História I love you, Darling. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Amor, Bangtan, Bangtan Boys, Bts, Hetero, Imagine, Jimin, Jovens, Kpop, Romance
Visualizações 21
Palavras 1.218
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - What's happening to me?


Acordei e estava meio zonza. Não entendi por que não estava na aula, apenas dei uma olhada por todo o local e cheguei a conclusão de que eu estava na enfermaria da escola. NA ENFERMARIA! Como eu fui parar ali? Bom, não importava na hora. Apenas passei a mão pelos meus cabelos, mas acabei encostando na minha testa, e dei um gritinho ridículo de dor. Estava sem enxergar nada, e não sabia onde estavam meus óculos. Quando eu gritei, apenas vi uma silhueta masculina entrar correndo pelo quarto perguntando se eu estava bem.

(S\N): Quem é você?

???: Você ainda pergunta? Eu sou a pessoa que te carregou nos braços até aqui! E você não é tão leve assim não, tá bom?

(S\N): Eu apenas quero saber seu nome. Será que você é capaz de falar, ou você só sabe carregar meninas no colo? Também gostaria de saber o que aconteceu comigo, não deveria estar aqui.

Taehyung: Eu sou o menino que te ajudou quando você caiu. Duas vezes, em só um dia! Se você não lembra meu nome, eu me chamo Kim Taehyung. E você desmaiou na aula de matemática, e nem os médicos descobriram o motivo, mas eu acho que foi pela minha beleza.

Ele estava certo. Foi por ele. Culpa dele, só dele! Aquele sorriso dele me deixou tonta, e com um sentimento estranho. Espero que seja algo como raiva ou vergonha. A última coisa que eu quero é me apaixonar por um menino aleatório que me ajudou e me carregou nos braços quando me machuquei, e ficou preocupado comigo... Ah! Ele é incrível. Não quero me apaixonar!!! Mas acho que falhei...

(S\N): Ah não!!! Você está me perseguindo? Não aguento mais te ver. Mas... Obrigada por ter me ajudado. Agora, você sabe onde estão meus óculos?

Taehyung: Quando você caiu ele quebrou. Sinto muito... Mas, quer sair pra comprar outro? Já que eu fui o motivo da queda, acho que te devo essa. - Ele riu de nervoso.

(S\N): Já disse que você não foi o motivo de nada Taehyung. Mas se você quiser gastar dinheiro com uma menina que você nem conhece direito e que foi e vai continuar sendo grossa com você, pode ir!

Taehyung: Jura que você quer ir? Então pode ser depois da aula? Vamos no shopping que tem aqui perto... Lá tem uns lugares legais! Pra comprar óculos, é claro...

(S\N): Vamos então. Mas... Você namora? Eu não quero te causar problemas. Ela pode ficar com ciúmes e... - Ele não me deixou terminar de falar, apenas sentou do meu lado e falou que não namorava, e que não tinha nenhum compromisso com ninguém, além de me ajudar quando eu cair. Espero que eu caia com mais frequência. AH MEU DEUS!!! O QUE EU ESTOU PENSANDO?

Quando eu saí da enfermaria, fui para casa correndo pra trocar de roupa e me arrumar, antes dele sair da aula, e como eu moro praticamente do lado da escola, eu consegui me arrumar em cinco minutos na esperança de conseguir um elogio dele. Sem motivo nenhum. Até porque não gosto dele! Ou será que eu gosto? AAAAAAH! Estou enlouquecendo. Sentei no banco em frente a escola e esperei minha melhor amiga sair, ela estava chorando preocupada comigo, e quando me viu, veio correndo para me dar um abraço. Até me senti culpada por ir sair com o menino novo e deixar ela sozinha. Ela me contou o que aconteceu comigo, pensando que ninguém tinha me contado. E depois ela voltou a falar do menino novo... Falou que achava ele um fofo por ter me levado para a enfermaria me carregando no colo. Eu concordo, ele é tão precioso! Mas não gosto dele. Nem um pouco. Aposto que ele não gosta de mim também, deve só ter feito uma boa ação para ser o novato que ajudou a esquisita veterana que desmaiou na sala de aula. QUE RAIVA!!! 

