História I Love Her Anyway - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrienette, Ladrien, Ladynoir, Marichat
Exibições 208
Palavras 1.407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente como alguns de vocês sabem eu estava passando por uma situação difícil em casa, mas graças a Deus tudo está sendo resolvido então eu resolvi terminar logo o capítulo 6 e postar. Espero que gostem e me perdoem se está chato ou sem romance mais eu vou tratar de colocar tais coisas no próximo capítulo.

Agora não vou mais tomar o tempo de vocês, boa leitura...

Capítulo 6 - Segredos


Depois do comentário "inocente" feito por Alya, a azulada sentia os períodos das aulas arrastarem-se lentamente porém a mesma não prestava atenção alguma pois, tudo o que conseguia pensar era na visita de Chat Noir na noite passada.

– Ai...– Ela resmunga enquanto batia as unhas na mesa como um jeito de ver se afastava a inquietação que estava tomando conta de si, a mestiça fecha os olhos e respira fundo puxando o máximo de ar que conseguia – Humpf! – Marinette sente uma mão ficar sobre a sua e toma um susto ao ver de quem se tratava.

– Tem algo te incomodando ? – O loiro pergunta olhando nos olhos azuis de Marinette, deixando a mesma levemente ruborizada – Se quiser podemos conversar mais tarde e você me conta o que te incomoda...– Adrien diz com seu jeito doce e fofo de sempre,  provocando certa desconfiança em Alya e Nino.

– Não tem problema...não..., quero dizer, e-eu adoraria sair com você não não espera aí não foi isso...– A azulada sentia suas bochechas ficarem mais ruborizadas do que nunca, Adrien Agreste estava lhe chamando para sair, ou pelo menos era isso que estava se passando por sua mente no momento – O que eu quis dizer...– Ela respira fundo e consegue desviar o olhar da conecção que havia tido com o Agreste.

Adrien se vira novamente para a frente e vê que a professora já havia entrado na sala. Depois da Professora Bustier dar os conteúdos, ela diz que precisa dar um aviso.

– Então alunos depois do horário de almoço, quero que as duplas se apresentem e digam tudo o que aprenderam sobre seus parceiros – Alguns alunos mostraram-se apreensivos com o assunto e outros sorriam sem se preocupar, o sinal toca e os jovens começam a guardar os materiais – Estão liberados...– Adrien, Alya, Marinette e Nino marcam de se encontrar no parque daqui a vinte minutos.

– Marinette tem certeza que quer fazer isso ? – A pequena Kwami indagou com medo de que tal decisão tomada por sua amiga pudesse causar algum tipo de confusão – Só quero o seu bem...e você sabe disso...– A azulada encara a kwami discretamente e balança a cabeça confirmando sua decisão.

A dupla escuta o freio de um carro bem próximo a elas e quando buscam o causador de tal som vêem Alya parada na frente de um carro e logo atrás de si um velho chinês que não era estranho para Marinette, e estava mais para um velho conhecido de Tikki.

– Alya! – Marinette corre de encontro a amiga cuja estava ajudando o senhor chinês a se levantar – Está tudo bem com vocês ?

– Muito obrigada por sua ajuda ,minha jovem – Fu agradece a morena que sorri gentilmente e acena para a azulada, voltando a caminhar como se nada tivesse acontecido – O que acha Wayzz ? – O kwami verde sai da camisa havaiana que o velho chinês usava e sorri em aprovação a pergunta de seu mestre.

– Tudo bem Alya ? – Marinette põe a mão no ombro da amiga e ambas voltam a caminhar, Alya diz que "sim" – Que bom amiga fiquei preocupada com você – A morena começa a rir.

– Relaxa amiga, eu estou inteira está vendo ? – Ela rodopia e abre os braços – Calma, não falta nada tudo bem agora ? – A mestiça sorri e ambas entram na padaria sorrindo.

– Olá meninas...– Os pais da azulada cumprimentam as adolescentes animados.

– Oi, vamos Alya...– A mestiça pega no pulso da morena e à conduz para o quarto.

– O que é tão importante para que você precise me arrastar com tanta pressa para seu quarto ? – A morena observa o rosto da amiga começar a ganhar traços de preocupação e medo ao mesmo tempo – Ehm ? Fala Marinette....– A azulada respira fundo e toma coragem para falar.

