História I make the people happy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen, Kris Wu, Lay, Xiumin
Tags Chen, Chenmin, Lemon, Xiumin, Yaoi
Exibições 24
Palavras 1.180
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


MINHA FIRST HISTORIA CHENMIN VIADO QUE EMOÇA1
passei meses pensando em uma historia e finalmente conseguiiiiii
espero que gostem meus totosos <3
KISSUS
Boa Leitura :3

Capítulo 1 - Two Lifes


Fanfic / Fanfiction I make the people happy - Capítulo 1 - Two Lifes

Capítulo 1 - Two Lifes

 


Kim MinSeok era um jovem de 25 anos. Coreano,cabelos pretos, estatura mediana e era pobre. Seu ganha pão era uma coisa que ele amava fazer desde que se conhecia por gente. Divertir as pessoas. Algo simples porém ele gostava,gostava de ouvir palavras como "wow você é o palhaço mais engraçado que ja vi" ou " Você fez meu dia melhorar".
Vocês devem pensar "MinSeok deve ser muito feliz então, mesmo com sua dificuldade ele devee ser feliz", Não, a realidade não é bem assim.
MinSeok usava todo seu dinheiro para poder comprar drogas lícitas ou ilícitas. Ele tinha depressão desde os 10 anos depois que seus pais o abandonaram. Ele odiava dizer seus problemas pois achava que isso que fazia as pessoas se afastarem de sí. Então começou a fazer algo que fez todos gostarem dele. Palhaçadas.
Isso alegrava qualquer pessoa com bom senso de humor. Ele cresceu fazendo isso e quando fez 15 anos começou a deixar um chapéu colorido no meio da praça e fazer apresentações vestido de palhaço. Seu sorriso animava várias crianças e seu nome artístico virou Xiumin, o palhaço divertido. Todos adoravam seu trabalho como animador. Porém assim que dava seis horas ele se despedia com um grande sorriso e ia para sua casa. - Que mais era um apartamento de quinta que ficava perto do ponto de prostituição -. 
Ao chegar lá seu sorriso estava morto, seus olhos perdiam a vida que tanto parecia ter em meio aos sorrisos. Aos poucos suas vestes são jogadas pelo apartamento e já em seu banheiro simples ele arrancava sua maquiagem risonha e colorida para dar lugar ao seu rosto frio e vazio. MinSeok não era um bom menino. Bons meninos eram felizes por ajudar as pessoas. MinSeok apenas queria seu dinheiro para uma boa cocaína e uma garrafa de um whisky qualquer. 
Após tomar seu banho ainda de toalha contou o dinheiro que recebera. Mais de 200 mil wons , uma belissima quantia. Sorrindo de maneira prazerosa retirou seu celular e ligou para seu vendedor preferido para comprar suas fontes de sustento. YiFan, ou Kris como era conhecido. Ele era um amigo intimo - Muito intimo - de MinSeok. Eles eram dos tipos que quando  queriam uma ajudinha para saciar seu prazer sexual ou por drogas ligavam um para o outro.
É, talvez MinSeok não seja tão feliz quanto demonstra ser nas ruas. Ou talvez ninguém entenda seu ponto de felicidade. Não sabem como ele fica feliz quando acaba chapado de alguma droga boa que ele injeta em sí. Ou quando fuma um maço inteiro de cigarro Lucky Strike acompanhado de uma vodka vagabunda que comprou em um bar qualquer. Ah aquelas drogas, realmente faziam o pequeno garoto sorrir feito um psicopata após matar suas vítimas. É, talvez MinSeok tenha seu paraíso particular.
{...}
Kim JongDae era um garoto com problemas de auto-estima, já havia tentado se suicidar 2 vezes. Uma por medicamentos, outra por enforcamento. Felizmente ou não seus pais sempre chegavam no momento em que ele estava apenas incosciente. Ele tinha apenas 20 anos. Ele era alguém de poucos amigos. Bem poucos, na verdade JongDae só tinha um amigo. YiXing. E com ele estava conversando no momento no jardim de sua casa - Mansão-. Eles eram amigos desde que se entendiam por gente, e a amizade tinha lá seus benefícios.
