História I like you (Imagine Kim Namjoon) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Rap Monster
Exibições 44
Palavras 1.772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HELLO IT'S ME
Faz tempo? Mentira postei ontem, espero que goxtem pq eu to amando o Heejoon :3 ♡

Boa noite ^^

Capítulo 5 - Bônus Part. 4 Uma noona para dois hyungs


Fanfic / Fanfiction I like you (Imagine Kim Namjoon) - Capítulo 5 - Bônus Part. 4 Uma noona para dois hyungs

Eu e Heejoon não passeamos muito pela casa pois o pequeno se queixava de dor na perna, então não subimos pro segundo andar. Nos sentamos no sofá da sala e começamos a assitir um programa de variedade qualquer, o menor se deitou no meu colo e quando eu menos esperava o vi dormindo. Na minha opinião ele dorme demais, duas sonecas em um só dia? Eu achava que crianças da idade dele tivessem mais energia, mas não posso negar que é bom vê-lo dormir, assim como é bom ver o sunbae também.
Uns dois programas depois vi Namjoon entrar pela porta com duas bolsas, num sei pra quê se só preciso de um pijama e algumas roupas pro dia de amanhã.

- Eu não sabia o que trazer então coloquei umas roupas nessa e outras nessa. - Falou mexendo as bolsas. - Ele dormiu de novo? Mais cinco e ele supera o Yoongi. - O mais velho se aproximou e sentou do lado de Heejoon deixando as bolsas no chão.

- Está escurecendo, devo fazer o jantar? - Indaguei olhando para o mesmo.

- Eu vou colocar ele na cama de lá de cima, depois eu desço pra ajudar você. - Assenti e ele pegou Heejoon no braço e o levou para cima.
Eu não muito bem o que fazer, mas primeiro não poderia cozinhar do jeito que estava. Tirei blazer e fiz um coque no cabelo de uma maneira que nem um fio escapasse. Fui para cozinha que era separada da sala por um muro e procurei um avental, achei dois e peguei o maior, sei que ele deveria ficar pro Namjoon, mas esse vestido foi caro e eu não teria dinheiro pra comprar outro.

- Ele continua dormido... Esse avental não deveria ser meu? - Ele apontou pra mim após descer as escadas.

- Não quero sujar meu vestido, pode pegar o rosa alí. - Apontei pro avental pendurado e ele foi andando até o mesmo emburrado.
Abri o armário e tirei algumas coisas de lá, na geladeira não tinha nada que fosse rápido, então decidi fazer espaguete, não é um prato típico coreano nem nada, mas é uma coisa rápida e melhor do que comer lamen.
Peguei uma panela e uns molhos que tinha achado do armário e dei a Namjoon. Ele colocou tudo na panela e pegou uma colher.

- Vou ficar mexendo molho mesmo? - Indagou antes de ligar o fogo.

- E o que você quer? - Indaguei olhando para ele.

- Um beijo, faz muito tempo que não sinto o gosto do seus lábios. - Ele fez bico e colocou as mãos na minha cintura me puxando contra seu corpo.

- E desde quando meus lábios têm gosto? - Indaguei risonha.

- Da primeira vez que nos beijamos eles tinham. - Ele sorriu. - Se não me beijar agora eu vou te beijar, que se eu te beijar não paro mais.

- Vai mesmo fazer isso? - Sério Namjoon? De novo?
Ele assentiu e começou a contagem de um até dez e antes do número três eu o beijei.
Ele costuma fazer isso toda santa vez, da primeira vez eu deixei ele contar até dez e o resultado não foi bom, o beijo foi ótimo, mas... Ele não parou, literalmente. O mesmo aguenta ficar um bom tempo sem respirar, já eu não.
Após um tempo ele se afastou com selinhos e mordidas, os lábios dele me viciam assim como a voz me arrepia, mas eu precisava manter a atenção no jantar. Primeiro comida, depois pegação.

Ele começou a mexer o molho e eu a fazer o espaguete, minutos depois já estava tudo pronto, como a casa era pequena e não tinha sala de jantar, decidimos jantar na sala, na mesinha de centro da mesma.

- Heejoon ainda continua dormindo? - Indaguei após colocar o último prato na mesinha.

- Vou acorda-lo, desse jeito ele não dorme mais tarde. - Namjoon disse se virando para escada, mas parou antes.

- O que foi? - Fui até o mesmo e quando olhei para escada vi Heejoon sentado olhando para nós.

- A quanto tempo esta aí Joon? - O mais velho indagou.

- Não sei contar minutos. - Ele respondeu fitando o irmão.

- O que você viu? - Namjoon foi se aproximando mais do pequeno.

- O hyung abraçando a noona, eu queria saber, posso abraçar a noona também hyung? - Ele se levantou e desceu as escadas.

- Claro, vem. - O mais velho parecia aliviado.
Olhei para o pequeno que estava vindo em minha direção e me ajoelhei para abraça-lo.

- É bom abraçar você noona. - Ele sorriu e se afastou.

Sorri. - Esta com fome? - Indaguei colocando seu fios de cabelo para trás e ele assentiu. - Vamos comer então. - Peguei a mão dele e andamos alguns passos até a mesinha.
Namjoon se sentou de frente para o irmão e eu sentei no meio de ambos. O pequeno estava sempre a alegar que não sabia com usar um garfo e pedia para que eu o ensinasse, Namjoon não gostou nada da atitude do menor durante o dia e falava que ele estava tentando roubar sua namorada por ser fofo e jovem. Heejoon retrucava dizendo que sua noona deveria escolher alguém mais jovem e não um velho rabugento. Eu só fazia rir, afinal eles são irmãos, e querendo ou não Heejoon vê seu hyung como um exemplo que ele quer seguir.
Depois de comer eu e Namjoon fomos larvar a louça, e Heejoon ficara na sala brincando com dois bonecos que Namjoon havia trago na mala.