– Sabe...eu...eu– Os pensamentos da azulada estavam a mil, em partes queria contar para a amiga mais tinha medo de torna-la um fácil alvo dos vilões akumatizados – Preciso que me ajude a escolher uma roupa para o baile – A morena riu descontraída convencida que esse era o real motivo da aflição da amiga.

– Ai Marinette, que susto que você me deu – Alya começa a folhear as páginas do bloco de desenho da amiga e acha um vestido lindo – Que tal você tornar esse projeto realidade amiga ? – Marinette se aproxima do bloco de desenho e sorri era só ir comprar o tecido e seu simples vestido iria ser sua roupa de gala.

*

Nino estava chocado com o que Adrien havia acabado de lhe contar, tal coisa nunca havia passado pela cabeça do moreno.

– Não acredito nisso...cara como assim...eu...eu – O moreno leva as mãos ao topo do cabeça e solta um longo suspiro – Meu parceiro, meu mano, meu melhor amigo é o...

Chat Noir ?! Sim, ele sou eu – Nino se joga na cama e observa o teto – Só não te contei antes porque tinha medo de por você ou qualquer outro dos meus amigos em perigo e eu até tenho um Kwami...– A expressão de completa confusão estava aparente nas feições do moreno e uma risada com tom mediano foi ouvida.

– Plagg, prazer em conhecer e muito bem garoto ignorou a regra número um que eu citei quando me tornei seu kwami – Adrien coçou a nuca envergonhado e deu um meio sorriso para o amigo – Porém eu não poderia te impedir de contar a alguém mesmo – O kwami negro flutuou até seu amado camembert e devorou um pedaço inteiro.

– Então esse era o motivo dos atrasos constantes, das partes do corpo doloridas sem explicação, olheiras e os longos suspiros apaixonados quando a Alya falava da Ladybug...opa espera um segundo – Nino fórmula uma tese de quem pode ser a Ladybug porém ela voa pelos ares quando cojita que tal ideia pode ser impossível, mas também achava completamente impossível que Chat Noir fosse alguém tão próximo de si – Esquece era apenas uma ideia boba, mais agora me conta como ganhou seu miraculous ? – O loiro sorri e começa a contar quando viu a caixa contendo seu anel sob sua mesa no que deveria ser seu primeiro dia de aula, mais foi melhor do que isso.

Vinte minutos se passam e os jovens saiam das casas aonde estavam e se dirijiam ao parque, e pelo o local ser mais próximo a casa de Marinette ambas as meninas já estavam a um bom tempo conversando.

– Ai como esses meninos demoram – Alya reclamou; Estava anciosa para coletar mais informações a respeito de seu namorado, mas também queria ir a loja de tecidos com Marinette para comprarem tudo o que queriam e necessitavam – Bom, Marinette voltando ao foco quero que você faça meu vestido no meu estilo e como você me conhece bem tenho certeza que vai ser demais – O olhar da morena se fixa em algo atrás da azulada e Marinette sabia ele estava atrás de si se aproximando a passos lentos, seu coração acelera ela tenta ao máximo manter a calma por tal motivo não se vira.

– Oi Marinette – O loiro põe a mão no ombro da amiga e com aquele simples toque sente a tensão nos músculos da mesma; Adrien caminha até ficar de frente para Marinette.

– Mano não quero ser grosso mais...será que vocês se importam se eu sair com a Alya para continuarmos o trabalho? – O Agreste sorri gentilmente e dá de ombros – Ta bom....então e você Marinette concorda ? – Marinette balança a cabeça tão rápido que chega a ficar com dor.

– Tchau amiga...– Alya acena antes de sair junto com o namorado – Você é muito espertinho sabia ? – O moreno solta uma risada macia e concorda.

– Então Marinette o que quer saber ?
Adrien e Marinette ficaram conversando sobre tudo o que gostavam e odiavam, até que uma palavra veio a cabeça do loiro Segredos. Ele estava doido para saber qual era o segredo que a Mestiça escondia.

– Qual é o seu segredo em princesa ? – Os olhos azuis de Marinette desviam para todos os lados, sua linguagem corporal mostrava que tinha um grande segredo escondido e Adrien estava disposto a descobrir.


Notas Finais


Será que a Mari vai revelar seu maior segredo ao amor de sua vida ? Ou manterá o mesmo guardado a sete chaves ?

Espero vocês no próximo capítulo. Kisses de Morango ♡ até a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...