JongDae cresceu metade de sua vida sendo repreendido e levando sermões por não ser perfeito como seus pais se achavam ser. Os magnatas Kim's pais de JongDae valorizavam mais seu precioso dinheiro , do que passar uma tarde de sábado com seu filho. Das duas vezes que encontraram JongDae os motivos foram os mesmos. Reclamar sobre seu amado filho não estar fazendo seu trabalho como herdeiro dos Kim de maneira certa.
Mesmo seus pais o vendo em um estado deploravel, não parecia afetar seus corações inundados em dinheiro e riquezas. JongDae era um garoto excluído e suícida. Ele não gostava de riquezas. Para ele dinheiro e coisas caras não traziam felicidade. Para ele, uma boa piada, um momento cheio de risadas e um bom papo era tudo para deixa-lo animado. JongDae só queria momentos puros e únicos sem a ajuda do dinheiro. Talvez JongDae só precisa de alguém para faze-lo sorrir de verdade.
E foi assim que naquela praça eles se conheceram
MinSeok estava fazendo mais uma de suas apresentações naquela praça tão conhecida por sí. Seu público de época ainda iam vê-lo nos mesmos horários. Era já entendiante para MinSeok saber a rotina de cada um. Mas para cada um cada apresentação de MinSeok era uma coisa nova. 
Ele estava dando pulos com um balão em formato de coração e logo entregou para a criança que um pouco antes disso havia colocado uma nota de mil wons dentro de seu velho chapéu colorido. Ele sorriu para a criança e logo voltou para suas palhaçadas que encatavam jovens, adultos e idosos. MinSeok era a alegria daquelas crianças.
E bem numa quinta feira as três e quarenta e cinco da tarde, um garoto que vestia uma roupa -Que MinSeok julgava ser cara- parou ali em frente ao palhaço observando seus movimentos com um sorriso bobo e até mesmo inocente.
Tinha algo que JongDae admirava mais que seu melhor amigo. Palhaços. Ele gostava de palhaços. E por isso, naquela tarde ele se juntou ao meio da roda para ver o palhaço animando as pessoas.
MinSeok queria arrancar mais dinheiro para seus LSD, e aquele jovem com roupas caras lhe parecia uma ótima renda de dinheiro fácil. Começou a fazer suas palhaçadas perto do rapaz o fitando com um rosto amigável. 
Depois de entregar até uma flor de plástico que havia tirado do bolso grande para o rapaz, viu finalmente o garoto tirar de sua carteira 3 notas de wons e colocar no grande chapéu. Continuou seu show até as seis, e o garoto ainda estava alí. 
-Hm, olá eu me chamo JongDae. - O garoto denominado JongDae sorriu amigávelmente.
- Ah ola garoto me chamam de Xiumin , quer mais um balão de cachorrinho? Ou talvez uma flor? - MinSeok fez sua voz doce para deixar o garoto amolecido.
- Na verdade eu gostaria de te agradecer. Sabe, passo por coisas díficeis e puxa ver seu show me deixou realmente feliz e me fez esquecer esses problemas chatos - Ele disse com uma sinceridade que surpreendeu MinSeok nunca realmente chegaram nele para falar aquilo. - E eu irei voltar todos os dias para te ver, Xiumin. - Com seu melhor sorriso JongDae se despediu e saiu andando até seu carro para ir até sua casa.
MinSeok ainda fitava a silhueta do garoto até ele desaparecer de vista.Assim que ele terminou de guardar suas coisas foi andando para seu apartamento calmamente pensando no que o garoto havia dito. Para MinSeok aquilo era ótimo.
Mais dinheiro para comprar suas pequenas felicidades.
JongDae estava ansioso para o dia de amanhã. Queria ver logo seu novo palhaço favorito. Para JongDae ele iria voltar a sorrir verdadeiramente. Aquilo era ótimo para JongDae. 
Finalmente teria sua felicidade pessoal.
 


Notas Finais


Entãaaaao oque acharam meus totosos ? <3 <3
espero que tenham gostado (desculpem se houver algum erro)
logo irei postar o cap 2 não se preocupe e.e.e.e.e
~XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...