História I Love The Sister Of My Friend - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 20
Palavras 1.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um cap \(^u^)/
Boa leitura 💙

Capítulo 2 - Que Garoto Estranho


Fanfic / Fanfiction I Love The Sister Of My Friend - Capítulo 2 - Que Garoto Estranho

                   ~ Arthur on ~

6:00

Acordo e vou pra cozinha. Pego o pó de café, açúcar e água e coloco na cafeteira. Ligo a mesma e vou tomar meu banho enquanto ela faz o café.
Fico uns vinte minutos no banho e saio. Me visto, penteio meu cabelo e vou pra cozinha.
O café já estava pronto, então pego uma xícara e despejo o líquido na mesma. Bebo meu café e vou escovar meus dentes.
Depois, pego meu caderno e canetas e saio à caminho da faculdade.

                 *Quebra de Tempo*

Chego e vou pra minha sala. A professora entra e a aula começa.
Hoje terei quatro aulas, então vou voltar pra casa mais cedo. Tipo umas dez e meia

                  ~ Arthur off ~

                   ~ Elisa on ~

6:10

Acordo com Eduardo me cutucando e gritando

- Levanta você vai se atrasar! - dizia ele

Levanto rapidamente e olho no visor do celular. Eu estava dez minutos atrasada, pode parecer pouco, mas eu sou muito enrolada e me distraio facilmente.

- Meu despertador não tocou! - digo indo em direção ao banheiro - Valeu Edu, se não fosse você, hoje eu não iria pra aula! - grito de dentro do banheiro, que fica no meu quarto
- De nada, vai rápido - diz ele indo embora e fechando a porta do quarto

Ligo o chuveiro e tiro meu pijama enquanto o mesmo esquenta.
Entro no box e começo a me banhar. Depois de uns vinte minutos, saio e me seco. Visto meu uniforme, penteio o cabelo e calço um converse cinza.
Meu uniforme é uma camiseta branca com um pequeno o logo da escola no lado esquerdo, uma legging vinho e uma blusa de frio vinho com branco.
Desço pra cozinha, onde Eduardo havia feito café. Na mesa havia pão, bolo, frios, bolachas (N//A: é bolacha), café e suco.
Comi de tudo um pouco, e subi pra escovar meus dentes. Olho no visor do celular e eram dez pra sete, então desci a escada como louca

- Edu, já são dez pra sete, vamos! - digo indo até a garagem e ele me acompanha
- Vamos - ele abre o carro e entramos

Sempre que pode, meu irmão me leva pra escola.

              *Quebra de Tempo*

Chego e vou correndo pra minha sala. Me sento e tento recuperar meu fôlego, enquanto me preparo psicologicamente pra tortura chamada "começar mais um dia". Fernanda senta atrás de mim e Camila, à minha frente.

- Bom dia - diz as duas com um sorriso
- Bom pra quem? - digo fria, mas elas já estão acostumadas com isso.

Cruzo meus braços e olho pra janela, que é onde eu sento. (N//A: n, vc senta na cadeira) A professora chega e a aula ou melhor, a tortura começa.
Desde que meus pais morreram, minhas notas têm sido péssimas e eu não consigo me concentrar. Eu era uma boa aluna, com notas exemplares, mas... Por quê eu estou deixando isso me consumir? Eu sou fraca...
O sinal bate, me tirando dos meu devaneios. Vou pro pátio com Fernanda e Camila. Elas conversam, riem e tentam me animar, mas eu não vejo graça e animação em nada.

                 *Quebra de Tempo*

O resto das aulas foram a mesma chatice de sempre.
O sinal da saída bate, me despeço de Fernanda e Camila e vou embora.
Chegando em casa, jogo minha mochila no sofá e vou pro meu quarto me trocar.
Visto um shorts preto e uma regata cinza.
Desço e vou pra cozinha, almoçar. Faço um macarrão rápido e como. Depois vou pra sala assistir alguma coisa.
Assim que eu sento no sofá alguém bate na porta

- Já vai - digo me levantando e indo em direção a porta

Assim que abro, dou de cara com um garoto alto, de cabelos e olhos negros

- Em que posso ajudar? - digo tentando ser simpática
- É... O Eduardo está? - pergunta ele me olhando
- Não, ele tá trabalhando - digo simples
- Você deve ser a irmã dele, Elisa né? - digo que "sim" com a cabeça - você sabe que horas ele chega?
- Umas nove, dez horas - respondo
- Ah, fala pra ele que eu quero falar com ele, por favor? - diz passando a mão na nuca, parecendo desconfortável com algo
- Falo, mas qual é o seu nome?
- Arthur - responde com um sorriso, o qual eu não retribuo
- Só isso? - digo sem interesse, pra não render assunto
- É sim. Tchau e obrigado - dá mais um sorriso e eu não retribuo novamente. Ele cora - É... Eu vou indo - diz se virando e indo embora
- Tá, tchau e de nada - digo fechando a porta

"Que garoto estranho" - penso voltando ao sofá pra assistir televisão

                   ~ Elisa off ~

                 ~ Arthur on ~

No caminho de volta pra casa, começo a pensar naquela garota... Ela me deixou completamente sem graça, mas... Por quê? Ela é bonita e tal, mas eu não entendo o porquê desse desconforto.
Ela tem longos cabelos pretos lisos e olhos cor mel e na verdade, nem sei porquê eu reparei nisso...
Chego em casa e me jogo na cama. Mas, logo levanto e dou uma revisada no caderno pra poder entender melhor o conteúdo da aula.
Depois de duas horas e meia estudando, vou na cozinha e como dois pedaços de pizza da noite passada. Resolvo dormir um pouco, afinal estudar é muito cansativo. Me deito e durmo como uma pedra.

18:00

Acordo assustado e vejo as horas no visor do celular. Eram seis horas, então tomei um banho e fui assistir televisão.
Depois um tempo, pego meu celular e abro o Facebook. Fico mexendo no mesmo por um tempo (tipo duas horas) e sinto fome.
Vou pra cozinha e faço um miojo. Como e volto pra sala, pra ver mais TV. Recebo uma mensagem no celular. Era Eduardo. Olho as horas no visor do celular e eram dez e quinze.

|Oi pode falar|

                 |Pode ser pessoalmente?|

|Tá, mas eu só tô em|
|casa no domingo     |

                      |OK domingo eu vou aí|

|OK, até lá tchau|

                                           |Até, tchau|

Por ser dez horas, resolvo ir dormir, amanhã eu irei acordar cedo pra ir pra faculdade.
Visto meu pijama e logo durmo (Sim eu estava com sono).


Notas Finais


Espero que tenham gostado 💙
Saiu o novo cap da minha outra fic I Need You \(^u^)/
Aqui o link:
https://spiritfanfics.com/historia/i-need-you-6632174
Até o próximo cap :V


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...