História I Love My Idol! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Exibições 10
Palavras 1.427
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


《Boa Leitura》

Capítulo 1 - I'm Justin Drew Bieber!


London Canadá 01 de março de 2009

10h da manhã

-Pv Justin Bieber-


Ja estava acordado e ja arrumado pra ir ao colégio,terminei meu café e puxei minha mochila saindo de casa com meu skate em maos,coloquei meus fones de ouvido e me desliguei enquanto corria contra o tempo até a escola para fazer a maldita prova de História,justo no dia de meu aniversário o maldito professor lasca uma prova dessas e pra completa estou atrasado,rodei a madrugada compondo minhas musicas,na qual eu sei que um dia iram fazer maior sucesso.

Vou contar para voces um pouco de mim.Bem,sou Justin Drew Bieber,hoje estou completando 15 anos,três anos que meu pai conseguiu minha guarda na justiça,e fasendo com que eu nao visse mais minha mae,ela se chama Pattie e meu pai Jeremy,minha mae mora com uma amiga em Atlanta atualmente e meu pai?Era pra estar comigo,o que aconteceu?Esta preso,ja vai fazer exatamente dois meses.Voce deve estar se perguntando e eu,como fica?Eu sei me vira,so um jovem prendado,meu pai ensino tudo que eu preciso saber,mais nao estava na lista que eu teria que cuidar de suas sujeiras enquanto ele tenta se livrar das garras da justiça.Em um belo resumo,sou filho de um gangster,"tenso",pois tenho medo que a policia venha atras de min e me leva em cana tambem e acaba com eu sonho na qual eu nen consegui chegar perto,mais eu sei,eu sinto que vou conseguir o que tanto quero,e ajuda minha mae e tira meu pai de tras das grades,falando nisso,depois da aula tenho que ir visita-lo e ter uma conversa seria com o mesmo...

Cheguei na escola,passei na diretoria para deixar o skate e fui para sala de aula,cheguei na mesma o professor terminava de entregar as provas,suspirei aliviado e ele permitiu minha entrada.

-proxima fica pra fora bieber-disse serio e assenti-olho em sua prova,torceu o pescoço do ZERO na hora,boa prova.

Ele disse e se sento em sua mesa e pos a observa todo nós.Eu estava tenso,mais eu nao estudei a toa,tem algo bom para se fazer aqui e vo consegui.Duas aulas seguidas de pura adrenalina,mais consegui,em fim,na hora do recreio fiquei na lanchonete escrevendo algumas letras ate derramarem suco nas minhas folhas,me levantei rapido pois havia me molhado,olhei e nao pude deixar de serra os puço,Evan e seus merdinhas.

-escrevendo no diario bieber?-zombo e comecaram a rir-que foi?Vai chorar?Vai correr para o papai?-ele se aproximo sem tira o sacarsmo do rosto-esqueci,ele esta preso,nao pode fazer nada.

Perdi a paciencia e parti pra cima dele,mais foi em vao,era um contra quatro,apanhei feio e ainda perdi minhas folhas que continha as letras das musicas,gruni de dor e ouvi o sinal bater,passo tao rapido o tempo,tentei me levantar mais foi em vao.Olhei para o lado e vi dois pares de pés,calsando all Stars surrados e uma calça jeans rasgadas,olhei pra cima e vi Cherie,a garota nerd do colegio,ela era ate que legualzinha,mais nao tinha tanta aproximidade dela.A vi recolher as folhas encharcadas e deixa-las na mesa,ela veio ate min e me ajudou a se levantar e a sentar-se no banco...

-vai fica tudo bem-ela sussurro com sua voz meiga e isso me irritou.

-NAO...-gritei e ela estremeceu se afastando-nao vai ficar bem,olha o que aconteceu,pensa,voce e tao...tao...-nao tinha palavras pra descreve-la,ela era muito delicada e inocente-desculpa cherie,mais nao da,desculpa...

Peguei as folhas e sai dali o mais rapido possivel,as taquei no lixo e fui ate a sala,aproveitei que todos estavam na aula de educacao fisica e peguei minha bolsa indo ate a diretoria,peguei meu skate e sai da escola sem que ninguem me vice.

Chegando na porta da delegacia,empurrei a mesma e adentrei o local,na qual me dava arrepios,deixei meu skate junto da bolsa de lado e caminhei ate um senhor que ali atendia...

-bom dia,com licenca-disse e ele me olhou assentindo-sou Justin Bieber filho de...-ele me interompeu.

-de Jeremy Bieber!Ele aviso de sua visita,venha,me acompanhe rapazinho.

O segui por um longo corredor extenso ate uma sala na qual familiares se sentvam em uma cadeira e a frente deles se sentava a pessoa desejada,e os que lhe separava era um vidro e um telefone ao lado,me sentei e ele pediu para min aguardar e assim eu fiz...

-justin,filho!-meu pai se sentou rapido e tocou o vidro me olhando e pego o telefone-como esta?Tudo bem?E em casa?No colegio?As provas?Tudo em cima?-soltou uma pergunta em cima da outra.

-esta tudo em seus conformes.

-e pelo galpao?-sussurrou.

-esta tudo certo-sorri sem animo.

