História I love you Psycho - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel
Tags Amor, Amor Doce, Assassinato, Castiel, Hentai, Psicopatas, Sexo
Visualizações 15
Palavras 1.411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii gente eu demorei para posta pois estava sem imaginação e pra melhorar estou sem internet
Apenas hoje que consegui um WiFi kkkkk
Espero que gostem bjs

Capítulo 11 - Futivos


No dia seguinte

Clara acordou cedo , tomou um banho bem demorado e saiu, vestiu um moletom vermelho com capuz e uma calça jeans. A mesma foi para a cozinha e viu sua mãe fazendo o café

- onde você estava ontem à noite? - perguntou Fernanda

- eu... Bom eu... Por que não me falou a verdade? - falou séria

- do que está falando? - perguntou nervosa

- estou falando que o Castiel é meu verdadeiro pai! - falou

- eu... Eu ia conta não agora! - sentou na cadeira

- Clara sua mãe não teve culpa! - a mesma olhou pra trás e viu Castiel

- eu escutei tudo... Você também não sabia ela é sempre assim mentirosa! - falou chorando

- Clara me perdoe eu... - mas a mesma foi interrompida pela tv

Reporter : E hoje pela manhã foram encontrados quatros corpos numa casa num condomínio Doce Lar... As vítimas são o casal Steven e Soraia que morreram por facadas e suas filhas gêmeas Pollyana e Juliana que foram encontradas no quarto as duas meninas foram torturadas e mortas de forma brutal - fim da notícia

Clara começou a rir loucamente e Castiel e Fernanda já imaginavam quem seria a assassina

- Clara por acaso foi você quem matou aquela família? - perguntou Castiel

- hahahahaha sim foi eu... Não ficou lindo minha obra de arte hahahah - falou Clara

Castiel viu que seus olhos estavam diferentes

- hahaha eu sei que vocês também foram matar os detetives de ontem a noite - sorriu de lado

- Clara você tem a noção do que fez ?- falou Fernanda

- sim hahahaha mas não precisa se preocupa muito não deixei pista alguma! - sentou na mesa

- você não iria fazer isso sozinha... Quem ajudou você? - perguntou Castiel

- sim agora isso virou um interrogatório? - falou Clara

- apenas queremos saber o que aconteceu? - exclamou Fernanda

Clara ficou calada, e não demorou alguém tocou a campainha. Castiel abriu a porta e viu Rosalya , Leigh e Liu e os três estavam super nervosos

- Rosa o que aconteceu? - perguntou

- isso que eu vim falar com você - falou séria

Os três entraram e sentaram no sofá . Rosalya contou que a polícia encontrou um fio de cabelo da Clara e do Liu e que não demoraria muito para chegarem na casa de Fernanda

- vamos para a casa do Lysandre! - falou Fernanda

(...)

Ao chegarem na casa de Lys, os mesmos contaram tudo que estava acontecendo

Clara estava no quarto de Kaya brincando com a bebê

- que fofa! - falou Liu ao entra no quarto

- cala boca... O que você quer? - perguntou

- conversar um pouco... Então como se sento? - Liu sentou ao seu lado

- me sinto bem... Eu acho? Não sei exatamente tenho duas personalidades! - abaixou a cabeça

- saber eu prefiro as duas... Você por que é doce e a outra por que é louca hahah! - sorriu

- queria ter um bebê! - falou carregando a nenê

- hahahah quem saber não está por vim! - piscou

- como assim idiota? - perguntou

- não usei camisinha... E gozei dentro de você, e você tomou algum remédio? - perguntou Liu

- não tomei nada... Acho que não vai acontecer ainda? - sorriu

- hahahaha então vamos tentar de novo? - sussurrou em seu ouvido

- Liu vaza daqui... Vou fazer ela dormi sai fora! - Clara o empurrou para fora

Clara sentou ao lado do berço da bebê e começou a cantar uma música de ninar e a mesma acabou adormecendo na poltrona

(...)

Depois de horas a ruiva escutou uma confusão lá em baixo

Clara on

Eu levantei da poltrona e sai do quarto, desci as escadas lentamente e vi a polícia levando os pais do Liu e os meus. Escutei alguém se aproxima e voltei para o quarto, Liu entrou e eu tampei sua boca

- shiii eu vi tudo... Vamos sai daqui! - falei baixo

- temos que tirá-los de lá... Vou deixar um bilhete aqui! - falou

- tudo bem! - fui até a janela e vi que não dava pra pula

Fiz uma corda de lençol e deu até a metade, mas deu pra pula depois. Eu e Liu fomos até a delegacia

