História I Loved Her - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Alfredo Flores, Chaz Somers, Chris Beadles, Hailey Baldwin, Ryan Butler
Exibições 109
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amores bom, em primeiro lugar eu queria dizer que ainda não tenho dia fixo para postar então...

Capítulo 2 - Lua de mel


Fanfic / Fanfiction I Loved Her - Capítulo 2 - Lua de mel

Point Of View Justin

Eles me levaram a uma delegacia na qual pegaram tudo que era meu e estava em meu bolso.

O policial me arrastou para um local aonde tirei minhas roupas e tive que tomar banho em um imundo banheiro.

Quando terminei, vesti uma roupa laranja e então, me arrastaram para um cela, na qual eu estava sozinho.

Respirei fundo ainda atordoado e então deitei na cama.

Flashback on

Point Of View Jasmine

Não fazia ideia se a festa tinha acabado, não ficamos para ver. O Justin pegou o jatinho e me levou para onde seria nossa lua de mel.

Em uma ilha do Brasil, não sabia pronunciar o nome então nem tentaria.

Só sei que para chegarmos lá além do jatinho tivemos que pegar um carro e depois uma lancha.

Quando chegamos olhei para a cara na qual iríamos ficar então dei um leve sorriso para o Justin.

— Vamos nadar ? — ele murmurou retirando aquela camisa de botões e logo depois a calça. Concordei com a cabeça então ele deu um leve sorriso. — te espero no mar!

Vi o Justin sair e me aproximo da porta enorme de vidro, vi ele se afastar cada vez mais e logo retirar aquela cueca.

Neguei com a cabeça retirando o meu vestido e logo depois a minha roupa íntima, vou até a mala abrindo a mesma então, vejo que não tinha nenhum biquíni.

— Mariana! — murmurei revirando ao meus olhos e então corri ao banheiro pegando a uma toalha de banho enrolando a mesma por meu corpo.

Solto meus cabelos e então, em passos longos sai de casa logo diminuindo os mesmos.

Retirei a toalha deixando a mesma cair no chão, então, me aproximei entrando na água e logo ficando a frente do Justin.

Pelo frio me abracei nele então o mesmo levantou meu rosto. E murmurou :

— Eu te amo senhora Bieber

Eu pude garantir que sua voz estava repleta de orgulho. Então, o Justin me deu um leve beijo e me puxou para seu colo.

Sem pensar duas vezes retribui ao seu beijo que foi se tornando mais intenso a cada instante.

O Justin foi saindo da água devagar e eu realmente pensei em reclamar por ele só me molhar ainda mais quando ele me pôs no chão.

Justin me pegou no colo como se eu fosse um bebê e então, me levou para uma cabana perto da casa.

Dei um leve sorriso ao ver aquelas velas acessas e as rosas no chão.

Antes que eu pudesse reparar mais em algum detalhe Justin me abraçou por trás e começou com beijos por meu pescoço, Justin então fez um coque em meus cabelos e segurou com suas mãos puxando minha cabeça para trás.

Dou um leve suspiro logo sentindo a outra mão do Justin descendo entre meus seios até chegar na minha barriga. Ele abriu minhas pernas com sua perna esquerda e então levou sua mão até minha intimidade.

Seu dedo percorreu toda minha úmida buceta e logo massageou ao meu clitóris por um curto tempo, pois logo se afastou de mim e me jogou em uma cama que tinha ali.

— Eu vou te foder, até você pedir total arego. — Justin murmurou e então eu dei um leve e baixo suspiro

— Vamos foder a semana inteira então, por que querido. Eu nunca vou pedir arego de você.

Point Of View Justin

Sim, naquele momento mais uma vez ela me fez perceber que tinha escolhido a mulher certa.

Puta merda, aquela era a minha versão feminina e eu amava o jeito que mesmo sem controle ela queria me controlar.

Quando ela falou aquilo eu rapidamente pulei encima dela começando a beija-la com uma puta intensidade.

Minhas mãos passeavam pelo seu corpo fazendo ela dar leves suspiros.

Eu cortei nosso beijo e então desci para sua clavícula dando um chupão ali então, desci mais até chegar em seus seios.