-certo,agora so falta mais um roubo e pronto e...justin filho,o que hove?

-pai eu nao quero fazer isto!-abaixei a cabeca e ele me olhou confuso.

-o que justin?

-nao quero roubar...quero parar com isso,quero segui meu sonho de forma correta e te tiar dai o mais...

-NAO...se voce jogar tudo pro ar nesse exato momento,vai esta cometendo um erro.

-pai,eu nao quero fazer mais isso,alias,voce ate esqueceu de meu aniversario.

-filho me perdoa,mais é que esta tudo tao confuso.

-Pai!Eu não quero fazer parte da sua máfia,eu quero ser cantor quero ser famoso-eu disse falando no telefone olhando em seus olhos,e o que nos separava era apenas o vidro.

-que desgosto...como pude ter um filho como você?-ele se levantou e saiu dali sem dizer uma so palavra.

-PAI!EU IREI LHE TIRAR DA PRISÃO...É UMA PROMESSA...

Sem me deixar prosseguir saiu,e sai tambem daquele lugar.O tempo estava escuro,logo comecaria a chover e eu teria que estar em casa o mais rapido possivel.Nao demorou muito e logo estava na mesma,tirei minha Roupa e tomei um banho calmo.Assim que terminei o mesmo fui ate a cozinha prepara algo para comer,mais fui impedido pelo telefone tocando...

-alô?

-alô?Com quem falo?

-justin Bieber e com quem eu falo?

-aqui é Scooter Braun,Em 2007 vi umas apresentaçõescovers no YouTube,mais vamos ao ponto Bieber,topa de ir para Atlanta, Geórgia, para conversar com Usher?-ele dizia tudo com a maior calma do mundo,eu sonhei com isso a tanto tempo e agora esta aqui,em minhas maos,uma GRANDE CHANCE,mais eu tenho que pensar com calma.

-eu nao sei o que dizer!-foi tudo que eu consegui falar.

-nao precisa dar a resposta agora justin,ate amanha a noite preciso de sua resposta ok?

-claro,ok,

-ligue para o numero que irei lhe passar-o mais rapido possivel peguei caneta e papel e anotei cada ndetalhe-bem entao esta tudo certo,ate amanha Justin.

Ele desligou e eu nao conseguia processar no que havia acabado de acontecer,me sentei no sofa e passei a mao no rosto,e so foi cair a fixa que Scooter Braun me notou,quando eu peguei o papel com seu numero..

-CARALHO EU CONSEGUI...

Sim,eu estou feliz,mais tenho que dar a resposta ate amanha para pensarcom calma cada detalhe e vou conseguir,vou seguir meu sonho e realizar sonhos...

Na manha seguinte eu acordei ate bem melhor,animado e confiante,peguei minha mochila e fui saindo de casa mais fui barrado por Biil e Smith,confidentes de meu pai.

-desculpa,mais preciso ir a escola-disse mais eles me empurraram pra dentro da casa novamente.

-temos negocios a se tratar-bill disse e o encarei-a chefia nao conto?-neguei-em cinco minutos temos um assalto a um banco,entao larga essa mochila e vamos.

-eu nao irei,ja conversei com meu pai,pra min ja chega disso tudo.

-nao acaba ate a hora que ele dizer que acabou-aponto uma arma e gelei-larga a mochila e vamos agora.

Assenti e deixei a mochila de lado e saimos de casa,entrei no carro e eles partiram para o lugar marcado,eu nao queria fazer isso,mais me obrigaram e meu pai de certo,fugiria da cadeia pra me matar,coloquei um bone e um oculos escuro e descemos do carro...

-voce da o sinal.

Smith disse e assenti,me encostei no muro e fiquei olhando o movimento,de longe vi Cherie,ela...ela estava linda,nao estava com calça jeans e seus all stars surrados,fiquei a observando em cada passo e varias coisas passaram por minha cabeça,mais com ela,era dificil ter malicia,sua pureza me impedia disso...Ouvi um estrondo e sirenes tocar...

-EU AVISEI PRA TU,DA A MERDA DO SINAL.

Bill disse e fiquei perdido que nen cego e tiroteio,entramos no carro e ele saiu cantando pneu,olhei pra tras e vi cherie e logo atras de nois a policia,ferro.

Smith dirigia como se nao ouvesse semafaro e bill cheirava as verdinhas,fiquei desesperado se me pegarem,ja era tudo.

-vamos te deixa na esquina da tua casa depois disso,voce se vira.

Assenti e ele acelero mais ainda,assim que eles pararam eu desci e eles sumiram do meu campo de visao,vi a policia voar pela rua atras dele e tirei o bone junto do oculos e correr para minha casa,assim que entrei na mesma tranquei tudo e corri para o meu quarto e ali fiquei trancado por um bom tempo.

Acordei com o barulho dos trovoes,olhei no relogio era 20h,lembrei da ligacao para Scooter e corri ate a sala e peguei o telefone,sera que devo mesmo fazer isso?Sim bieber,uma nova vida,uma nova historia,digitei o numero e comeco a chamar.

-alo?

-alo?Scooter sou eu,Bieber.

-eai meu jovem,entao?O que procede?

-eu aceito ir para Atlanta.


CONTINUO?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...