História I Just Want To Love - ( Vkook - Bangtan Boys ) {Hiatus} - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Bangtan Boys, Jeon Jungkook, Kim Taehyung, Taekook, Vkook
Exibições 71
Palavras 1.457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oie, estou de volta e espero que tenham uma ótima leitura!!!
:)

Capítulo 9 - IX - Low quality


Fanfic / Fanfiction I Just Want To Love - ( Vkook - Bangtan Boys ) {Hiatus} - Capítulo 9 - IX - Low quality

- Oh, quem é você, desculpe eu não estou me recordando de você... — Fui sincero, talvez o outro poderia se sentir desconfortável com aquilo, mas eu não sabia.

- Aish, sou eu, Park JiMin, agora lembrou? — O de madeixas agora negras, aproximou-se de mim com um pequenino sorriso em seus lábios, Park abriu o pequeno freezer que havia em sua lambreta estilo anos 60, a cor do automóvel era azul pastel, era belo.

- Park JiMin... Você é o amigo de JungKook, correto? — Questionei Park, suspirando fracamente, deslizando uma de minhas mãos delicadamente por minha madeixas, JiMin não era o mesmo, este estava agora moreno, e antes de madeiras rosas, estranho esta mudança de repente.

- Sim sou eu sim... Você parece estar indo para a festa, ou não? — Este agora perguntou a mim, ficando agora encima de sua lambreta, colocando o capacete em sua cabeça, afagando suas madeixas sobre o mesmo, conectou a chave sobre o local onde ligava a lambreta, ainda esperando minha resposta.

- Estou indo sim, eu acho que estou atrasado, digo melhor... Estamos atrasados. — Acabei por liberar uma pequena risada, JiMin rio junto a mim, parecia ter soado engraçado.

- Eu também irei, me ofereci para ser um dos garçons da festa, por isto está vestimenta, esporte fino, eu gosto.

- Eu também vou!, vejo que não irei trabalhar sozinho, oh, pensei que somente eu iria trabalhar, mas enfim, fico feliz, que iremos trabalhar juntos nesta festa, JiMin. — Esboçou-se um sorriso quadrado na superfície de meus lábios, tentando ao máximo ser familiar com Park.

- Digo o mesmo não queria ficar sozinho trabalhando nesta festa, fico feliz, aish... Vamos realmente nós atrasar, suba aqui, cabe mais um. 

   Park ofereceu-se para poder me levar até a festa, evitando atrasos maiores, de mim, e do mesmo, após montar-me ao pequeno estofado da Lambreta, onde apenas cabiam duas pessoas sem exceções, Park ia em auto velocidade pelas ruas não fazias de Seul, minhas mãos estavam agarradas as duas alças de ferro da Lambreta, o capacete que Park usava, cobria todo seu rosto, impossibilitando-me de falar com o mesmo.

  Em um piscar de olhos, estávamos a frente do casarão, onde se dava de escutar, o som alto da música, e o conversar dos diversos convidados, retirei-me de cima da Lambreta, Park em minha deixa, saiu da Lambreta minutos depois de a estacionar em um local reservado da parte verde do casarão, ajustando sua gravata, JiMin retirou os dois sacos de gelo de dentro do mini freezer.

- Eu espero que tenha gostado da viajem, TaeHyung — Sorriu JiMin a mim, de maneira fofa e divertida. - Vamos, vamos entrar logo, antes que apareça alguém aqui, e nos ache e nos de alguma bronca. — Deixei JiMin ir em minha frente, pois minhas mãos ocupadas estavam com o freezer que antes estava atrás da lambreta.

  Assisti JiMin entre abrir a porta amadeirada que impedia vossa passagem, com um certa dificuldade, pois os gelos congelavam a mão do moreno, suspirei fraco, com esforço, deixei mais fácil para JiMin, abrindo de uma fez, a porta, o show de luzes que haviam dentro do da sala de estar, que agora era um salão de festas, fazia a diferença ao local, a decoração vintage, deixavam tudo mais bonito, estava totalmente deslumbrando, deixei-me de meus devaneios quando a voz que eu conhecia, a qual era a de Jeon, explorava meus tímpanos.

- Vocês vinheram!, pensei que não iriam aparecer... — O aniversariante esboçou um belo sorriso, parecia estar contente por ver nossas figuras ali, presentes em sua grande festa.

- Mas é claro, não iríamos deixar você sozinho. — Eu e JiMin havia dito a frase em coral, provavelmente havia assustado JungKook. 

  Notei que JungKook se vestia de maneira quase semelhante a nossa, uma blusa também esporte fino, só que a cor de sua blusa era vinho, mais aproximado do vermelho sangue, e sua calça era totalmente colada, realçando as esculpidas cochas que o mais novo tinha, era algo as admirável em JungKook, não podia evitar, JiMin se assemelhava em suas belas cochas, também.

 - Oh JungKook, tome seu presente, eu ia esquecendo. — JiMin interrompeu meus devaneios, deixando os dois sacos de gelos, perto das milhares de bebidas que havia ali, estendendo seu presente, em uma bela caixa decorada, para JungKook.

- Gomawo, gomawo JiMin!. — Agradeceu JungKook, caminhando para perto da pilha de presentes que o mesmo havia ganhado  somente este dia, a deixando ali. - Bom, garotos creio que terei de deixar vocês sozinhos, minha mãe e minhas tias não me deixam em paz, perdoe-me. — Forjou uma risada, coçando sua nuca, talvez por puro constrangimento, curvou-se a mim e a JiMin, ainda com seu sorriso esboçado, caminhou a área livre da casa.

