História I Love You, But You Don't Love Me


Escrita por: ~


Sinopse:
JungKook nunca teve uma vida fácil. O garoto teve que lidar com perdas drásticas. Aprendeu a conviver com a dor. A vida nunca esteve ao seu lado.
Aos sete anos perdeu sua mãe, sobrando apenas a inocente criança, seu pai e a tão conhecida dor. Seu mundo caiu. Levou anos pra conseguir se reerguer – por mais que não conseguira reerguer completamente –. Era feliz com o pai, e o mesmo era feliz com o filho.
Uma nova vida apareceu. Uma nova esperança surgiu.
Todavia estas não duraram por muito tempo. Perdeu suas forças após perder mais uma pessoa importante, seu herói.
Seu pai.

Viveu numa escuridão completa. Até conhecer Park Jimin, que o salvou, antes que se suicidasse. Consequentemente, viraram grandes amigos. Mas a vida não pega leve com as pessoas boas.
Park se juntou ao grupo dos valentões e populares.
JungKook havia se apaixonado perdidamente pelo mais velho, e resolveu se declarar no pior momento.

Seu Jimin já não era mais o mesmo. Quando se declarou, o mais velho agrediu-o.
Então a esperança que Jiminie havia acendido na vida de Jeon, fora apagada pela mesma pessoa que o acendeu.
E mais uma vez Kookie sofria. Entretanto estava disposto a dar uma basta na sua dor.

Com lágrimas e uma dor no peito, Jeon escreve a carta de adeus ao seu querido Jiminie.

" [...] Até você aparecer. E mudar minha vida. Você foi minha estrela. Minha luz. Minha última esperança. E eu pensei que pudéssemos ser feliz juntos. E então, como um idiota apaixonado, eu me entreguei de amor. E foi ai que eu percebi que o pior penhasco não fora aquele que eu me jogaria. Mas, sim, o do amor.

O amor é como um penhasco, uma vez que se joga, não há mais volta.

E foi exatamente o que aconteceu. Eu me joguei... E agora eu não consigo mais voltar.

Então eu te amei e te amei. Em troca fui respondido de uma forma tão sôfrega. [...]

[...] ... Jiminie, eu irei reencontrar meus pais. Essa estrela pequena e perdida se perdeu novamente nas ilusões do Universo, da vida e do amor. Todavia. A ilusão e a dor irão embora, pois eu partirei. E não sinta remorso, arrependimento ou culpa, pois eu nunca fui importante, eu apenas fui como uma bagagem. E você realmente tinha razão; Eu sou apenas um idiota órfã. Deveria morrer sozinho, né?!

Pois bem. Estou aqui sozinho a minutos – ou horas – de me suicidar. [...]

[...] Agradeço-te mais uma fez poder me salvado a dois anos atrás, mas dessa vez você estará ausente, e quando voltar, será tarde demais. "
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lu Han, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V
Tags Adeus, Bts, Chanbaek, Drama, Exo, Hunhan, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Última Carta, Vhope
Exibições 451
Comentários 24
Palavras 16.584
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction I Love You, But You Don't Love Me
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
The Last Letter
3
110
4.331
 
2.
Too Late
5
87
2.546
 
3.
Pain
3
70
2.184
 
4.
Our Memories
3
68
2.600
 
5.
Grand Piano
6
69
1.888
 
6.
Rose's Day
4
47
3.035

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.