História I Love Two Boys Is Good? - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jay Park
Personagens Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alcoolismo, Bts, Depressão, Drama, Drogas, Hentai, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Romance, Suga, Suícidio
Visualizações 11
Palavras 1.665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Ele avisou, eu não escutei.


Segunda, 24 de maio de 2009

Oi Diário. Meu dia não foi dos melhores, e nem dos piores, vou te contar como foi.

   

   Eu acordei de madrugada, acho que uma das manhã, com meu celular tocando. 

Ligação ON:

S/N: Alô quem fala?

Nm: Sou eu meu amor. Tudo bem?

S/n: Tudo sim meu amor. E com você e os meninos?

Nm: Até que estamos bem... Fora o Yoongi.

S/n: O que aconteceu com ele?

Nm: Ele é a Michelle terminaram.

S/n: O QUE? - Não grita anta, o Jay pode vir aqui. - Por que?

Nm: Ele descobriu que ela estava usando ele para fazer ciumes em outro garoto. 

S/n: Eu falei pra ele que ela não era de confiança, mais ele não me escuta... Como era legal descobriu?

Nm: Foi só chegar na escola que ele escutou ela conversando com umas amigas dela sobre isso, mais não quis acreditar. E não o intervalo, viu ela se agarrando com o tal garoto. Parece um o nome dele é Taylor.

S/n: Se ele tivesse me escutado, não estaria na Bad. Foi quando isso?

Nm: Hoje mesmo.

S/n: Nossa em.

Nm: Você tá morando aonde? 

S/n: Na casa de um menino chamado Jay Park... Vou trabalhar na mesma empresa que ele.

Nm: JAY PARK?

S/n: Sim amor. Algum problema?

Nm: Só se afasta dele, vai morar em outro lugar e trabalhar em outro lugar também. Se afasta dele o mais rápido possível.

S/n: Por que Joonie? Parece até que ele é um assassino ou um drogado. - Falei em modo de brincadeira. 

Nm: Não posso falar minha linda... Só se afasta dele. Bom dia para você princesa. Em julho vamos te visitar.

S/n: Tudo bem Nam. Boa tarde a você. - Falei sorrindo. 

Ligação OFF


   Eu achei estranho o Nam. Mandar eu me afastar do Jay? Por que isso? Isso é muito estranho. 

   Logo depois disso, eu me deitei novamente, mais não consegui dormir com aqueles pensamentos. Por que ele quer isso? Jay e tão legal e fofo.

----QDT----

   Depois daquela ligação do Nam, eu não dormi de jeito nenhum. Meus olhos só se fechavam para piscar mesmo.

   Eu me levantava o tempo todo para ir no banheiro, lavava meu rosto e me deitava, não dormia de jeito nenhum. (Sempre que não consigo dormir, lavo o rosto e o sono vem).

  - S/N. - Escuto batendo na porta. Era seis e meia da manhã. 

  - Pode entrar. - Disse me sentando na cama.

  - Tomé banho, se arrume e desça para tomar café. - Disse Jay logo que abriu a porta. - Pois logo depois vamos na empresa, para ver em que local você vai trabalhar.

  Eu só concordo e ele sai do quarto. Eu me levanto e vou ver uma roupa para usar. Escolhi uma calça jeans azul escuro e uma blusa preta, de sapato, minha sapatilha preta. Logo vou ao banheiro, tomo meu banho e logo me visto. Arrumo meu cabelo em um rabo de cavalo e uma maquiagem simples. 

   Logo eu vou até a cozinha, e lá encontro uma senhora, não muito velha e nem muito nova.

   - Bom dia! - Disse logo que entro na cozinha.

   - Bom dia! - Ela disse com um sorriso no rosto. - Qual seu nome?

   - S/N. - Disse me sentando. - E o seu?

  - Sou Maria. Prazer em conhecer. - disse sorriso. 

   - Vejo que já conheceu Maria. - Disse Jay entrando na cozinha. - A S/N ficará aqui em casa por algum tempo Maria. - Disse colocando as mãos em meus ombros. - Tudo bem para você?

   Ela só assentiu e voltou a fazer o café. 

   Depois de mais uns minutos, o café estava na mesa. Jay e eu nos sentamos eu começamos a comer.

   - Então Jay. Como é lá na empresa? - Disse depois de dar um goleiro o café. 

   - E bem interessante... Mais não sei se você vai gostar. - Ele disse. "Parece nervoso", pensei.

  - Por que eu não gostaria? - Disse curiosa. 

   - Porque... - Somos interrompidos pelo toque da campainha.

  - Sr.Jay. - Disse Maria entrando na cozinha, e logo nós dois a olhamos. - Seu amigo Tobias está esperando o senhor na sala.

   Ele logo assente e se levanta. - Fale para ele que já vou lá. - Disse antes de se retirar da cozinha.

   Eu logo me levanto e leve minha louca a pia.

   - Não se preocupe senhorita, eu faço isso. - Disse Maria indo até a pia.

   - Você deve fazer muita coisa nessa casa, eu vou pelo menos lavar o que eu sujei. - Disse sorrindo. - Só trabalha você ou tem mais pessoas?

   - Tem mais pessoas. O jardineiro e outra moça que é responsável pelos quartos e banheiros. Eu sou responsável pela cozinha, pelas salas e por lavar as roupas.  - Ela falou, retirando as outras coisas da mesa.

