História I Miss You - Wenri - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Wendy, Yeri
Tags Fanfic, Irene, Joy, Redvelvet, Seulgi, Wendy, Wenri, Yeri, Yuri
Visualizações 12
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Fico feliz com os comentários e favoritos - eu achava que não ia ter nenhum.
Espero que gostem ^^

Capítulo 2 - Capítulo 2


- Bom dia, alunos. Como vocês já deveriam ter conhecimento: A partir do primeiro ano vocês terão algumas aulas extras com monitores...

Senhor Andrew, o único homem de setenta e um anos que ainda insistia em ser diretor mesmo odiando adolescentes. Há aqueles que dizem que o único motivo que prende o Senhor Andrew à escola é que sua esposa não o suporta mais e o faz sair de casa para ela não ter o desagrado de olhar para sua cara durante o dia inteiro. Não posso culpá-la mas também não concordo com tamanha indelicadeza. Enfim, são apenas boatos.

-Espero que vocês já tenham em mente quais matérias vão querer monitoria... - ele abriu a porta e entrou doze jovens talvez um ou dois anos mais velhos que a nossa turma. Cada um expressava uma emoção diferente. Um olhava para os lados desviando o olhar de todos, já  outro inflava o peito e passava a mão pelo seu topete - que só estava em pé graças a toneladas de gel-, mas a que mais chamava a atenção era uma garota que mostrava sua bela arcada dentária de cabeça erguida-. Agora se levantem, aos poucos, e escolham suas matérias.

Não fazia ideia de quais matérias escolher mas isso não me impediu de ser a primeira a levantar. Só conseguia olhar para a garota sorridente. Ela era com certeza mais velha que eu porém parecia ser um pouco mais baixa, seu cabelo castanho-mel caia por cima dos ombros, ela usava um suéter azul por cima da farda que combinava perfeitamente com a prancheta que segurava na mão esquerda. A suéter-azul parecia ser o protótipo perfeito de boa garota enquanto os outros se dividiam entre delinquentes e nerds insuportáveis.

Eu havia sido a primeira a levantar mas não a primeira a andar. Eu permanecia em pé ao lado da minha carteira tentando imaginar quais matérias seriam menos torturantes quando alguém muito mal-educado passou correndo e derrubou uma garrafa d'água sobre meu uniforme.

- Mil desculpas, Yeri - a pessoa parou de correr e se virou. Eu estava certa ao chamá-lo de mal-educado, aquele era meu melhor amigo, Johnny.- Você sabe que cada monitor só pode pegar uma turma com dez pessoas e eu preciso conseguir entrar para alguma matéria que não me mate de tédio.

As regras para se inscrever em alguma monitoria eram bastante claras: Estar no primeiro ano, se inscrever no mínimo em três e no máximo em seis e cada monitor teria direito a uma turma com dez alunos que seriam escolhidos por ordem de chegada para fazer a matricula. Ou seja, se eu não corresse também ficaria com as piores matérias.

Saí desesperada. Embora alguns duvidassem por minha inquietude, eu era a melhor da classe, se não do colégio, e precisava conseguir ao menos a monitoria de álgebra. Quando cheguei nos monitores procurei desesperadamente a matéria tão desejada e... Digamos que eu estava com um pouco de sorte. A garota sorridente agarrada com uma prancheta era a monitora de álgebra.

- Bom dia, gostaria de se inscrever para as aulas extras de álgebra? - ela perguntou mostrando ainda mais sua arcada dentária. Apenas peguei a prancheta e assinei meu nome.

 

 

- Yeri-ah! - Johnny vinha em apressados passos na minha direção, sua cara de raiva demonstrava que eu tinha feito alguma coisa errada.- Posso saber o porquê de você ter se inscrito nas piores matérias?

- Piores matérias?

- Sim! Você escolheu física, química e...- ele fingiu um vômito.- Álgebra!

- E quais matérias "maravilhosas" você escolheu, então?- falei com sarcasmo e dei espaço para ele se sentar no banco.

