História I Love You For a Thousand Years - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jared Padalecki, Jensen Ackles, Mark Sheppard, Misha Collins
Tags Cockles, Destiel, Jensen, Misha
Exibições 113
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu demorei muito para postar capítulo, mas bem nessa fanfic eu tive um grande bloqueio de criatividade. Agora eu estou de volta e vou recompensar vocês.

Boa Leitura Babys!

Capítulo 2 - Toughts


Fanfic / Fanfiction I Love You For a Thousand Years - Capítulo 2 - Toughts

Karine: Comida japonesa?  - ela pergunta com o celular na mão pronta para ligar para algum restaurante.

 

Danneel: Eu acho uma boa! – disse enquanto mexia no cabelo do Jensen.

 

Jensen: Por mim tudo bem!

 

Karine: Ok, eu vou ligar! – ela disca o número do restaurante e pede  a comida. Depois de desligar ela se junta aos Ackles no sofá para conversar. – Espero que não demore, estou quase morrendo de fome. – ela se encosta no sofá e faz uma ceninha dramática.

 

Danneel: Eu amo comida japonesa!

 

Karine: Eu e o Jare também. Falando no meu marido, onde ele se meteu? – ela solta uma risadinha. – Provavelmente ligou para mãe dele para saber das crianças, ele não passa um momento despreocupado.

 

Danneel: Mas é de se entender, ele já não passa muito tempo com os filhos. Jensen liga a todo momento livre que ele tem para saber da Justice. – ela o olha e percebe que ele está perdido em pensamentos. Olha para a amiga e elas riram dele.

 

Karine: Com quem a JJ está?

 

Danneel: Ficou com meu irmão em Austin, ele a levou para acampar.

 

Karine: Devemos pensar em um programa desses com nossos filhos. – ela sorri e olha para as escadas onde Jared está descendo. – O que você estava fazendo? – Jared se senta ao lado dela no sofá e coloca seu braço em volta do ombro da esposa.

 

Jared: Shep está doente. – ele olha um pouco aflito para Karine.

 

Karine: Como? – ela e Dan olham preocupadas para Jared.

 

Jared: Minha mãe falou que depois que você saiu de Austin para vir para cá ele ficou apenas deitado e não comeu nada o dia todo, ele deu febre e vômito, mas ela já o levou no médico e agora está melhor. – Karine e Danneel suspiram aliviadas.

 

Karine: Nossa, você nos assustou. Vou ligar para falar com ele. 

 

Jared: Não, ele está dormindo. – ele impede Karine de se levantar para ir até o telefone. – Agora é melhor que ele descanse.

 

Karine: É verdade. – ela olha para o marido e passa a mão no cabelo dele. – Eu te amo.

 

Jared: Eu também te amo. – ele diz e da um beijo na esposa.

Danneel: Ah, desse jeito eu vou embora. – ela ri.

 

Karine: Claro que não. – ela ri com a amiga.

 

Jared: O que aconteceu com ele? – disse Jared se referindo á Jensen que ainda se encontrava preso em seus pensamentos.

 

Danneel: Ele está assim desde que chegamos. – ela se encosta no ombro do marido, mas ele não percebe nada.

 

Jared: Hey amigo! Que tal acordar para a vida? – ele chama a atenção de Jensen que se vira para Jared e se desculpa por não ter prestado atenção. – No que estava pensando?

 

Jensen: Ahn, na... na nossa convenção amanhã. – as palavras saíram como se ele estivesse mentindo. – Estava preso nos detalhes aqui. – ele sorri de canto e olha para Dan que sorri de volta.

 

Jared: Fazemos isso a tanto tempo, mas ainda parece que é a primeira vez. – ele começa a fazer um cafuné na esposa. – Vocês irão com a gente, né?

 

Danneel: Eu sim, e também irei levar JJ. Ela está doida para ir em uma convenção com vocês.

 

Karine: Bom, para mim vai depender do meu filho. Se ele estiver melhor amanhã eu vou e ainda levo eles.

 

Jared: Ótimo. – Nesse momento a campainha toca.

 

Karine: Deve ser o entregador, eu vou atender. – ela se levanta e vai até a porta para atender o entregador.

 

Jared: O que vocês pediram?

 

Danneel: Pedimos comida japonesa.

 

Jared: Eles entregam japonesa? – ele se levanta e caminha em direção a mesa.

 

Danneel: Parece que sim. – ela e Jensen se levantam e seguem Jared.

 

Karine: Aqui está. – ela coloca tudo na mesa e se senta em seguida.

 

Jared: Perfeito. Eu amo comida japonesa.

 

Karine: As vezes eu acho que você e Danneel são irmãos. Só pode. – todos ali riram menos Jensen. 

 

Danneel: Realmente, temos muito em comum! – ela sorri e pega a parte dela da comida. – Vai ficar calado o tempo todo, amor? Acho que isso não é só por causa da convenção. O que está acontecendo?

 

Jensen: Eu já disse, é só a convenção. – ele foi grosso de uma forma que nunca tinha sido antes com a esposa. Danneel ficou surpresa e triste ao mesmo tempo, assim como o casal Padalecki. – Me desculpa, estou nervoso. – ele se levanta e vai para o jardim da casa dos Padalecki.

 

Jared: Algo mais aconteceu. – ele olha preocupado para a direção em que Jensen foi.

 

Danneel: Eu já o vi assim antes, mas ele nunca foi grosso comigo. – ela passa as mãos nos olhos para impedir que as lágrimas caíssem.

 

Karine: Ei, vai ficar tudo bem. Depois vocês conversam e ele te explica o que está acontecendo. – ela segura na mão da amiga.

 

Jared: Eu vou falar com ele depois que ele esfriar a cabeça. – ele diz e volta a pegar sua parte da comida. O clima ficou um pouco ruim depois da grosseria do Jensen, mas nada que a Karine não pudesse dar um jeito. Ela falou sobre assuntos divertidos e alegrou a amiga e o marido. Jensen não voltou para mesa, ele ficou sentado num banco do jardim do casal pensando em uma única pessoa que havia mexido com ele naquele dia: Misha Collins. Por algum motivo, que nem ele sabia, Jensen não parava de pensar nele. Talvez seja o jeito simples, porém estranho que o homem possuía, ou então fosse a surpresa que ele levou quando soube do novo colega de elenco, até porque Jensen não esperava que ele fosse daquele jeito. Talvez tenha sido aqueles belos olhos azuis que prendeu a tenção de Jensen de uma forma inexplicável.

 

Jensen: Diabos, por que estou pensando nele? – ele apoiou os cotovelos nas pernas e passou a mão no rosto várias vezes. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado amores.
Não estranhem o nome da esposa do Jared, eu sei que é a Gen, mas eu quis mudar um pouco e acabei colocando uma amiga minha no lugar dela.
Thanks Guys!!"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...