Vi Taehyung correndo na minha direção, e parecia feliz e preocupado, pensei que ele fosse desmarcar o "encontro"? Acho que não deveria chamar de encontro... Mel começou a me cutucar e falou que ia sair de perto, pra ela não atrapalhar, implorei pra ela ficar, mas ela não me dava ouvidos, então lá estava eu. Sozinha, no pátio da escola, esperando um garoto que me viu passar vergonha duas vezes em apenas um dia. Não acredito que aceitei ir ao shopping com ele, mas até que eu gostei. Ele pode ser... legal.

Taehyung: Podemos ir? - Ele disse me oferecendo a mão. Ah Deus! Ele é tão fofo... Aonde assino para casar com ele? Voltei para a realidade, e levantei sozinha, sem segurar a mão dele, ONDE EU ESTAVA COM A CABEÇA? Vi que ele ficou constrangido, e eu corei na hora. Quando ele viu minhas bochechas, riu. Isso me deixou mais envergonhada ainda. ARGH! Qual é o problema dele? Até a risada do Taehyung é perfeita... 

(S\N): Vamos logo para a loja por que meu namorado me ligou falando que vai sair comigo mais tarde...

Taehyung: Você namora? SÉRIO???? Ah, tudo bem. Então ele não se importaria em comprar o seu óculos novo, imagino.

(S\N): Tae! Volta aqui! Calma, estava apenas brincando. Não namoro, e nem quero. Não por enquanto, sabe? - Pude ver a decepção estampada na cara dele. Me senti mal... Será que em menos de 24hrs esse menino já se apaixonou por mim? Se em 16 anos, ninguém se apaixonou por mim, claro que ele não iria.

Taehyung: Também não namoro. E estava brincando, eu iria comprar o óculos pra você de qualquer jeito. Você fica linda dos dois jeitos, mas de óculos eu acho que você fica melhor.

(S\N): Tá bom... Obrigada, eu acho. Mas para de falar isso que eu fico constrangida. E sim, eu sei que você está brincando, e que você não me acha bonita nem de um jeito, nem de outro, mas vamos comprar logo o óculos que eu estou ficando com dor de cabeça...

Não entendi até agora. Ele simplesmente me puxou para perto dele, e me abraçou. Não foi um abraço normal. Isso eu garanto. Foi um abraço diferente, um abraço de casal, entende? Ficamos assim por uns 3 minutos, mas foi como se aquele momento fosse eterno. Eu gostaria que fosse. Ele me soltou e só falou que:

Taehyung: Você pode não achar, e nem acreditar em nenhuma palavra do que eu falo, e eu até entendo... Mas você é linda. Eu acho você linda. Acho que você é a menina mais bonita que eu já vi em toda a minha vida. Juro. - Ele abaixou, por que ele era bem mais alto que eu, e deu um beijo na minha testa. Eu fiquei tão vermelha, que parecia um tomate. Mas aquele momento foi incrível. Gostaria que fosse pra sempre.

Ele segurou minha mão e continuamos andando pelo shopping, fomos até a ótica, escolhemos juntos um modelo de óculos que ficasse bem em mim, e depois fomos tomar sorvete. Foi melhor do que eu planejei! O melhor dia da minha vida!!! Ele foi mais fofo ainda quando me levou pra casa, e se despediu com outro beijo na testa. Naquele momento, acho que me apaixonei. Isso nunca aconteceu comigo, e eu não esperava que fosse acontecer tão cedo. Só sei que, foi inexplicável. 


Notas Finais


Espero que gostem :)
Não sou muito boa, mas segue o baile KKKKK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...