História I Know You - Kim Taehyung - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 15
Palavras 852
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Aí vai o primeiro capítulo! Espero que gostem!

Capítulo 1 - 1- Flashback


Oi, me chamo Lee Ah-hyun mas meus amigos e família me chamam de Leah. Meus pais me deram esse nome por duas razões: Lee Ah-hyun é o nome da melhor amiga da minha mãe, que salvou ela num acidente de carro. Lee Ah-hyun é também uma atriz coreana que participou nos filmes Mourning Grave e Total Messed Family(ambos em 2014), entre outros... Lee Ah-hyun levava minha mãe em todas as gravações dos filmes para a ajudar a acalmar os nervos. Minha mãe leva sua melhor amiga lá em casa milhões de vezes, então nesse tempo todo nós nos tornamos muito próximas também, posso até dizer que ela é como uma segunda mãe para mim! Adiante... Tenho 18 anos, minha mãe é coreana e meu pai é brasileiro, meu pai viajou de negócio pra Coreia e foi aí que conheceu minha mãe. Nasci em Daegu e me mudei para Seul com 16 anos, ou seja ainda sou "novinha" aqui. Amo dança, Kpop, canto e se há coisa que eu odeio é estudar. Mas acho que isso maior parte odeia. Sou baixinha com cabelos compridos escuros tal como os olhos, não me acho gorda nem magra. Pronto, me apresentei já. 

Agora vamos ao que interessa...

*Flashback On*

Quando eu era pequena, minha mãe costumava me deixar brincar num parquinho perto lá de casa, em Busan. Minha mãe estava com Lee Ah-hyun conversando, e eu me distraí perseguindo uma borboleta (kkk sonsa). Acabei saindo fora do parquinho e do rumo para minha casa, seguindo a borboleta, juro que na altura quase que tive um infarto com o susto que peguei ao reparar que me tinha perdido! Olhei para todos os lados procurando alguém (como se uma criança com sua idade fosse ter mentalidade para pedir ajuda a um desconhecido, sua anta), acabei achando um garoto, talvez uns 3 anos mais velho que eu, brincando com carrinho telecomandado, sentado num passeio de um bairro deserto de carros e pessoas, era apenas o carrinho telecomandado e o garotinho (havia moradias lá). Eu cheguei perto do menino com os olhos marejados, ele logo me viu, se levantou, e veio na minha direção parando na minha frente.

Garotinho- Qué que você tem moça?- perguntou colocando sua mão em meu ombro.

Leah- E-eu me p-perdi...-disse já chorando.

Garotinho- Ei ei tem calma! Vai tudo correr bem ta?-ele disse me abraçando e secando minhas lágrimas com os polegares- Eu posso ter só 7 anos mas eu estou aqui e vou ajudar você certo?- ele pegou em minhas mãos.

Então acertei, 3 anos mais velho que eu.

Leah-...-silêncio (eu estava pensando).

Garotinho- Certo?- ele apertou um pouco minhas mãos.

Leah- Ah c-certo! O-obrigada!- já não estava chorando mais, mas estava um pouco envergonhada. Abracei ele por impulso e ele retribuiu me apertando um pouco.

Garotinho- Então, como que você se chama?- ele perguntou se afastando.

Leah- Lee Ah-hyun, mas pode me chamar Leah!- já não tinha mais vergonha.

Garotinho- Legal Leah! Eu me chamo Kim Taehyung, mas pode me chamar apenas de Tae!- ele sorriu quadrado.

Eita porraaa que sorriso maravilhoso é esse menino?!

Leah- Legal Tae!- disse imitando a sua voz e rimos.

Tae- Você se importaria se eu perguntasse como você se perdeu?- ele disse desfazendo o sorriso.

Leah- Ah...é que...eu...  tavaperseguindoumaborboletaeacabeimeperdendo!- disse rápido para ele não entender. Eu achava a razão estúpida então não queria lhe dizer.

Tae- Que? Você podia repetir?

Leah- Ah...eu me perdi porque tava perseguindo uma borboleta...- baixei a cabeça.

Tae- HAHAHAHA- ele tava se rindo escandalosamente mas tem uma risada linda mesmo assim.

Leah- Que que você ta se rindo?! Não vejo a piada!- fiz aegyo.

Tae- Haha...ai... É que você, sabe... Você é uma bobinha! Você será a minha bobinha!- ele apertou minhas bochechas e eu corei.

Leah- Aish, você que é o bobo! Seu...seu... Grandalhão!- ele era uns 15cm maior que eu (sou uma anã mesmo).

Tae- Hahaha ai! Você me mata Leah, é que nem bocas sabe mandar!- se acalmou e olhou nos meus olhos- Você é muito fofa e eu gostei de você!- ele deu um beijinho em minha testa. Corei de novo.

*Flashback Off*

 Ah Tae! Onde você ta agora? Nesse dia você foi meu herói, você sempre é, mesmo que talvez não se lembre de mim. Eu e Tae nos separamos há 2 anos atrás quando eu me mudei para Seul, sempre mantínhamos contato por mensagem mas chegou um dia em que eu mandei mensagem e ele nunca mais respondeu, e eu não sei o porquê, mas acho que Tae não quer nem saber de mim. Eu fiquei muito triste quando me afastei dele. Eu gostava muito do Taehyung, na verdade eu amava ele mas nunca lhe disse, e agora que não estamos juntos, acho que não vou puder lhe contar... Sinto falta do Taehyung comigo... Mas bem, agora eu tenho meu namorado Jimin, e meus amigos Hobi, Suga, Jin e Namjoon, que são como uma família, como irmãos para mim. E por falar em irmãos, eu tenho um, Jungkook, ele é um gato, se não fosse meu irmão eu pegava de jeito!

Volta, melhor amigo, volta Taehyung...

 


Notas Finais


Oioi leitores! Então gostaram desse capítulo? Espero bem que sim. Comentem o que acharam se quiserem florzinhas. Não sei quando sai próximo capítulo mas em breve estará aí!
Beijo no ombro turma e esperem os capítulos❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...