História I Love a Werewolf - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Aiden, Alan Deaton, Allison Argent, Bobby Finstock, Breaden, Chris Argent, Cora Hale, Derek Hale, Ethan, Isaac Lahey, Kira Yukimura, Lydia Martin, Malia Tate, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Theo Raeken
Tags Drama, Revelaçoes, Romance, Sobrenatural, Sterek, Teen Wolf, Yaoi
Visualizações 2.289
Palavras 1.202
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - I do not hate you.


Fanfic / Fanfiction I Love a Werewolf - Capítulo 5 - I do not hate you.

P.O.V Stiles 

- Bom dia, Lydia. - Sorri me sentando ao seu lado na arquibancada

- Hum... - Lydia soltou um som como se estivesse me analisando - Stiles feliz em plena manhã de treino para o jogo de Lacrosse? O que aconteceu? - Ela riu 

Depois dessa minha paixão pela Lydia passar, nos tornamos grandes amigos.

- Apenas tive uma noite boa. - Sorri e ajeitei meu uniforme.

- Dormiu com o Derek? - Ela riu novamente 

- O que o Scott anda lhe contando? 

Ela não conteve mais uma risada. 

- Nada, está na cara que você está gostando do Derek, e ele de você.

- Derek gostando de alguém? Conta outra. - Isaac se juntou a nós ajeitando seu taco do lacrosse 

- Você pegou a namorada de seu melhor amigo e ele continua falando com você, nada é impossível. - Lydia lhe olhou com um sorrisinho nos seus lábios carnudos e Isaac permaneceu calado.

- Heeeey, o Scott só tem um melhor amigo, que sou eu, ok? 

- Não mude de assunto Stiles, você gosta do Derek ou não? - Isaac perguntou dessa vez.

Pensei em negar mas eu sabia que ele iria saber, nem eu sei exatamente o que sinto pelo Derek. 

- Vamos jogar - Fugi da pergunta me levantando ao ouvir o apito do treinador 

Ele se levantou também 

- STILINSKI E LAHEY, ATRASADOS DE NOVO NÃO É MESMO? - O treinador  grita com a gente como de costume.

- Mas estávamos na arquibancada treinador - Isaac respondeu caminhando até o campo 

- Quando a arquibancada virar o campo, nos conversamos - Ele respondeu apitando aquele maldito apito mais uma vez.

- Seria legal ele se engasgar com esse apito. - Murmurei entredentes e Isaac riu

Scott chegou atrasado e recebeu logo uma bronca do Finstock.

- Ei! - Scott nos chamou antes de começarmos o treino - Não se esqueçam que daqui a 2 dias temos treinamento com o Derek e o Peter, eles prometeram nos ajudar.

- Ok. - Isaac assentiu - Irei falar com a Allison 

- A Lydia fala com o Aiden e eu com o Ethan. - Continuei

- Eu falo com a Kira - Scott  falou por último e assentimos

Depois que tudo isso aconteceu, depois de todos esses cara mal tentando acabar com nossas vida decidimos formar nos unir e fazer treinamentos com a ajuda do Hale, todos estão dentro. A gente se reúne 3 vezes na semana para treinar e passar o tempo...

Ouvimos mais um apito do treinador e então começamos o treino.

...

Parei meu Jipe em frente ao novo loft do Peter e do Derek e caminhei até a porta respirando fundo antes de bater. 

- O que faz aqui Stiles? - Peter me deu um susto abrindo a porta me fazendo xingar mentalmente.

- Por que vocês lobisomens gostam tanto de me assustar?

- Você ficou ai parado por 1 minuto, estranhei... - ele falou - ... Mas não devo me importar, e nem me importo, você é estranho.  - Completou me fazendo revirar os olhos 

Antes de alguma resposta a voz do Derek me chamou a atenção 

- Stiles? - lhe olhei - O que faz aqui?

- Oi, Derek - acenei ignorando seu tio que deu de ombros e foi se sentar - Queria falar com você, será que podemos? 