- Você gostou do Heejoon? - O mais velho indagou encostando as mãos na pia.

- Sim, ele é muito fofo, e querendo ou não me lembra você. - Sorri e desliguei a torneira colocando o último prato no escorredor.

- Sabe... - Ele me abraçou por trás e colocou o queixo no meu ombro. - Eu te observei durante o dia todo, quando você estava perto do Heejoon, parecia que era mãe dele.

- E o que te faz pensar isso? - Enxuguei minhas mãos.

- A forma que você trata ele, não parece ser seu cunhado e sim seu filho, no parque quando eu ganhei aquele urso branco pra ele, o cara que estava na banca do jogo disse que eu tinha uma linda esposa e um lindo filho. - Ele beijou meu pescoço.
Meu Deus aquela voz, acho que se ele fosse meu inimigo e amaria esse cara mesmo o odiando.

- Esta querendo dizer que quer ter uma família comigo? - Nessa hora eu tenho certeza de que tava parecendo um tomate daqueles bem maduros.

- É o que eu mais quero... - Ele sussurrou e selou meu pescoço novamente.

- Deveríamos nos casar então? - Eu sei que falei pra ele que não queria casar nova e tal, mas se eu não aceitar, provavelmente ele irá correr atrás de quem queira...

Ele me virou e me prensou contra a pia. - Não vou força-la a nada, apenas pense, não vamos ser jovens para sempre, e eu não quero mais esperar. - Ele me deu um beijo calmo e sem barulho para que Heejoon não ouvisse.
O garoto era bastante atento, mas naquele momento sua atenção foi totalmente focada para a televisão.
Antes de dormirmos eu tomei um banho e depois Namjoon deu um banho no irmão, o deixou comigo e foi tomar o seu.

- Noona. - Depois de um tempo me olhando ele resolveu falar.

- Sim? - Não o mirei pois estava vestindo o pijama nele.

- Você se casaria com o hyung? - Ele indagou me fazendo o olhar.

- Por que essa pergunta? - Continuei a abotoar seu pijama.

- O hyung sempre falou de você, disse que você era linda, gentil e carinhosa, e que queria muito se casar com você. Você se casaria com ele noona? - Voltou a indagar e eu demorei um pouco para responder.

- O que você acha? - Terminei de arruma-lo e enfim o olhei nos olhos.

- Se ele se casasse com você, quer dizer que eu a veria todos os dias, você cuidaria de mim e me colocaria pra dormir. - Ele respondeu sorridente. - Noona case-se com o hyung, por favor. - O mesmo juntou suas mãozinhas e eu assenti fazendo-o explodir, por assim dizer, de alegria e me abraçar.

- O que eu te disse sobre abraçar minha namorada? - Namjoon brotou na porta e entrou no quarto indo em direção do guarda-roupas.

- Eu que abracei ele Nammie. - Virei Heejoon e o sentei no meu colo o abraçando.

- Você não tem jeito. - Tapei os olhos do Heejoon e baixei a cabeça por que o senhor Kim Namjoon não tem vergonha de se trocar na frente dos outros.

- Podem abrir os olhos agora. - Levantei a cabeça e o vi sentado a nossa frente.
Cochichei um coisa no ouvido de Heejoon, ele assentiu, se despediu do irmão e saiu do quarto fechando a porta. - O que disse a ele? - Indagou confuso.

- Só dei boa noite. - Sorri e me inclinei em direção ao mesmo. - Queria passar um tempo com você. - Sorri e o beijei sendo retribuída logo em seguida.
Passamos um bom tempo trocando beijo e caricias até baterem na porta.

- Heejoon... - O mais velho saiu de cima de mim e foi abrir a porta.

- Hyung, estou com medo... - O mesmo abraçava um pequeno travesseiro e mantinha olhar amedrontado.

- Ei, tudo bem. - O mais velho o pegou no colo, fechou a porta e o trouxe para a cama. - Vai ficar tudo bem, hm? - O pequeno deitou-se entre mim e Namjoon e depois de seu hyung ter um curta conversa com ele o mesmo caiu no sono.

- Depois não reclame quando alguém falar que ele é seu filho. - Namjoon falou quebrando o silêncio estalado no cômodo.

- Não vou reclamar, vou me sentir lisonjeada. - Continuei a passar a mão dentre os fios de cabelo do menor.

Senti alguma coisa vibrar na cama e quando ia perguntar mirei Namjoon atender seu telefone.

- Alô? Por que? Quem contou? - Ele parecia surpreso e ao mesmo tempo preocupado. - Me esqueci de avisar para a empregada, tudo bem, boa noite. - Ele desligou e me fitou preocupado.

- Quem era? - Quem seria pra deixar o Namjoon assim?

- Kyunjoon, ele disse que minha mãe descobriu que estamos com o Heejoon, ela deve chegar aqui amanhã de manhã...


Notas Finais


Aaaaah o que será que vai acontecer??? O que a senhora Hyejung vai fazer? Num seiiii
Até o próximo meus brigadeirinhos ♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...