História I love your troublemaker - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Tags Bts, Jimin, Suga
Exibições 19
Palavras 1.693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Incesto
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa pela demora, é véspera de semana de provas e eu tenho que estudar, mas tae, boa leitura

Capítulo 17 - Da noite escura para o novo dia


Fanfic / Fanfiction I love your troublemaker - Capítulo 17 - Da noite escura para o novo dia

Ele me pega no colo, a força, me coloca na cama, e começa a me beijar,

Tento afastá-lo mas ele prende meus braços acima da minha cabeça e volta a me beijar, ele passa a mão por baixo da minha blusa,em seguida aperta meu peito me fazendo gemer baixo, já sabia o'que ele ia fazer, mesmo eu não querendo, será que ele era mesmo o meu Irmão para fazer isso?, eu ainda não estou pronta para isso, de repente  ouço alguém  bater na porta, devia ser a minha mãe.

- filho, tá acordado? - jimin para de me beijar no mesmo segundo, ele faz um sinal de silêncio, e responde.

- Sim mãe, ainda estou acordado - ele tampa a minha boca.

- sabe onde está a Kira? - ela pergunta novamente, fazendo o jimin me olhar.

- Não  eu não  sei - ele responde, ouvimos o barulho do salto se afastar, indo para outro cômodo  da casa.

~ se você gritar, Vai se arrepender ~ ele sussurra  calmo.

~ então me deixa ir embora, por favor, olha o'que você  está fazendo, não  acha que já é demais? O'Que você  quer eu não  posso te dar, quer um beijo abro exceção, mas por favor não  faça isso - sussurrei  quase chorando  

Ele Me solta, eu me levanto, ele ainda continua a olhar fixamente para os meus olhos, em seguida me abraça.

- me desculpa, não  sei onde estava com a cabeça - me afasto dele sem dizer  uma palavra, apenas uma lágrima escorre pelo meu rosto, mas a limpo rapidamente, Jimin me olha  arrependido, saio  do quarto antes que ele fale mais alguma coisa.

Entro no meu quarto, Fecho a porta e tranco a mesma, me joguei  na cama, e várias lágrima rolaram   pelo meu rosto, comecei  a dar pequenos  soluços, eu não  tinha ideia porque eu estava chorando, se era porque o meu Irmão  foi sujo o bastante para isso  ou porque eu não  podia contar sobre aquilo com ninguém para aliviar a dor, a Giovanna era a única que sabia mas não  muito, tenho medo de que ela conte pro suga querendo ajudar e ele entenda de outra maneira e termine comigo, a única coisa que eu poderia fazer era evitar, na verdade fui eu que dei corda para tudo isso, porque eu não  posso ser uma Irmã  normal e ter um irmão que briga o tempo todo?  

Apago as luzes do meu quarto e vou dormir, amanhã  tenho aula então  tenho que estar disposta  para encontrar aquele quadro com textos  enormes e um monte de explicações que eu não  intendo.

(Outro dia)

O despertador toca avisando que é hora de levantar, mas pra mim está dizendo que ainda tem tempo de tirar mais um cochilo, Então eu  eu aperto o botão  soneca e tiro um cochilo de 5 minutos, me levanto e vou me arrumar, tomei um banho rápido para não  me atrasar, saio do banho em seguida coloco  meu uniforme, arrumo minhas coisas, desdo para cozinha com a minha mochila, logo quando entro na cozinha minha mãe me cumprimenta.

- Bom dia filha, pronta para começar a estudar de verdade?

- nossa, Super - respondi sarcástica, olho em volta e não vejo o Jimin em lugar algum, estranhei ele sempre vai acompanhado da minha mãe  para a faculdade.

- mãe,  onde o Jimin está?  

- ele saio mais cedo, disse que queria chegar cedo na faculdade, foi até  com o carro dele, geralmente ele só usa para sair no fim semana - ela fala pegando o café  em cima da mesa, e indo pra sala, imagino o porquê   de ter ido mais cedo, olho para as horas marcadas no meu celular  e faltava pouco minutos para ir,  eu tomo o meu café rapidamente,  em seguida pego minha mochila, vou dar tchau para minha mãe que está na sala olhando alguns papéis.

- mãe, até  mais tarde - digo saindo.   

- tchau!

(...)

No caminho para escola me encontro  com a Giovanna e com o Suga, Suga Não  soltava a minha mão  pra nada, estranhei um pouco no começo mas depois me acostumei, nunca andei de mãos  dadas com um namorado, até  porque nem namorado eu tinha ( aish, que vergonha  >_< )  mas logo lembrei do certo motivo do problema Do Jimin ontem e logo me veio a curiosidade, quem era o cara que abriu a porta no momento em que o Jimin estava lá?  

- Gi, ontem o Jimin me disse que tinha um cara na sua casa e você  disse que era seu namorado, como isso aconteceu?  

-  Promete que não  vai contar nada a ele? - ela fez um expressão preocupada.

-  sim, eu prometo.

- é que eu já estava avançada de ouvir o papo de arrependimento do Jimin, por isso eu disse que o Beak  era meu namorado , quando na verdade ele é só o colega da aula de Arte que eu Tenho e que veio fazer um trabalho em dupla que o professor passou .

