História I love you, Darling. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Amor, Bangtan, Bangtan Boys, Bts, Hetero, Imagine, Jimin, Jovens, Kpop, Romance
Visualizações 13
Palavras 943
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ainda sou iniciante, não me julguem.

Capítulo 3 - I hate you.


Acordei e fiquei desesperada procurando meu celular, que provavelmente caiu atrás da cama ou ficou no meio dos cobertores. Mas não estava nesses lugares, coloquei meus óculos e comecei a procurar pelo quarto, e encontrei ele jogado no chão, com umas 500 MENSAGENS da Mel! Fiquei preocupada com ela, mas me arrependi quando vi que todas as mensagens era sobre o Taehyung, e eu não aguentava mais nem pensar nesse menino. Apenas sorri quando li a mensagem que ela perguntou se ele foi fofo comigo... Ahhhh, ele foi mais que fofo! Mas do mesmo jeito, eu contaria todos os detalhes no caminho.

O que eu não imaginava, era que eu encontraria Taehyung saindo de casa, o mais engraçado, era que ele tinha acabado de se mudar. TINHA QUE SER PERTO DA MINHA CASA? Meu nível de azar é absurdo. Ou sorte... Ah, quero parar de pensar isso. Mas é inevitável. Comecei a andar mais rápido pra ele não me alcançar. E de repente, sinto uma mão nas minhas costas, me viro, e é Taehyung. NÃO ACREDITO QUE ELE ME ALCANÇOU! Ele olhou pra mim e riu. Fiquei sem reação!

(S\N): Precisa de alguma coisa?

Taehyung: Não, só queria saber se posso te acompanhar até a escola. Essas ruas estão extremamente perigosas, o chão é íngreme. Se você cair, quem vai te segurar? - Ele sorriu de novo. Com aquele sorriso lindo e levemente quadrado. Totalmente apaixonante.

(S\N): Muito obrigada, mas já acabou meu azar. Tirando o fato de você estar aqui, cedo, me enchendo a paciência. E além do mais, tenho companhia. É minha melhor amiga. Melhor você não chegar perto dela, ela é muito linda e você pode acabar se apaixonando por ela.

Ele nem me deu atenção, estava andando e usando o telefone ao mesmo tempo. Isso me encheu de raiva! Como ele teve coragem de fazer isso comigo? O pior é que ele estava sorrindo. Sorrindo igual ele sorriu para mim ontem. Então aquele sorriso não significava nada pra ele? Cansei de esperar e fui andando na frente, batendo o pé com força pra ver se ele lembrava que eu estava ali, e que ele se ofereceu pra ajudar. Esperei ele caminhar mais um pouco até chegar mais perto de mim. Mas não aguentei, saí correndo atrás dele e perguntei o que estava acontecendo, não me aguentei.

Taehyung: O pior é que nem eu sei direito, mas estou muito feliz! Adivinhe (S\N)? EU ESTOU NAMORANDO!!! - Ele me mostrou a conversa dele com uma tal de... "Mel" fiquei enfurecida. QUEM SERIA ESSA MEL? Aaaah, não podia mostrar nenhum sinal de raiva e indignação. Então apenas fingi estar feliz.

(S\N): Bom... Se você não estiver brincando, felicidades para você e para a...

Taehyung: Mel. Melissa na verdade. Minha namorada! Me mudei para a (sua\cidade) um pouco antes das férias de início de ano, e conheci ela enquanto caminhava pela praia, conversamos, eu peguei o número dela e ela o meu, e acabamos marcando outro encontro... E tiramos uma foto, essa aqui é minha garota. Linda não? 

Eu quase morri quando ele me mostrou a foto. Eu achei muito estranho a menina se chamar Melissa. Quando eu vi o rosto sorridente e feliz da minha melhor amiga, não conseguia me perdoar por ter me apaixonado por ele... E não via nenhuma razão pra Mel não me contar sobre o garoto. Agora eu entendi tudo... Ela estava tão animada com o aluno novo, que eu achei estranho de mais. E todas aquelas perguntas sobre o meu "encontro" com o Taehyung era só ciúmes. Nunca me senti tão decepcionada. Será que ela não confiava em mim? O que será que eu fiz pra ela não querer me contar?

(S\N): Conheço ela. Minha melhor amiga desde pequena. Agora vou me apressar porque estou muito atrasada. Tchau...

Taehyung: Ah, tchau! Vai querer sair de novo depois da aula? Como você é melhor amiga da minha namorada... Wow. É estranho dizer isso, mas voltando... Ela não vai se importar, e mesmo que ela se importe, vamos mesmo assim! Gosto da sua companhia. Como amiga... É claro. - Ele riu. Parecia nervoso. 

(S\N): AH!!!! Pelo amor de Deus. Você está comprometido. Não saio com caras namorando. E me desculpe, tenho um compromisso hoje. Com meu quase namorado... - Ah! Pra que eu inventei aquilo? Não tenho namorado, nem quase namorado, nem nada. Acho que já perdi até minha melhor amiga.

Segui em frente e fui pra aula. Na hora do intervalo, fui procurar Mel, mas ela já estava com o... ARGHHHHH! Taehyung. Me senti mal. Mas peguei meu lanche e fui para enfermaria conversar com Maria, a enfermeira que sempre escuta meus problemas e me da conselhos. Mas esse eu não podia falar com ela...

Na segunda aula, eu fazia com os dois pombinhos, e o tempo todo eles ficavam conversando. E quando eu vi os dois se beijando, senti uma coisa molhada e quente descendo por todo meu rosto. Eu estava chorando? Que idiotice! Limpei o rosto e fui para casa triste, mas sabendo que tudo ia voltar ao normal. Entrei no meu quarto e fui ler um livro. Caí no sono, e só acordei com batidas fortes na minha porta.

Desci as escadas com o rosto inchado de tanto dormir, e quando eu abri a porta, era Taehyung chorando, com Mel no colo. A testa dela estava sangrando muito. Não podia negar ajuda para minha melhor amiga. Mandei eles entrarem e ele a colocou no sofá com delicadeza. Entrei em pânico quando vi a testa dela novamente. Apenas liguei para emergência, e uns 5 minutos depois, escutei o barulho das sirenes bem perto da minha casa.

 


Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui. Desculpe por qualquer erro ortográfico.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...