 

                               ••••••••••••••

  TaeHyung e eu estávamos infiltrados ao meio da multidão, que agora estavam todos dançando e festejando, tentava ao máximo adaptar-me ao som, aos convidados e a festa,  estávamos ocupados fazendo vosso trabalho, TaeHyung estava a preparar seus coquetéis, algo que o garoto fazia que era de matar, céus aquilo era delicioso demais, em meio aquilo tudo, acabei avistando HoSeok, Junto de alguns garotos do colégio, bebendo algo que parecia ser voodka.

  Estava a torcida de que o garoto não me veja por ali, queria evitar confusões naquela festa, queria tudo calmo, mas o pedido havia sido negado, HoSeok havia chegado perto de mim, envolvendo o odor de bebida alcoólica sobre mim, fazendo-me quase regurgitar o odor daquilo, assim o afastei de mim.

- Ei, baby ChimChim, venha cá, vamos sair daqui, uhm? — Dizia o próprio, totalmente embriagado e tomado pela bebida.

- Oh, HoSeok eu estou tentando trabalhar, por favor... Saia daqui, olhe seu estado... — Tentei amenizar toda a conversa que tinha com HoSeok inteiramente bêbado, mas apenas acabei piorando.

- Sua vagabunda, pare de agir feito uma, venha vamos!. — Este segurou forte em meu pulso, retirando com força, o pano cujo antes eu usava para secar minhas mãos úmidas, agora estavam debaixo de seu pé.

  Um dos seguranças da festa, vendo aquela cena interrompeu-se oque HoSeok fazia, cortando nosso vínculo, aquilo havia deixado meu pulso avermelhado, provavelmente depois ficaria algum hematoma, apenas cobri com o tecido de minha blusa, o segurança tinha tremenda coragem, de fazer tal ato.

- Venha, sua criança imbecil, sem agressões em um festa, agora sofra as consequências. — Este dizia com sua voz grossa, levando HoSeok até a saída da festa, trancando a porta em sua cara.

  TaeHyung após ver aquilo, aproximou-se de mim vendo que nada bem estava, suspirei tentando manter a postura, e não chorar ali mesmo, pois eu não aguentava aquilo.

- Ei, JiMin, está bem?, HoSeok o machucou?. — Este enchia-me de questionamentos, algo que por agora eu me sabia como o responder.

- Está, está tudo bem sim... Não se preocupe, eu acho melhor, voltar com seu trabalho, antes que sintam sua falta ao balcão, uh, TaeHyung? — Com esforço, esboço um sorriso fraco, tentando transmitir a TaeHyung que estava tudo bem.

- Okay, eu irei voltar a meu trabalho... Mas não hesite em me chamar, se algo estiver errado, está bem? 

  Assenti com minha cabeça, com o mesmo sorriso em meus lábios, logo passando uma de minhas mãos em minha testa, retirando o suor acumulado ao local, vendo TaeHyung voltar ao seu balcão e voltar a seus afazeres.

 

                             ••••••••••••••

     Terminei de escutar JiMin, e voltei a meus afazeres, pensava, pobre JiMin este era tão ingênuo, sofria demais nas mãos frias de HoSeok, que parecia não ter amor e piedade nenhuma pelo mesmo, era impiedoso, em meio a tudo aquilo, convivendo a alguns meses como todos notei, mesmo portando leucemia que as drogas, morfinas, bebidas alcoólicas eram algo normal na vida monótona de todos ali, já me sentia até acostumado.

  Em meio a minha distração, acabei por derramar todo o líquido de suco cítrico encima de toda a extensão do balcão, e de três convidados, sendo um destes o pai de JungKook, que levantava furioso de sua cadeira, derramando metade do líquido restante ao chão, eu não conseguia dizer nada, minhas falas e ações haviam falhados.

- Aish, garoto você por acaso é idiota?, Eu estou aqui, aish, olhe o estado de minha roupa!. — Dizia revoltado quase quebrando tudo em nossa volta.

- M-me desculpe... — Em tentar me redimir com o mais velho, estendi um dos guardanapos do balcão, claro que este estava limpo.

- Aish, insolente... Aliais, quem é você, garoto?. — Franziu seu sobrolho passando a fitar-me.

 Fitei JungKook que adentrava o balcão de maneira prodígio, aproximando-se de mim, com um sorriso falso a seu pai, dizendo, apertando meu ombro, com certa força.

- Este e Kim... Kim TaeHyung, nosso... Amigo!.

 

Pensava repetidamente oque havia dado em JungKook para o mesmo ter feito tais coisas, mas nem eu sabia, oque poderia acontecer, agora...


Notas Finais


hmmm, neste capítulo já está acontecendo a festa de dezoito anos de nosso maknae (JungKook) e rolou quatro coisas que me chamaram bastante atenção.

1. JiMin e TaeHyung, amigos agora?.

2. HoSeok e suas brigas infernais contra JiMin.

3. O Pai de JungKook, agora saber quem é TaeHyung.

4. e JungKook ter se intrometido ao meio da confusão de Tae e seu pai, hmmmm.

oque acham??? (Estou feliz pois, abordamos mais o JiMin, neste cap!!!!)
~ (>‿◠)✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...