História I love u, but I don't trust u anymore


Escrita por: ~


Sinopse:
Mas não é mais como se em mim tu encontrasse o único lugar seco e confortável do mundo, não é mais como se eu fosse tua casa.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Tags One, Oneshot, One-shot
Exibições 39
Comentários 2
Palavras 373
Terminada Sim

LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Único - u trust me, but u don't love me anymore
2
39
373

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~foward
Capítulo 1 - Único - u trust me, but u don't love me anymore
Usuário: ~foward
Usuário
eu queria ser aquelas leitoras diferentonas que fazem aqueles comentários totalmente sérios e maravilhosos que cê termina com lágrima nos zóio mas num dá, principalmente quando se trata de você, Agnes Maria Motta

SANTO KIM JONGDEUS O QUE QUE FOI ISSO AAAGAJSHSNSHAAHABHABALAIAMAJSYSSBYSUSBSKAHABSHSSMSUSJSNSSJ

Sério, eu ainda estou digerindo o que acabei de ler porque simplesmente isso conseguiu me atingir de uma forma que pouquíssimas coisas desse tipo me atingiram, e quando eu digo pouquíssimas, quero dizer no máximo umas três.

Mais uma vez você provou o quão talentosa é na arte de fazer os outros se ferrarem, Agnes
tá, parei
Mas sério, você realmente acabou de provar mais uma vez que a dimensão do seu talento é algo que eu simplesmente não consigo ter nem noção, sei apenas que é enorme, e que cada vez se faz mais presente em você e em suas obras.

Mariazinha, num prazo de um ano, você conseguiu evoluir de um modo que eu não achava que fosse possível pra ninguém, e não foi só na sua escrita em si, mas sim no que você escreve como um todo, seja o plot, seja o modo como você desenvolve, tudo isso evoluiu de uma forma absurda e que me deixa embasbacada.

Você tem uma escrita limpa e clara, consegue passar os sentimentos ao mesmo tempo com leveza e riqueza de detalhes, quando eu leio o que você escreve, é como se eu sentisse cada um dos sentimentos descritos, seja uma leve ansiedade, seja uma dor absurda. A melhor parte é que você faz isso sem ficar repetitivo e quando termina, fica aquele gosto maravilhoso de quero mais.

Eu sinceramente não sei o que escrever aqui, só sei que você me arrasou bonito, e que mais uma vez, eu fiquei embasbacada ao ver o nível do seu talento. Parabéns, Mariazinha ❤
Postado por ~Siena
Capítulo 1 - Único - u trust me, but u don't love me anymore
Usuário: ~Siena
Usuário
Eu queria por um comentário daqueles que faz o autor se sentir super bem com o que escreveu, mas eu estou na fase onde o leitor ainda está digerindo o que leu porque... Nossa.

Não direi que tudo definiu, mas este último parágrafo, ele.. Tirou as palavras das minhas memórias. Ele colocou em forma de texto o que eu penso sobre "aquela pessoa" desde que tudo começou a cair ao nosso redor e eu percebi que acabava ali. Acabou.

Acabou aquela pessoa e já começou outra. Mas mesmo assim, são memórias e digerir memórias como essas... Talvez não sejam digeríveis. Talvez elas só flutuem em lugares escondidos que algumas coisas nos fazem acessar, como textos assim, bem escritos e expressivos da forma mais delicada possível. Uma exposição de sentimentos tão fortes, tão complexos e confusos, situações que quando acontecem parecem um furacão ou um tapa na cara, mas que aqui em cima foi escrito com suavidade, com clareza e com calma. É como sussurrar o que um dia você gritou, sabe?

Não é eufemismo, não torna a situação mais suave e menos tensa. É uma exposição mais lúcida e clara do que acontece. É como mostrar em câmera lenta a destruição que nos parece acontecer por dentro em menos de segundos.

Parabéns.

E obrigada por colocar em palavras algumas coisas que me aconteceram e eu sempre tentei me fazer entender com clareza.