História I Love You,Daddy. (Taekook Vkook) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Taekook, Vkook, Yonmin
Exibições 353
Palavras 757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Escolar, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


~Yoooooo :33
Boa leitura <3333333

Capítulo 25 - Jezus...ME SALVA.


Fanfic / Fanfiction I Love You,Daddy. (Taekook Vkook) - Capítulo 25 - Jezus...ME SALVA.

~Jin On.

Depois da declaração...

QUE EU AINDA NEM ACREDITO QUE ACONTECEU.

Nos fomos para o restaurando...Comi pra karalho.

Depois disso, Nam foi pra minha casa.

-Amor, vou tomar banho.

-Ok. ele disse se sentando no sofá.

Fui até meu quarto e peguei roupas...HOJE TEM.

Comecei o banho...Um banho rápido...Era meu terceiro banho já...Me sequei e vesti a roupa... "Uma blusa branca escrita Foda-me, uma saia rosa com listras brancas uma meia 7/8 branca e uma calcinha vermelha". 

Sequei meu cabelo mais um pouco e passei bastante perfume...SÓ VAMO FI.

Desci as escadas e vejo Nam sentado no sofá...Vou até o mesmo.

-Nan. Digo de uma forma manhosa.

O mesmo se vira pra mim e fica me olhando com os olhos arregalados, passou os olhos por todo o meu corpo e mordeu seu lábio inferior.

Nam se levanta e me beija, ele pediu passagem e eu cedi nam começa a apertar minhas coxas e dou um pulinho e entrelaço minhas pernas na cintura do mesmo, Nam me leva até a parede me fazendo bater nela sem parar o beijo, dou um pequeno gemido de dor, Nam sorri entre o beijo.

-Gostei da roupa, Jinnie...Principalmente da blusa. Ele disse atacando meu pescoço.

-Então faça oque está escrito. digo jogando minha cabeça para trás para que o mesmo tenha mais espaço.

-Com prazer.

Nam maltrata meu pescoço com lambidas e chupões e selares molhados.

-N-Nam.

-Me chame de Daddy.

PUTA QUE ME PARIU, AGORA ATÉ O NAM COM ESSE BAGUI DE DADDY.

-Broxei.

Nam começa a rir.

-Vou castigar sua bunda Baby. diz dando um tapa forte na minha bunda.

Nam sabe minha fraqueza...

-D-Daddy, me fode com força. digo entre gemidos.

Nam aperta minha bunda bem forte e inicia outra beijo selvagem.

SE ISSO CONTINUAR ASSIM ELE ME FODE NA SALA MESMO.

-D-Daddy, vamos para o q-quarto. digo com muita dificuldade, já que o mesmo não parava de me dar chupões.

Nam nem me responde e sai me carregando, ele sobe as escadas entrando no quarto e me jogando na cama, ele sobe em cima de mim e me dá mais beijos e retira minha blusa e a jogando aonde "Judas perdeu as botas e rasgou a meia".

Nam passou a língua em meus mamilos e depositando selares.

-D-Daddy. disse gemendo.

-Fica de quatro pro daddy. 

Eu apenas obedeci, e sinto o Nam enfiar um dedo sem me avisar.

-Daddyyy. Digo em um gemido de dor.

VADIO NEM PRA AVISAR.

-Daddy, vai cuidar de você. O mesmo diz e me da um tapa forte que com certeza vai ficar marcado, e começa a mexer o dedo que estava dentro de mim.

-Cretino. disse sem pensar.

-Oque disse Jin? Nam disse abaixando seu rosto até meu ombro.

-C-R-E-T-I-N-O. Disse pausadamente para desafiar o mesmo.

Ele não diz nada e sinto outro dedo me penetrar.

-Da-Da. Nem consigo terminar de falar e ele começa os movimentos de tesoura.

-Vai pensar bem antes de desafiar o daddy outra vez.

-Da-Daddy-ahh. eu gemia igual uma puta..CREDO.

O FILHA DA PUTA GOSTA QUANDO EU GEMO DE DOR.

-N-Não me maltrate d-daddy.

Eu começo a rebolar...Tava tão bom, eu não sentia mais dor...apenas prazer.

-Cuido bem de você, se for um baby bonzinho.

Logo sinto algo grande me penetrar...

VADIO.

-D-Daddy-aaaahh. O vadio me penetrou de uma vez, eu estava mordendo o lençol da cama.

-Mas, você é mal Baby. diz e me da um tapa na bunda.

ADORO ESSE LADO DO NAM.

Fico parado por um tempo e começo a rebolar...Nam começou as estocadas lentas mas fortes.

-Da-Daddy, me pu-puna eu sou um ba-baby mal. Eu disse já com uma respiração ofegante.

Logo sinto as estocadas rápidas e muito mais fortes, nam puxava minha cintura para que tive-se mais contato..E logo ele chega em minha próstata.

Solto um gemido alto.

-DADDY. 

Nam dava tapas fortes na minha bunda, ele tava castigando ela...coitada.

Nam estava muito agressivo.

-D-Daddy, se continuar assim e-eu não an-ando amanhã. 

-É isso oque eu quero.

Já disse que ele é um vadio? Então.

Nam começa a masturbar meu membro esquecido, e logo eu gozo em sua mão e na cama e ele se desfaz dentro de mim.

Eu caio na cama e Nam cai ao meu lado e me abraça.

-Eu te amo, nam. digo ainda muito ofegante.

-Eu também te amo. 

-Vamos tomar um banho...Quero dormir. digo encostando minha cabeça no peitoral de nam.

-Você não vai dormir hoje. 

eu arregalo os olhos.

-Pronto pro segundo round? Ele diz já subindo em cima de mim.

-JEZUS ME SALVA.

 


Notas Finais


~YOOOOOOOOOOOOO
Esperoo que gostem :333
<3333333333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...