Entramos e paramos na recepção e uma mulher nós atendeu

- bom dia crianças em que posso ajudar vocês? - sorriu

- bom é que estamos andando pela rua e um homen assaltou a gente! - falou Liu

- hum... Tudo bem esperem um pouco ok - antes dela ir eu a chamei

- por favor onde é o banheiro?- perguntei

- naquele corredor fofinha! - sorriu

Fui até aquele corredor e vi que no outro ficava as celas. Entrei no banheiro apenas para desfaçar e sai. Entrei no corredor das celas e vi um guarda

- o que faz aqui garota? - perguntou

- eu tava procurando o banheiro... acho que me perdi tenho um problema de memória e não consigo lembra de nada hahaha! - sorri e vi minha mãe numa cela com Rosalya

- hum... Venha comigo garota - sorriu malicioso

Vi a chave na sua cintura e o mesmo me levou para uma sala e a trancou

- tem um banheiro ali... Pode usá-lo gatinha! - sorriu

- obrigada mas eu queria outra coisa! - sorrir maliciosa e me aproximei dele

- e o que seria princesa? - perguntou

- seu pau dentro de mim !- o beijei

Ele me carregou me colocando em cima da mesa e passou a beijar meu pescoço . Escutei um tiro e quando abri os olhos vi Liu com uma arma

- lembrando que você é apenas minha e que isso não fazia parte do plano! - falou se aproximando

- cala boca Liu! - falei e o mesmo me beijou

- vamos salva nossos pais! - sorriu

Pegamos a chave e saímos

- mãe! - chamei e a mesma se levantou do chão

- Clara o que está fazendo aqui? - perguntou

- bom estou lhe salvando - abri a cela e as duas sairam

- vamos salvar o Leigh e o Castiel! - falou Rosa

Fomos até as celas dos homens e vimos o meu pai e o pai do Liu

- essa é minha psicopata! - falou meu pai

- vamos sai daqui rápido! - falou Liu

Clara off

(...)

Depois de fugirem da delegacia Rosalya e Leigh decidiram ir embora do pais, Castiel também concordou em fugir para outro lugar

Fernanda e Clara foram para casa e arrumaram suas coisas

- para onde vamos? - perguntou Clara

- não sei... Seu pai decidi, mas lembrando que seu nome é Beatriz e o meu Janaina ok! - falou Fernanda

- tudo bem... Terminei vamos! - falou

Fernanda e Clara foram um aeroporto particular , e quando chegaram viram Castiel e Rosa conversando com um cara de cabelos castanhos e olhos verdes

- Fernanda ainda bem que chegou... Veja isso! - falou lhe dando o celular e a mesma viu sua foto de fugitiva

- aqueles miseráveis... Não podemos sai do país sendo fugitivos - falou Fernanda

- calma Fernanda eu dei um jeito nisso... Pega essa é a sua e a da Clara são identidades e passaporte falsos! - falou Rosalya

- ta bom... Quem é esse cara? - perguntou apontando para o homem

- eu sou Kentin... E estou arriscando minha vida para salvar a do Castiel - falou Ken

Som de sirene policial foi ouvida e todos correram para o jato particular que estava na pista

- por favor todos coloquem os cintos vamos decolar! - mandou Kentin

O jato começou a anda na pista e a polícia parou bem na frente

- droga não vai dá tempo... Puxa Leigh!! - falou e o jato foi pra cima

- ATIREM!!! - falou o polícial

Umas das balas acertou o tanque de gasolina

- conseguimos... CONSEGUIMOS!!! - gritou Clara

- sim conseguimos... Mas vamos ter pousa na próxima eles acertaram o tanque de gasolina! - falou Kentin

Enquanto isso

- senhor parece que conseguimos acertar o tanque! - falou uma mulher

- parabéns Talya ... Localizem eles e prendam todos quero todos presos! - falou o capitão

- você saber que isso não vai funcionar! - falou a mulher atrás do mesmo

- o que está fazendo aqui? Deveria estar em casa! - falou sério

- estou trabalhando também e quando eles descobrirem a verdade vão te matar! - falou

- vá pra casa Izabel! - mandou e saiu andando

- LYSANDRE!!! - chamou a mulher

- VÁ EMBORA ESTOU MANDANDO!!! - respondeu

- pode ter certeza que nunca mais vai ver a Kaia! - falou séria

- ela é minha filha... Não pode tirá-la de mim! - falou

- é o que veremos... Capitão !- a mesma retirou o distintivo e a arma e colocou em cima do carro e foi embora

- senhor descobrimos o destinos deles !- falou a tal de Talya

- chame um jato! - mandou

Continua...


Notas Finais


Eita porra kkkkk fudeu tudo
Lys quem iria imagina


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...