Ah, aqueles belos e perfeitos seios, eu levei mais mãos até os mesmos apertando eles com força logo, começo a chupar o seu mamilo direito enquanto o outro eu brincava com meus dedos.

Começo a intercalar entre os dois e logo desci por sua barriga dando um leve beijo por cima da mesma.

Abri suas pernas descendo por sua virilha dando beijos ao redor da mesma e então comecei a chupa-la.

Um de meus dedos foi até a sua apertada entrada então, comecei a fazer movimentos de vai e vem com o mesmo logo colocando outro dedo me fazendo dar um suspiro por sua buceta apertar meus dedos.

Ela gemia, tentava controlar e reprimir os gemidos porém ela esquecia e seus gemidos ficavam mais altos.

Subi os beijos por sua barriga logo depois indo para seus lábios aonde lhe dou um selinho.

Continuo à fode-la com meus dedos até que a mesma tira-os da sua buceta logo mudando nossa posição.

Point Of View Jasmine

Ao mudar nossas posições dou um leve sorriso para ele ficando encima do mesmo.

— Agora é minha vez de brincar baby...

Comecei a dar beijos por seu maxilar logo descendo devagar por seu pescoço aonde dei um chupão.

Desci devagar dando chupões e mordidas por seu peitoral e abdômen.

Cheguei perto do seu membro e então levei minha pequena e delicada mão para o mesmo aonde começo com movimentos de vai e vem.

O Justin fechou ao seus olhos jogando a cabeça para trás, levei a ponta da minha língua passando a mesma por todo seu pau até chegar a cabecinha aonde passei a língua ao redor.

Logo, abocanhei ao seu pau colocando inteiro em minha boca, lógico que eu me engasguei, então subi devagar começando a chupar só aonde minha boca dava enquanto o resto eu masturbava.

Justin embolou suas mãos em meus cabelos e logo me puxou para cima me pondo embaixo do mesmo.

Justin me virou na cama me deixando de bruços e então abriu minhas pernas, ele passou o dedo por minha intimidade me fazendo cravar as unhas no lençol e dar um baixo gemido.

Justin então encaixou seu membro em minha intimidade começando a me torturar, afinal, ele ia lentamente.

Dei um gemido em reprovação e então um tapa foi dado em minha nádega direita. Justin então começou a aumentar o ritmo das estocadas me permitindo a ouvir os seus baixos e roucos gemidos.

Point Of View Justin

Eu a coloquei daquela posição pois facilitava meu pau de entrar totalmente nela.

Eu tentei ir lento mas ela era tão apertada e quentinha que eu não me aguentei.

Comecei a foder aquela bela buceta rosada e então ouvia os gemidos dela aumentando cada vez mais.

Saio de dentro dela ouvindo murmúrios de reclamação então, viro a mesma de barriga para cima e então a penetro sem aviso algum.

Suas unhas viram em contato com minha pele, aquilo com toda certeza iria arder e doer depois.

Senti sua buceta ficar mais apertada ao redor do meu pau e logo se contrair. Comecei com as estocadas mais fortes e então senti sua buceta engolir meu pau e logo depois soltar.

Ela fraquejou as pernas e então gritou o meu nome o que me fez gozar dentro dela.

Soltei um leve murmuro escondendo meu rosto em seu pescoço.

Point Of View Jasmine

Minhas pernas tremiam, eu tentava segurar, eu tentava pois eu queria o Justin dentro de mim por mais tempo, mas, soltei meu orgasmos e seu nome saiu de minha boca.

O Justin logo se liberou dentro de mim e caiu por cima escondendo seu rosto em meu pescoço.

— Espero que tenha usado camisinha ! —murmurei querendo rir.

— Quem usa capa é o Batman, duvidou. Eu já tô te fodendo!  —justin disse me fazendo revirar os olhos.

Flashback off

Abri meus olhos e olhei para minha calça, eu estava duro. Como podia? Minha mulher estava morta e eu estava duro.

Eu realmente preciso de tratamento contra meus desejos estranhos


Notas Finais


Gente, muito obrigada pelos favoritos no primeiro capítulo... Vocês não sabem como isso é importante para mim ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...