História I love you, Nerd - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, SHINee
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Jonghyun Kim, Kai, KiBum "Key" Kim, Lu Han, Minho Choi, Personagens Originais, Sehun, Taemin Lee
Tags 2min, Abo, Chanbaek, Jongkey, Menção Kaisoo
Exibições 1.615
Palavras 1.155
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura, obrigada pelos comentários nos capítulos passados, vou responder os deste capítulo.
Obrigada por me animarem, meu dia estava bem bosta e eu estava com um humor fdp, mas vocês me alegraram nos comentários, obrigada mesmo.


vejo vocês amanhã com mais capítulos, boa boite e bons sonhos.

Capítulo 11 - Onze


( JongHyun x)

Depois da noite... digamos que agradável que eu tive com Kibum eu fiquei sorrindo como um besta, ele é lindo, mas falta algo que eu ainda tenho que descobrir.

Yoora vem hoje a noite aqui em casa, acho que JongIn e KyungSoo também.

Já estava terminando de me arrumar quando me olho no espelho, será que sou assim tão ruim? Um alfa estranho? Afasto os pensamentos e arrumo meus óculos, graças que a partir da semana que vem não tem mais aula, preciso de um tempo pra ler em paz.


-xx-


— Hey, JongHyun — Minho me chamou assim que cheguei na escola — como foi sua noite, huh?


— Você sabia né? Filho de uma boa mãe — lógico que eu não ia xingar a Senhora Choi — Infeliz.


— Sim, eu sou um infeliz — Minho disse assim que Taemin passou na nossa frente — Sem o lindo do Taemin ao meu lado, eu sou um completo infeliz.

Taemin sorriu e entrou na sala, Minho jogou a cabeça para trás e se encostando na parede.


— Você não vai desistir, não é? — Eu perguntei quando ele suspirou.

— Taemin é meu, eu sei — o sinal bateu — Conversamos depois.


Me despedi dele e entrei na sala, Kibum estava conversando com o Chanyeol, ele passando a mão pelo braço do Key como se fossem um casal apaixonado. Graças a Deus que eu sei controlar meu corpo, se não eu já tinha pulado em cima do Chanyeol e tirado ele de cima do meu ômega, o quê? meu? o que eu estou pensando? JongHyun, o Kibum não é seu ômega.


— Então senhor Kim, vai se sentar ou não?


— Sim, me desculpe professor. — Eu disse indo para a minha cadeira, Kibum sorriu para mim e eu retribui o fazendo aumentar o sorriso.

Talvez seja verdade que ele gosta de mim, ou talvez ele só quer uma noite.


-xx-

( Key x)


JongHyun estava mais agradável, ele sorriu para mim e até me deu um "oi".

— Para de suspirar, Kibum.


— Cala a boca Taemin — eu bufei — Você devia estar namorando ou feliz por ter Choi Minho atrás de você.


— Ele n-


— Vai se foder — eu disse — Porra, Minho está rastejando atrás de você, babando por você e você fica aí nessa de que ele só quer te foder, apenas pare com isso e vá falar com ele.


— Mas e-


— Quer saber? assim que as férias começarem e eu vou passar um bom tempo com ele — eu disse e Taemin me olhou — Quem sabe eu possa descobrir o que ele sente mesmo.


— Você ta fazendo isso pra mim perguntar as coisas do JongHyun, certo?



— Talvez sim, talvez não. — Taemin riu.



— Vai lá falar com ele — Taemin me empurrou para perto do JongHyun.


— Eu a-Oi JongHyun — eu sorri quando ele me viu — e-eu


— Você...? — JongHyun riu fechando o livro que estava lendo.


— Eu queria saber se ainda vai no sábado lá no abrigo. — eu deveria ser ator, estou ficando bom nisso.



— Vou sim, prometemos para a Hyerin, certo?


— Sim, prometemos — eu sorri — Então... até sábado?


— Até amanhã porque ainda tem aula, Kibum — Ele riu — Te vejo em breve.

Ele saiu guardando o livro na bolsa e eu fiquei alí, sorrindo pro vento.

Meu deus como eu sou trouxa por ele.

-xx-

( JongHyun x)

Kibum é um fofo as vezes, eu não sei se o errado sou eu ou ele.

Eu já tinha chegado em casa e arrumado a sala para quando Yoora chegar, do jeito que ela é, vai vir cedo.

Ouvi alguém batendo na porta e fui abrir dando de cara com Yoora, JongIn e KyungSoo.


— Até que enfim, Kim JongIn na minha casa — eu disse dando espaço para eles entrarem — Ao que devo a honra senhor JongIn?


— Sem mim você não viveria JongHyun — JongIn disse indo se sentar no sofá com KyungSoo.


— Comprou cerveja? — Yoora perguntou e eu apontei para a cozinha — Deus te abençoe.


— Então, tudo bem KyungSoo? Visitou seus pais? — Perguntei ao ômega, nós éramos primos, e se não fosse por mim ele ainda estaria morando com meus tios.


— Tudo, e sim visitei — ele bufou — eles me querem de volta em casa, mas eu não posso deixar tudo aqui, ainda mais o JongIn.


JongIn sorriu, KyungSoo conheceu o alfa na pizzaria quando foi procurar trabalho, os Kim são donos de lá, JongIn estudou comigo, mas preferiu desistir de tudo e só cozinhar, até hoje ainda chamam ele de alfa estranho, ele estudava assim como eu, mas mudou um pouco, já eu, continuo a mesma merda.


— Vão se casar quando? — Perguntei rindo e KyungSoo corou — Olha JongIn, meu primo é um ômega de familia, precisa casar.

— Já estou pensando nisso — JongIn disse.



— Ele já ta pensando até no anel de noivado — Yoora disse voltando com a caixa de cerveja nas mãos.



— Super irmã você né? — JongIn bufou.


— Então... aquele é o Key? — Yoora olhou pra mim.


— Sim.


— Ainda com isso do JongHyun? Sério cara? — JongIn perguntou abrindo a lata de cerveja enquanto KyungSoo o encarava — Só duas amor.


— Sim, eu não consigo JongIn — eu respondi.


— Você já devia ter o tomado como seu há anos — KyungSoo disse — Você sempre foi louco por ele.


— Mas JongHyun não quer ser só uma foda — JongIn disse tirando sarro da minha cara — Ah, JongHyun quer um amor.


— E eu admiro isso nele — KyungSoo disse encarando JongIn que parou de rir — Ele quer alguém para amar e não só uma foda vazia nos fins de semana, mas ele não acredita que Kibum possa ser esse alguém.


JongIn e KyungSoo começaram a debater, um falava algo e outro rebatia.


— Liga não — Yoora disse sentando ao meu lado — Daqui a pouco eles se pegam é normal, vamos assistir um baita sexo selvagem.


— Ainda acho isso estranho, digo, os dois com esse jeito diferente, mas engraçado. — ela me olhou e tirou meus óculos — Ei!


— Pare de usar óculos — ela disse — Você fica mais bonito assim, Kibum vai gostar.


— Mas o K-


— Calado, ele ficou com ciúmes de você — ela riu — eu fiquei te chamando de babe e ele me olhava como se fosse me matar.


— Verdade?


— Sim, JongHyun pra um Nerd você é bem burro — ela disse e eu ri ao lembrar que Kibum também já me disse isso.



— Eu só sou cuidadoso.


— Não JongHyun — ela suspirou — Você só pensa demais e aproveita de menos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...