Estávamos no pátio, para ser mais exata estávamos passando o intervalo no banco mais escondido do pátio porque não suportamos a maioria das pessoas daquela escola, e também porque a maioria das pessoas daquele escola não nos suportam. Eu, a nerd menos nerd de todas. Quem me conhecesse compararia meu comportamento com o de um demônio desequilibrado e não com o de uma garota que tem aquela quantidade absurda de medalhas de competições de conhecimento. E Johnny, um garoto que em 90% das vezes faz piadas e no resto tem umas reflexões dignas de um filósofo famoso, claro, não posso esquecer que é o inimigo número um da álgebra. Juntos nos somos a melhor e mais odiada dupla da escola.

- Obvio que escolhi meu trio sagrado - ele revirou os olhos como se sua resposta fosse a mais óbvia de todas. E era.- Arte, literatura e filosofia.

- Você é tão entediante.

- E você é tão clichê.

Deitei minha cabeça em seu colo e comecei a contar o tempo para o fim do intervalo, mas não cheguei a contar exatos dois minutos e minha contagem foi atrapalhada por uma cutucada no meu ombro.

O protótipo de boa garota, vulgo minha monitora, estava parada na minha frente segurando um papel. Não posso esquecer de comentar que agora ela se encontrava sem jeito.

- Com licença. Senhorita Yeri, certo?- ela nem esperou uma resposta e já continuou.- Como você já deve saber, você precisa fazer uma prova para saber o seu nível nas disciplinas escolhidas e o teste de álgebra ficou agendado para a penúltima aula da sexta da próxima semana, tente chegar na hora - ela já estava indo embora quando voltou subitamente e estendeu sua mão para um aperto.- Me perdoe pela falta de educação, meu nome é Wendy.

 

 

O sino da escola tinha acabado de soar e, se o horário estiver certo, agora eu deveria ter aula com a professora de Biologia, mas me despedi de Johnny, que ainda me encarava feio pela minhas escolhas de matérias, e segui direto para o bloco de álgebra. Meu teste deveria começar em cinco minutos.

Metade da sala estava vazia. A meta era cada monitoria ter dez alunos, e naquela sala deveria ter três ou quatro turmas e por pouco não conseguia encher metade do espaço. Não tinha ninguém para culpar por isso. Álgebra não era uma matéria muito atrativa para grande parte das pessoas. A grande quantidade de cadeiras vazias não impediu uma garota de se sentar ao meu lado. Pela sua estatura e minha falta de familiaridade com ela, julgo que ela deve pertencer ao terceiro ano. Ela batia seu pé no chão com inquietude, demonstrando a ansiedade que exalava de seu corpo.

- Eu odeio ter que fazer essa prova a cada seis meses. Ela não vale nada mas me deixa tão nervosa...- ela olhou em minha direção e pude notar seu olhar meio distante.

- Você é de qual sala?

- Sou Joy, do segundo ano -. Ela sorriu e esticou o braço, tendo tanto o aperto de mão quanto o sorriso retribuído.

- Joy? Tipo, Alegria?

Ela riu.

- Sim. Um apelido não tão comum para alguém da minha idade, mas se preferir pode me chamar de Sooyoung.

Ela, mesmo sentada, parecia esbanjar alguns centímetros a mais do que eu. Tinha o cabelo castanho preso num rabo de cavalo e exibia o sorriso mais doce que meus olhos já presenciaram. Não poderia esquecer de comparar seu rosto com um pêssego.

- Sou Yeri ou Yerim, como preferir.

- Você não me é familiar, imagino que seja do primeiro ano. Certo?

Só havia notado agora como até sua voz parecia incrivelmente doce, o que fazia o ato de falar com ela incrivelmente cômico.

- Exato.


Notas Finais


Não sei de quanto em quanto tempo deveria postar a história, mas não se preocupem que não vai demorar esse quase um mês novamente.
Deem muito amor a I Miss You - Wenri ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...