História I Kissed a girl - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ian Somerhalder, Katy Perry, Margot Robbie
Personagens Katy Perry
Tags Musica, Romance
Exibições 13
Palavras 570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Veja o Trailer da História no nosso canal no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=1Y0uuU4slF8&t=2s

Acompanhe a atualização dos capítulos em nosso site: www.seessahistoriafosseminha.com.br

Capítulo 1 - It felt so wrong, It felt so right


Fanfic / Fanfiction I Kissed a girl - Capítulo 1 - It felt so wrong, It felt so right

Katy

Eu soube no instante em que bati os olhos nela que alguma coisa estava errada. Não foi normal a forma como meu coração acelerou, nem esse arrepio que percorreu todo o meu corpo. Na mesma hora eu pensei que pudesse ser uma premonição. Como eu poderia imaginar que essa sensação poderia ser algum tipo de atração? Se alguém levantasse essa possibilidade um mês antes, eu iria rir na cara da pessoa. Sempre me interessei por rapazes, tinha convicção de que era hétero, nunca nenhuma mulher havia me despertado nem curiosidade.

Mas agora aqui, deitada a poucos centímetros de Mia, percebo que tudo que mais desejo é tocar a sua pele, mergulhar a mão em seus cabelos dourados e sentir o gosto dessa boca que parece tão macia e suculenta. Como Mia consegue dormir tão serenamente? Será que ela não sente a energia que emana de nossos corpos? Não percebe a violência do que eu estou sentindo?

Imediatamente uma onda de calor invade meu corpo. Definitivamente estou excitada e muito. Na tentativa de reprimir a pulsação em meu íntimo, coloquei uma almofada no meio das pernas e aperto com força. É mais forte que eu, não consigo parar de olhar para o arfar  do corpo de Mia, com a respiração lenta e constante, a seda suave e amarela da sua camisola deixando a mostra parte dos seus seios, seu perfume delicado inebriando o ambiente. Por que diabos minha mãe tinha me obrigado a dividir o quarto com ela? Por que Mia não podia dormir com Josh? Automaticamente balanço a cabeça com força por sentir ciúmes ao imaginar as mãos dele no corpo curvilíneo da bela garota que dividia a cama de casal que antes era só minha.  

Não estou mais aguentando, preciso fazer alguma coisa para diminuir esse desejo que está me dominando. A única ideia que me ocorre é tomar uma ducha e tentar de alguma forma aplacar esse sentimento que  está me consumindo.

Saio da cama com cuidado para não despertar Mia e na ponta dos pés caminho até o banheiro, encosto a porta e tiro minha roupa de dormir, ligo o chuveiro no morno, porque embora meu corpo esteja em brasas, não vou me permitir entrar em água fria no meio da noite, fecho os olhos e começo a acariciar meu corpo, imaginando que poderia ser ela quem o faz. Aos poucos percebo que estou sendo tomada por uma onda de desejo cada vez maior e começo a imprimir um ritmo mais acelerado para atingir o clímax e quem sabe conseguir ter o alívio que necessito  para encarar uma noite de sono. Estava tão concentrada em atingir meu objetivo, que não percebi que não estava sozinha no banheiro, ao abrir os olhos, vejo a mulher mais  bonita que já pude admirar na vida e que antes dormia tranquilamente em minha cama. Percebi que ela me encarava intensamente e pode ser fruto da minha imaginação, mas pude perceber o desejo em seus olhos. Sem dizer uma única palavra, vi ela deixar a camisola rolar pelo seu corpo, revelando uma beleza que jamais imaginei apreciar. Ela caminhou lentamente até a porta do box e encostando seu corpo quente, tomou a minha boca em um beijo avassalador.

Eu não sabia se aquilo era sonho ou realidade, parecia tão errado e ao mesmo tempo tão certo, que  permaneci todo o tempo com os olhos fechados, desejando que aquele momento jamais acabasse…    


Notas Finais


Faremos a publicação de um novo capítulo todo sábado em nosso site.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...