   - Você faz bastante coisa aqui em. - Falei surpresa e ela concorda. - Você sempre chega cedo?

  - Sim. Para fazer o café do sr. Jay. - Ela disse.

   Eu logo concordo e saio da cozinha e vou a meu quarto. Escovo meus dentes e pego minha bolsa e celular. Estava retocando o batom quando batem na porta de meu quarto. - Vamos S/n? - Falaram do lado de fora.

   Eu não respondo, só saio do quarto e vejo Tobias lá fora. - Vamos! - Disse sorrindo.

   Tobias me olhou de cima a baixo e sorriu. - Você tá bonita em. 

   - Obrigada. - Disse meio envergonhada. 

   Logo vamos até as escada escada descemos, Jay estava na porta de braços cruzados, parecia nervoso.

  Logo saímos da casa de Jay e fomos até o local que eles trabalham. 

  - Bom dia Jay. - Disse uma mulher se aproximando de Jay e o abraçando. 

   - Bom dia Lúcia. - Disse retribuindo o abraço.

   - Quem é essa? - Disse me olhando, ainda com os braços entrelaçados no pescoço de Jay.

   - Essa é a S/n. - Falou Tobias, colocando o braço em volta do meu pescoço. 

   - Olá. - Falei sorrindo.

  - Olá. - Ela disse meio ignorante. - Depois do trabalho, que tal sairmos Jay?

   - Não posso lulu. - disse se afastando dela. - Vou levar S/N para matricular ela em uma escola... Ela veio da Coréia e ainda não terminou os estudos. A tia dela mandou eu cuidar dela.

   Ela o olhou fazendo biquinho. - Faz isso outro dia Jay... Podemos tranzar depois, sei que você gosta disso. - Ela falou sorrindo maliciosa.

   Eu só fiquei surpresa com o que ela falou.

   - Tobi... - Disse o olhando. - Onde fica olhou banheiro?

  - Vem. - Disse segurando minh mão e andando um pouco na frente. Ele logo me leva a um grande corredor, cheio de portas grandes. Depois de milhares esquerdas e diretas chegamos ao banheiro. 

   - Me espera aqui... Se for para voltar sozinha eu me perco. - Disse sorrindo, fazendo ela sorrir. 

   Eu logo entrei e me encarei no espelho. "Beleza! Estamos no trabalho dele e acabei de ver uma menina chamar Jay para tranzar depois do trabalho... Estou chocada com isso... Vou pensar melhor no que Namjoon me disse sobre o Jay e o trabalho dele." Pensei me olhando no espelho. Logo escuto alguém bater na porta.

   - Já vou! - Disse me aproximando da porta e logo a abrindo. 

   - O Jay me deu um toque e pediu para irmos até a sala do chefe. - Disse Tobias me olhado.

   - Vamos então. - Falei sorrindo. 

   Logo voltamos ao caminho sem fim. Até chegarmos em uma porta diferente das outras. As outras eram brancas com detalhes pretos, essa era cor de madeira mesmo e não tinha detalhes. Batemos na porta e um 'pode entrar' saiu de dentro da sala, que logo entramos. 

   - Bom dia S/N. - Disse um homem de aparência coreana e parecia velho. - Sente por favor. - Disse apontando para uma cadeira a frente da mesa dele. - Va chamar o Jay, Tobias. - Logo que ele falou isso, Tobias saiu da sala.

   Demorou cerca de cinco minutos e Jay estava na sala.

  - Sim chefe? - Disse se sentando do meu lado.

   - Vamos conversar sobre S/N... Eu quero que você a guie pela empresa, mostre cada canto daqui e como funciona cada coisa. - Disse sério, olhando para mim e para Jay.

  - Sim. - Falou Jay concordando com a cabeça. 

   - S/n... - Falou me olhando. - Seu cargo na empresa, e simples e fácil de ser cumprido. - Em sorri por saber que seria fácil meu cargo. - Você irá trabalhar com venda de drogas e de armas.

  Eu o olhei espantada, e depois olhei para Jay, que estava de cabe baixa, com uma expressão triste e de culpa.

   - Isso é brincadeira né? - Disse com um pouco de medo.

  - Sem brincadeira S/N... Sua tia não lhe contou? - Disse o chefe.

  - Contou o que? - Disse com medo já amostras para todos.

  - Ela me deve uma grande quantia de dinheiro. Ela me deve isso a quase vinte anos... Então fizemos um acordo. Quando a sobrinha mais nova dela, você, completar dezoito anos, ela iria me dar a menina para trabalhar para mim. - Disse ele sorrindo. - Não si se ela falou de mim para você, meu nome é Kwan. Sou o maior traficante de drogas e armas do mundo, tirando o fato de ter as mais belas prostitutas.

   - Se você pensa que eu vou trabalhar com isso... Esta muito enganado. - Falei me levantando. - Eu não vou fazer nada disso que você quer. Agora se me der licença. - falei indo em direção a porta.

   - Se você sair eu mato seu namorado e seus amigos. - Disse o Kwan, e eu fiquei imóvel na porta, só com minha mão na maçaneta. - Eu mato o Namjoon, o Yoongi, Taehyung, Jungkook, Hoseok, Seokjin e Jimin. Que tal ato Roberto? 

  - Por que você mataria eles? - Disse me virando. 

  - Porque seria divertido. - Ele falou sorrindo 


Continua...


Notas Finais


Até a próxima lindas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...