- Sim, venha. - Derek respondeu subindo as escadas e lhe segui 

Cheguei em seu quarto que é bem bagunçadinho. 

Sua cama está desarrumada e tem algumas roupas espalhadas pelo chão 

- O que quer falar comigo? - Perguntou se sentando na cama

- É... bem... eu queria... queria que me explicasse o que aconteceu ontem.

- Qual parte?

- Aquela que você invadiu minha casa em plena madrugada, se importou com meus pesadelos, me abraçou e "dormiu" comigo pela segunda vez, sabe... isso não acontece comigo toda noite.

Percebi que ele estranhou de eu não ter falado sobre o "beijo", mas eu não quero tocar no assunto, mesmo querendo uma explicação

- Não quero falar sobre isso. - Derek respondeu depois de alguns segundos sendo o Derek objetivo de sempre.

- Ah que droga, Derek. - bufei alto - Você quer me deixar louco? Me confundir? É isso? Pois saiba que esta funcionando.

Ele apenas me olha, em silêncio.

- Já não basta eu acabar de saber que sou gay e estou gostando de você? 

Tapei minha boca com minhas próprias mãos ao ouvir o que eu tinha acabado de falar. 

Ele me olhou surpreso 

- Você é gay? - Derek continua a me olhando-me surpreso.

- Não, eu não sou gay - Neguei e ele sabe que é mentira - Eu só gosto de um lobisomem ranzinza, mal humorado, ex-alpha que me acha um magricela, indefeso que chora por pesadelos e me odeia. 

Cruzei meus braços e encarei o chão 

- Se está falando de mim... eu não te odeio. - Senti ele se aproximar e sua mão tocar meu braço - Eu não sei distinguir o que sinto por você, por um garoto magricela que esta me confundindo e me enlouquecendo.

Lhe olhei e senti meu celular tocar no bolso da minha calça

- Droga Scott - murmurei ao ver que era ele

Atendi 

- Se você me ligou para novamente me falar sobre... - Ele me interrompeu

- Stiles, você precisa vim aqui agora. - Scott falou com um tom de desespero - É o seu pai... ele.... ele está ferido, não sei o que aconteceu, ele está sangrando muito.

- Meu pai? - Senti tudo em minha volta parar - Me fala onde você esta.

- Estou no hospital, minha mãe já está aqui. Mas vem rápido por favor. 

- Já estou indo. - Avisei desligando e olhei para Derek - Eu... preciso realmente ir

- Está tudo bem, boa sorte com seu pai. 

Assenti e sai dali as pressas.

P.O.V Derek 

Desci até a sala depois de um tempo que o Stiles saiu e encontrei o Peter como sempre largado no sofá.

- Como você conseguiu se apaixonar pelo Stiles? - ele perguntou ao sentir minha presença

- Eu não estou apaixonado pelo Stiles, é como você disse, é coisas ligadas ao meu período.

- Você não entendeu nada não é mesmo? - Ele continua de olhos fechados - O ''período frágil" dos lobisomens não engana os lobos nem cria coisas na cabeça deles, o período apenas te deixa vulnerável a tudo, te faz enxergar o que você não quer, como essa coisa pelo Stiles.

Continuei a encara-lo, pensativo.

- Mesmo assim, não estou apaixonado pelo Stiles

- Claro que não - Ele se sentou - O Stiles é mesmo irresistível. Aqueles lábios rosados, voz... corpo.

Eu poucos segundos eu já estava lhe sufocando pelo pescoço com minhas garras 

- Nunca mais ouse... - Não terminei já deixando entendido 

Peter me olha com seu sorriso típico e então lhe soltei aos poucos e meu rosto e minhas garras foram voltando ao normal .

- Eu não sei o que sinto por ele, ok?

- Eu conheço como perda de tempo, mas chamam de amor. - Peter respondeu pegando seu notebook e subiu para seu quarto.

Amor...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...