História I Love U - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Bts, Jimin, Lemon, Revelaçoes, Suga, Yaoi, Yoongi, Yoonmin
Exibições 16
Palavras 753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Estou com fé de que conseguirei terminar essa fic :3
Boa leitura

Capítulo 2 - Quando os dias estão frios


Fanfic / Fanfiction I Love U - Capítulo 2 - Quando os dias estão frios

“Não penso mais sobre mim, por mim já teria desistido faz tempo. É eu realmente odeio minha vida e queria muito que nada disso fosse verdade, só peço uma coisa, nunca diga que suicidas são egoístas, esse é um grande erro.”  

– Herói Ignorado (Tumblr) 

  

23 de Fevereiro, Escola HonGuk, Seul, Coréia do Sul 

  

Minhas pernas corriam em uma velocidade que, julgada por mim, que não era muito atlético, bem rápida, fazendo-as começarem a doer depois de um certo tempo. Minha garganta ardia enquanto eu reprimia a vontade de chorar que me inundava.  

As pessoas lançavam olhares em minha direção, umas de confusão, aliás, eu era um doido correndo no meio do corredor, outras de pena... Eu já recebia esses olhares a muito tempo, apenas não percebia, como eu sou tonto... Todos já sabiam menos eu...  E agora serei obrigado a aguentar todos esses olhares frequentes... 

Se não fosse pela menina do 2º ano eu nunca saberia... Não... Obvio que uma hora eu descobriria  

Abri a porta do banheiro com força, fazendo-a se chocar com a parede na mesma intensidade e logo se fechar. Nem percebi quando já estava trancado na ultima cabine, colocando minha mochila em cima da privada e deixando meu corpo cair no chão em seguida, deixando as lágrimas rolarem livremente. Ninguém escutaria, estavam no intervalo e esse banheiro da quadra, não é tão usado pelos alunos.  

Ergui uma mão, tateando meu pescoço em busca de meu amuleto. Puxei o cordão de ouro, o qual havia um pingente de ancora, o apertando entre meus dedos com força, fazendo-me beijar os nós dos mesmos, enquanto apertava os olhos, minha mente vagando para um mês atrás 

- Desculpe-me Hope...  

  

8 de Janeiro, Escola HonGuk. Seul, Coréia do Sul 

  

- Hyung... Você quer faltar aula logo no primeiro dia? – Eu perguntava enquanto era arrastado para trás da escola pelo meu namorado, Jung Hoseok. O mesmo nada disse, apenas me colocou contra a parede com um sorriso sacana nos lábios. 

- Qual é Jiminnie... Até parece que vai fazer alguma diferença para você, que se bobear, consegue pegar a matéria de um mês apenas em três dias... Vamos nos divertir só um pouquinho... – Hoseok falava com a boca a centímetros do meu pescoço, e depois de sussurrar a ultima parte passou a distribuir beijos por aquela mesma área, me fazendo tombar a cabeça para o lado, o dando mais liberdade, e soltar pequenos gemidos quando ele deixava chupões.  

Ele conseguia levar-me a loucura com poucos toques, isso era incrível. Levei minhas mãos que antes estavam em seus cabelos, até a barra de sua camisa, reprimindo os pensamentos de retira-la ali agora após me lembrar de que estávamos em local publico então me permiti apenas adentra-las e acariciar seu abdômen, que era levemente definido já que o mesmo era bem atlético, diferente de mim, mas mesmo assim eu conseguia manter um corpo aceitável com algumas idas a academia e uma boa alimentação.  

Suas mãos apertavam minha cintura com firmeza enquanto seus lábios encontravam os meus, o encaixe perfeito de dois corpos. Depois de muitas, mãos bobas e beijos de tirar o folego, Hoseok de repente tirou um objeto do bolso de seu casaco 

- Quase me esqueço...- Ele balbuciou rindo baixo, enquanto segurava em apenas uma ponta do cordão, deixando o pingente de ancora exposto na ponta pendurada – Comprei isso para você...  

-Hyung não prec... 

-Fique quieto e me escute – Sua mão livre se ergueu e colocou o dedo indicador sobre meus lábios, fazendo-me rir e revirar os olhos, dando a ele minha total atenção – Sabe Minnie...  Um dos maiores significados da ancora é abrigo. Por isso saiba que sempre estarei aqui para você, não importa o que precisar pequeno, pode pedir para mim. O segundo significado é fidelidade, eu nunca seria capaz de trair a pessoa perfeita, então pode confiar seu coração a mim, pois o meu já te pertence. E terceiro, o que eu mais gosto, também significa força. Em momentos difíceis ou se brigarmos, iremos nos resolver, pois encontraremos força um no outro, você é minha força Minnie... Eu te amo, e prometo te fazer feliz sempre, nunca deixarei de cuidar de ti. 

  

[...] 

  

Uma semana depois daquela declaração, Jung Hoseok sofreu um acidente de carro, ele e seu pai vieram a falecer, os dois não usavam cinto e o carro acabou deslizando pela pista molhada, já que chovia, ele perdeu o controle e se chocou contra outro. Jung foi arremessado para fora do carro. Bateu a cabeça muito forte, e não resistiu... 


Notas Finais


Matei o Hope '--' Ai, desculpe-me
Espero que estejam gostando, até o próximo capitulo <3
Saranghae amoras <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...