História I Love The Sister Of My Friend - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 23
Palavras 406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Minha segunda fic ❣
Boa leitura 💙

Capítulo 1 - Apresentações


Fanfic / Fanfiction I Love The Sister Of My Friend - Capítulo 1 - Apresentações

                Apresentações

                          Elisa

Meu nome é Elisa, tenho dezessete anos e moro com meu irmão, Eduardo de vinte anos, desde que meus pais morreram há dois meses, assassinados depois de um assalto. Desde então, eu não sou mais a mesma. Deixei de sorrir, falar e socializar com a mesma frequência de antes. Me fechei pra tudo e todos, menos pro meu irmão (que cuida de mim como se fosse meu pai) e minhas duas amigas, Fernanda e a Camila. Por conta disso, eu tomo antidepressivos e às vezes tenho crises de choro. Eu não me corto, mas já pensei nisso milhares de vezes, assim como em suicídio, mas eu sei que isso não vai amenizar minha dor. Apesar de termos herdado a fortuna de nossos pais, Eduardo agora, é presidente da empresa deles (uma empresa de peças automotivas). Ele teve que largar a faculdade de engenharia, para cuidar dos negócios da família e... De mim... Eu me sinto culpada por isso e às vezes eu acho que sou um estorvo na vida do meu irmão, mesmo ele dizendo que não. Fora isso, eu não tenho muito o que falar de mim.

                         Arthur

Meu nome é Arthur, tenho vinte anos e desde os meus dezesseis anos, sou emancipado dos meus pais. Meu pai me batia sem motivos muitas e muitas vezes e minha mãe, me deixou passar fome e frio varias vezes. Eles já tentaram me matar três vezes, afogado, asfixiado e espancado. Ninguém nunca soube disso, pois eles me ameaçavam e me escondiam em casa até os hematomas sumirem. As marcas? Ninguém via, pois eles batiam durante as férias, para que ninguém visse. Eu nunca entendi o porquê disso e sempre me culpei por isso. Isso me amargurou muito e me tornou fechado e frio. Eu não me importo com os sentimentos dos outros e já me cortei inúmeras vezes. Não tentei suicídio, porquê eu não acho que eles mereçam minha morte. Ainda tenho muito o que viver, eu ainda serei um grande veterinário. Eu sou bolsista numa faculdade de medicina veterinária. Eu tenho poucos amigos, na verdade só dois, o Eduardo e Thiago. Nem eles sabem o que meus pais faziam comigo. Eu moro num apartamento alugado, mas não estou conseguindo manter as despesas, pois eu não trabalho. Eu já trabalhei em cinco empregos, mas todos me despediram e eu não sei a causa. Eu não tenho mais o que falar sobre mim, não sou interessante...


Notas Finais


Espero que tenham gostado 💙
Até o próximo cap :V


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...