- nossa, eu nem sabia que você  fazia aula de artes, mas de boa, ontem ele ficou super na Bad e começou  a beber.

- Ele oque ? - ela pergunta surpresa.

- aff, depois te dou os detalhes.

Chegamos na escola, e logo todos começam  a olhar, fiquei me perguntando  o porque de todos estarem me encarando, mas ai lembro que Suga ainda está segurando a minha  mão, a solto na mesma Hora, sem pensar no ato, Suga me olha esperando uma explicação  para isso, mas a única coisa que conseguiu  sair foi.

- todos … olhando  

Suga agarra a minha mão  mais uma vez, só que dessa vez mais forte,e nos leva até  a sala de aula, onde não  havia ninguém  ainda.

- o'que  foi? - ele perguntou fechando a porta e parando na minha frente.

- Todos olharam pra gente, Todo mundo sabe que a Rachel ainda gosta de você.

- foda - se  essa menina, ela pode ser até  popular mas não  passa de uma  menina mimada e mentirosa - ele diz nervoso.

Dou  de ombros, olhei  em volta e a sala está completamente vazia, só havia nós dois ali.

- Suga~ eu o chamo

- sim?  

Não  pude falar nada, por isso eu o beijei, poderíamos nos ferrar por estarmos nos beijando em sala de aula, coisa que era totalmente  proibida assim como todas as escolas o castigo era severo por isso para na mesma Hora, devo ter ficado corada, pois ainda não  me acostumei com esse papo de beijo ou carinho, Suga me olha com uma cara de “oque!?”

- desculpa foi por impulso, eu não  sabia oque fazer para tirar esse clima chato então… - antes que eu dissesse mais alguma coisa ele me beija, ele me puxa pela cintura fazendo nossos corpos colarem, entrelaço  meus braços no seu pescoço, mas nos deparamos por falta  de ar  

- Acho que esse assunto não  existe mais, aliás  no que estamos falando ? - ele perguntou brincalhão  

- eu não  me lembro - escutamos uma conversa vinda do corredor, nós  nos separamos rapidamente, Rachel entra na sala e faz cara de reprovação ao nos ver, ela se senta no devido lugar, logo todos os alunos começam a entrar, todos olhando e sussurrando uns com os outros

- kira, vou indo - ele diz

- até  mais - digo  sorridente como se não  tivesse reparado no olhar amedrontador da Rachel,  me sentei no meu lugar, Giovanna ainda não  havia chegado, deve estar no banheiro, tiro meu material da mochila colocando em cima da mesa, em seguida Giovanna chega e senta na carteira da frente

- Onde você  estava? - pergunto

- Eu estava ajudando a professora, você  não  sabe o'que eu acabei de descobrir -  ela faz um suspense me deixando curiosa

- o'que é? - pergunto

Mas antes que ela falasse, a professora  entra e pede para que todos façam silêncio, todo ficar calados esperando   que a professora falasse mais alguma  coisa, de repente entram mais  3 alunos, não foi a mínima  e direciono meu olhar para a janela, estava apenas escutando a fala da professora  

- Bom parece que estamos recebendo  Muitos alunos no meio do ano, acho que já está bom, a cota de alunos já encheu-  diz ela com uma ar brincalhão  - podem se apresentar meninos

- olá, meu nome é Seokjin, mas podem me chamar de jin - uma voz angelical fala  

- Meu nome é Taehyug mas podem me chamar  de Tae - o outro aluno tinha uma voz mais grave

- olá  meu nome é Jeon Jungkook, me chamem de Jungkook, espero me dar muito bem aqui pelo resto do ano - o último fala, quando volto a olhar pra eles, ficou surpresa e animada, não  sabia que o Jungkook morava perto, acho que agora é a chance me tornar uma amiga melhor já que estamos  na mesma sala novamente  

- você viu que fofo? - ela falou  suspirando, já sei o'que deve ser isso, mas tenho e medo de perguntar e ela pronunciar  o nome Jungkook

- Qual qual deles? -  pergunto esperando que que não  fosse a resposta que estava pensando

- O Jungkook - ela vira para trás para dar a resposta, mas continua a olhar para o Jungkook -  óbvio, olha só aquele sorriso, nossa acho que estou apaixonada, hihihi -  ela dá alguns risinhos  

- sente - se ali - a professora   pede ao Taehyung apontando  para o canto direito da sala - Você  vai se sentar no meio - ele se direciona ao Jin

E por último o Jungkook, ela aponta para a carteira  vazia ao meu lado, Ah merda, isso tá parecendo um Dorama não é? É sempre assim quando menos se espera o cara senta do lado da menina que ele gosta, aí  ele reconhece  ela, ao eles peçam o intervalo juntos e por aí vai, Jungkook ainda parado no meio da sala, olha para a carteira em seguida para mim, assim abrindo um sorriso, que nem eu pude deixar de achar lindo.


Notas Finais


Então Gente oque acharam?
Se gostou compartilha com as amigas
Obriga até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...