História I Like Me Better (O Casamento) - Kim Taehyung - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Bts, Casamento, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Taehyung, Rap Monster, Suga
Visualizações 13
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HOLA HOLA... estou aqui,deixando mais um capítulo.

espero que gostem e por favor muito amor para essa estória. espero que gostem. podem comentar que eu respondo...

muito obrigada por tudo,beijos

e Não se esqueçam de votar no MAMA,vamos recuperar tudo isso.


beijooos.

Capítulo 5 - I Like Me Better


 

Depois de ter passado um tempo no jardim,estava em meu quarto deitada sobre a cama e pronta para a viagem,eu ainda não tinha visto Kim Taehyung e não sabia como iria agir perto dele,afinal ele me carregou até o quarto na noite anterior.

Saindo dos meus pensamentos me levanto da cama e ando até onde estava minha mala a pegando.decido esperar lá em baixo na sala por ele,a mala é pequena então eu consigo carregar até a sala sem problema algum. Logo desço a escada,deixando a mala perto do sofá que estou,fico um tempo no sofá mexendo no celular,logo ouço a porta sendo fechada e já imagino quem seja,Taehyung.

 

Bom Dia Taehyung, - falo me levantado do sofá.

- Ah..Bom Dia Aurora. - faz uma breve reverência.

- Então vamos.- falo desviando do seu olhar,que por algum motivo seus olhos me causam uma hipnose.

- sim,eu levo sua mala. - disse mostrando um sorriso quadrado,que é encantador. Acabei sorrindo involuntariamente.

 

Assim seguimos caminho até o aeroporto. um pouco desconfortável está com ele, afinal,ele possui uma beleza extrema. Ele é o tipo de homem que deixa uma mulher constrangida com seu jeito de olhar. Fato é,não esperava casar com alguém tão bonito,até agora ele tem sido '' Bom'' comigo.

Mesmo sendo um casamento sem nossa vontade ele tem sido gentil,isso me deixa um pouco alegre,até me carregou e me colocou na cama,talvez ele seja um cavaleiro. Sou tirada dos meus pensamentos ao ouvir a voz grossa de Taehyung.

- Você esta bem?, parece perdida em seus pensamentos.- fala de forma curiosa e sem tirar olhos da estrada.

-sim estou, é bem...obrigada por ontem,você me carregou até o meu quarto,obrigada.- percebi seu rosto ficar um pouco vermelho com o meu agradecimento. Não poderia negar,ele com rosto vermelho fica adorável.

- Não foi nada demais,eu não poderia deixar você dormi no carro,você não acordava.

- Então a carreguei até o quarto.- falou dando um levo sorriso.

Silêncio caiu sobre nós,olhando pela janela do carro me veio a mente e ''se eu me apaixonasse por Taehyung'' dou um levo sorriso ao pensar sobre isso,seria impossível alguém se apaixonar por mim agora,ainda existe cicatrizes em meu coração.  

Pensar sobre isso me causa uma leve dor em meu coração, aquela garota sonhadora já se foi a um tempo. A questão era,eu seria capaz de me apaixonar novamente ou não,eu poderia superar a dor que o passado me causou,és a questão que me persegue.

Depois de tudo que havia acontecido há quatro anos atrás,estar em seul era difícil e em pouco tempo acabei me casando com Taehyung e além dá ordem de Oh Shin que eu deveria assumir a vice-presidência da empresa,mas a verdade que eu apenas queria fugir e me esconder de todos,no fundo ainda sou uma garota assustada por causa do passado. Sou tirada dos meus pensamentos pelo Taehyung que avisa que já tinhamos chegado no aeroporto internacional de incheon.

Dali em diante com cada um com sua mala seguimos para fazer o check-in. Enquanto Taehyung cuidava sobre as passagens no balcão do check-in.

Eu olhava para ele e notava o quanto ele era gentil com o atendente em sua frente,conversava de forma educada e gentil e além de se vestir bem, Taehyung usava uma roupa social de esporte fino, uma camisa cor de vinho,calça e sapato ambos de cor preto e uma bolsa da gucci.

Além de possuir uma aparência angelical ou algo parecido,dei uma leve risada ao perceber que ele me olhava curioso, continue olhando para ele sem dizer nada apenas mostrando um sorriso de leve. 

Seguimos até a sala de embarque, quando Tae pega firme em minha mão e olho para ele o questionando por tal gesto.

'' somos casados,lembra?''

Fala sorrindo e lado a lado de mãos dadas andando até a sala de embarque e no meio do caminho recebendo olhares de admiração de quem passava entre nós. Eu não estava acostumada a andar de mãos dadas e de certa forma é uma pouco desconfortável não que fosse ruim, segurar sua mão, que me passava segurança de alguma forma que eu mesma não conseguia definir.

Logo chegamos a sala de embarque e nós acomodamos em uma poltrona de couro de cor marfim e bem confortável. Perto de onde estamos,vejo um casal que realmente está apaixonado um pelo outro,a conversa deles parecia ser bem interessante ambos sorriam alegremente e os olhos deles brilhavam de amor um pelo outro. Aquele típico casal que vai se amar até o fim da vida.

 

O amor realmente um sentimento que possui esse poder de mudar alguém,transformar alguém para melhor,é algo incrível, eu ainda não achei a minha outra metade,como dizem '' minha alma gêmea''... sou interrompida dos meus pensamentos por Taehyung,ou melhor por Tae.

- Não é muito educado ficar olhando dessa forma,principalmente um casal. -falou enquanto bebia uma xícara de café.

- Não estava olhando para eles,apenas estava pensando e não percebi que olhava para a direção deles.- ajeitei minha postura na poltrona de cor marfim.

- Hum... você não sabe mentir, que péssima mentirosa.-deu um leve sorriso enquanto me encarava.

- AAISH...Você não me conhece,como pode dizer que não sei mentir. -olhei fixamente em seus olhos me aproximei de seu rosto. Quando percebi eu estava muito perto do seu rosto e um arrepio percorreu meu corpo, olhava para cada parte de seu rosto,meu olhar caiu sobre seus lábios e senti meu rosto queimar de vergonha.

'' Pedimos a todos os passageiros do voo KT2311 com destino para ilha jeju,embarque imediato.''

 

- Sabe,talvez eu conheça sim, você apenas não lembra...vamos já está na hora.- se afastou um pouco e pegou em minha mão segurando firme, assim andamos em direção até o avião em silêncio. Depois de achar nossos assentos no avião, o voo logo deu início.

“Talvez eu conheça sim, você apenas que não lembra”.

 

 

Suas palavras ficaram rodeando minha mente,como ele poderia me conhecer,dúvidas começavam a surgi em minha cabeça. Depois do acidente não me lembrava de muitas coisas e por sorte eu tinha alguns diários mas eu não escrevia todo dia então não ajudou tanto, Yang foi a que mais me ajudou sobre as minha memórias.

Mesmo se eu o conhecesse eu poderia ter tido um flash de memória na primeira vez que nós encontramos ou depois, o médico me avisou que as chances de ter todas as lembranças de volta é possível, porém eu também posso nunca mais lembrar.

   

Mas quando Taehyung falou '' Talvez eu conheça sim, você apenas não lembra''. Apenas senti um aperto em meu peito,uma angústia em meu coração,de um jeito ou outro aquilo me afeitou.

                                        Apenas espero que seja algo da minha cabeça.


Notas Finais


até logo,comentem se quiserem,irei responder.

bjs...

não esquece de votar no mama,é muito importante.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...