História I love you, Nerd - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias SHINee
Personagens Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, KiBum "Key" Kim, Minho Choi, Personagens Originais, Taemin Lee
Tags 2min, Abo, Jongkey, Menção Chanbaek, Menção Kaisoo
Exibições 2.399
Palavras 737
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Dez


— Então, você não me disse do quê as pessoas me chamam — JongHyun falou enquanto ele e Kibum andavam até a pizzaria que fica perto do abrigo. — Tem certeza que achou uma boa ideia deixar seu carro lá?



— Sim, Junghwa vai ficar lá pela frente esperando a Chaeyeon e quando ela for vai me avisar — Kibum disse ainda se sentindo desconfortável ao estar tão perto do alfa — E-e não tem chamam de muita coisa, só de Alfa Nerd, Nerd Virgem, Alfa estranho.



( Key x)



— Nerd Virgem? — JongHyun gargalhou e eu sorri ao ouvir aquela gargalhada — Meu deus, como são estúpidos.



— Concordo com você.



— Eu? Virgem? — Ele continuou rindo e ajeitou os óculos — Não sou virgem a um bom tempo.



Ok, eu não gostei de saber disso, com quem ele dormiu? Será que foi bom? Será que é da escola? é algum dos ômegas? eu espero mesmo que não se-


— Kibum? — ele cutucou meu braço e eu o olhei.



— Sim?


— Você ficou calado, o que houve?



— Nada, ãn então... você também deve escutar muito sobre mim.



— Ah sim, entre — ele abriu a porta da pizzaria para que eu entrasse me fazendo corar.



Ele é tão cavalheiro quando não é um idiota.

Assim que entramos uma menina com um crachá na blusa veio até nós.



— Ei babe, o mesmo de sempre? — ela perguntou para JongHyun que sorriu e assentiu — Senta alí.



— Vem, Kibum — Ele me chamou e a menina continuou com a gente — Yoora, KyungSoo veio hoje?



— Nah, Babe — ela respondeu e eu bufei, quem ela pensa que é pra chamar ele de babe? olha, não sou obrigado — Ah, Olá querido, meu nome é Yoora, mas o idiota do JongHyun esqueceu de me apresentar.



— Oi, sou Kibum — Eu disse sério e ela riu.

Porque ela está rindo?



— Já vou mandar fazer sua pizza, Babe — ela disse anotando algo no papel — Não vai querer nada Kibum?



— não, obrigado.



— Certo, até daqui a pouco — ela sorriu e saiu.



— Yoora é um amor, não acha? — JongHyun disse e suspirou.



— hum.




— Ok, ãn você me perguntou sobre os nomes que te chamam, não é nada demais, tipo não são nomes... eles só falam de você — ele disse mexendo com uns pacotes na mesa.



— fala logo.



— Eles dizem que você não liga para ninguém além de si mesmo, deve ter um guarda-roupa com inúmeras roupas caras — ele abaixou o tom de voz — e que já dormiu com vários alfas.



— I-isso não é verdade — eu queria chorar, ouvir isso do Chanyeol já me fez mal, agora ouvir da voz do JongHyun.



— Hey, não liga não — ele pegou na minha mão e eu arregalei os olhos — As pessoas naquela escola só sabem falar dos outros, normal.


Eu olhei para ele e sorri, ele retribuiu o sorriso, eu estava quase abrindo a boca para falar que gosto dele quando.


— Ufa, cheguei — Aquela menina apareceu — Aqui babe.



— Foi rápido dessa vez — JongHyun largou minha mão para pegar a pizza e eu suspirei.




— JongIn já tinha feito a massa antes, estava pronta então não demorou para assar — Ela disse passando a mão no cabelo — A gente se vê amanhã?




— Sim, lá em casa — ele deu o dinheiro da pizza para a tal Yoora e levantou — Vamos, Kibum?




— Tchau Babe, Tchau Kibum... Prazer em te conhecer — ela sorriu e foi atender outra mesa.



Eu me levantei e segui JongHyun.




O que essa Yoora vai fazer na casa dele?





— Sua mãe deve estar preocupada — JongHyun falou enquanto caminhavamos de volta para o abrigo.



— Sim, mas quando chegar eu explico para ela.




— Bom saber — ele sorriu.




— Yoora é sua namorada? — Perguntei e me bati mentalmente por não saber morder a língua.




— Yoora é alfa, Key — ele riu — Ela me chama de Babe porque ela é doida.





— Oh sim, que bom — eu disse.





— Por quê? — ele me olhou sorrindo.




— Por nada, ah olha meu carro, tchau JongHyun até amanhã na escola — Eu saí correndo até meu carro.




Que merda eu acabei de fazer?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...