História I Like That - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Eren Jaeger, Levi Ackerman "Rivaille"
Tags Ereri, Riren, Sofrência
Exibições 321
Palavras 829
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


"Ah Min, mas n era uma one shot?"
Era, eu q comecei a criar umas ideias e escrevi esse bônus bem curtinho. Mas agora acabou mesmo.

Capítulo 2 - "I Don't Believe You" - Bônus


Fanfic / Fanfiction I Like That - Capítulo 2 - "I Don't Believe You" - Bônus

O moreno suspirou enquanto observava a folha de papel em branco que se encontrava apoiada na pequena mesa de madeira de sua sala de estar aconchegante. Estava com uma caneta em mãos, pronto para desabafar tudo o que estava preso dentro de si durante todos aqueles meses (quase dois anos) que conhecia Levi. A ideia parecia ser completamente inteligente há uns quinze minutos atrás, tempo exato em que havia retirado o papel da gaveta e pegado uma caneta. Tantas coisas rondaram sua mente naquela semana, mas agora simplesmente nada saía. Bem, hora de tentar a sorte. Eren começou à escrever com a mão trêmula, deixando todas as suas mágoas guardadas tomarem formas de letras.

"Caro Levi, eu nem sei se deveria começar à escrever assim já que você me disse uma vez que abominava clichês, então, vamos mudar um pouco...
Amor da minha vida,
   Eu acho que finalmente entendi, os homens são todos iguais. Eu realmente achei que você fosse mudar por mim, fui mesmo um idiota. 'Playboy', você era conhecido assim, ainda não acredito que me deixei levar.
Mas não se preocupe, eu irei ficar melhor sem você, isso é tudo que eu preciso. Então apenas vá tentar ter uma boa vida com todas as pessoas com quem flertou pelas minhas costas.
   Me deixe só e vá se embebedar de novo, conquistando todos com sua lábia irresistível. Eu preciso que você saia da minha vida, mesmo que isso nunca seja o suficiente. Porque eu sei, dentre todas as coisas, que você nunca foi, não é, e nunca será meu. Apesar de eu ser seu em todos os sentidos da palavra. Amar alguém, confiar em alguém... Nada disso será fácil por sua causa. Mas eu não te culpo ao todo, quem se apaixonou fui eu, quem quis um relacionamento fui eu, e quem saiu ferido fui eu. Mas só de lembrar de todos os momentos que passamos juntos, do tom doce da sua voz quando dizia que me amava... Eu sinto ódio. Ódio de mim mesmo por ter ignorado sua reputação e ter me aproximado, mas eu entendo o seu lado: você nunca estará satisfeito com uma só pessoa, nunca estará satisfeito só comigo, e eu ressinto a Deus por ter te conhecido.
   Mas, deixando o resto de lado, vou levar à tona o objetivo principal dessa carta: Eu vou me mudar para Los Angeles pela manhã, não é muito longe mas certamente irei me sentir melhor. Eu não quero ter que sofrer mais por sua causa, Levi. E se eu continuar aqui, só vou me afundar mais e mais nesse oceano que é você. Eu vou morar com a minha irmã, Mikasa, aquela que nunca gostou de você... Eu lembro do tanto de vezes que discuti com ela para te defender, e agora, vejo que ela estava certa esse tempo todo. Mas não me arrependo, eu ainda te amo com todas as minhas forças. Eu só sei que quando essa carta chegar até você, eu já estarei bem longe. Tenho uma leve impressão que você não se importará mesmo. Eu terei ido embora, você não pode me machucar mais.
                              Com amor (pois ainda não consigo te odiar) de seu, e somente seu, Eren."

   No dia da viagem, Eren passou cedo na casa de Levi, quando tinha certeza que ele estava dormindo. Passou a carta por debaixo da porta e se virou, rumando para dentro do táxi que o levaria até o aeroporto, sentiu um pequeno orgulho de si quando não olhou para trás, mesmo que à essa altura já tivesse derramado todas as lágrimas que podia.

   Quando Levi acordou, gostou da sensação de não ter ninguém ao seu lado na cama, assim como estranhou o fato, já que geralmente sempre dormia com alguém nas noites de sexta-feira. Aproveitando-se da situação, se levantou com toda a calma do mundo, fez sua higiene matinal e desceu para a cozinha para preparar o café. Murmurou uma música qualquer que gostava e se serviu com uma xícara do líquido quente recém feito. Somente quando passou pela sala novamente para voltar ao quarto, foi que percebeu um pedaço de papel jogado perto da porta de madeira branca, se abaixou para pegar o objeto, abrindo-o e lendo todo o conteúdo, dando alguns goles no café enquanto o fazia. Sua expressão neutra não mudou absolutamente nada enquanto passava olhos pelas letras alinhadamente escritas. Assim que terminou, deu um longo suspiro e encerrou o resto de sua bebida em um só gole. Levi queria poder dizer que amava Eren, que o queria por perto. Mas não sentia isso, o moreno para si era somente uma boa companhia, não o amava como namorado. Novamente, sentira ódio de suas atitudes, mas não podia evitar. Havia despedaçado tantos outros corações que não fazia diferença, apenas não podia evitar se sentir mal toda vez que acontecia.
   Por fim, colocou a carta delicadamente sobre a mesinha de centro e subiu para seu quarto, aonde planejava dormir o resto da tarde inteira.


Notas Finais


Eu sou uma pessoa horrível *canta*
Gente, é o que temos pra hoje, sinto muito se o final não agradou vocês (coisa bem possível), mas para quem não entendeu muito bem: Eren se apaixonou por um player (Levi) que só usava ele para sexo. No final, Eren se mudou porque sabia que ficar com Levi só lhe faria mal, e Levi não se importou, realmente.
Beijos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...