. Bejos góticos c nutella.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...