História I Missed You - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Namseok, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 21
Palavras 966
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Fluffy, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, finalmente estou continuando o capítulo, me perdoem pelo atraso e por estar curto(?).
PS: Primeira vez que posto pelo celular, me desculpem qualquer erro.

Capítulo 5 - I Like You


Fanfic / Fanfiction I Missed You - Capítulo 5 - I Like You

A tarde com meu pai se passou rápida, foi melhor do que eu pensava que seria, a tempos não me divirto com ele. Chego no dormitório e vejo Hoseok atrás da bancada da cozinha bebendo um copo da água, coloco minhas chaves em cima da bancada onde ele estava.

-Jung...

Ele vira para o outro lado quando o chamo, o que me fez ter uma bela visão de suas pernas a amostra por conta da bermuda pequena que o mesmo usava, mordi meus lábios e balancei a cabeça tentando tirar todos os meus pensamentos perversos.

-Como ele está? - Pergunto suspirando.

-Melhor...- Respondeu seco. -Só quebrou um dente. - Continuou agora de frente para mim. -Por que fez aquilo?

-Eu estava de cabeça quente. - Respondi calmo.

-Cabeça quente? E tinha que descontar nele? - Ele pergunta levantando o tom da voz.

-Ele estava muito perto de você, ele iria te beijar. - Respondi no mesmo tom que ele.

-Ele tem namorado e além do mais o que tem ele me beijar ou não?

-Ele ter um namorado ou não, não vai o impedir de beijar você. - Falo irritado. -Agora, você quer saber o que? - Chego mais perto dele quase colando nossos corpos. -Você é meu, Jung Hoseok e de mais ninguém, entendeu? - Pergunto encarando seus olhos.

-O-o q-que vo-você quer dizer com isso, Namjoon? - Ele estava gaguejando e totalmente corado, isso me fez sorrir.

Peguei em sua nuca aproximando nossos lábios, era tão bom sentir sua respiração na minha pele. Logo colo nossos lábios em um beijo calmo, estava morrendo de saudades de sentir aqueles lábios. Ele cedia ao beijo algo que me impressionou, porque pensei que ele me empurraria ou algo do tipo, sorri entre o beijo. Afastamos o beijo somente pela maldita falta de ar.

-Nam, o que foi isso? - Ele perguntou e eu peguei sua mão levando para meu coração.

-Você sente? - Pergunto olhando para meu peito. -É assim que você me deixa, Hoseok. - Olho em seus olhos. -Você me faz te amar mais do que um amigo.

Ele parecia em choque, pensei por um momento que a nossa amizade acabaria aqui para sempre, pensei até que ele iria se afastar de mim. Ouço uma outra voz vindo em nossa direção.

-Obrigado pelos cuidados, Ho.

Era Yoongi, usava apenas uma toalha na cintura enquanto secava seus cabelos com outra. Ele ainda não tinha me visto, encaro Jung que me olhava como se tivesse encrencado.

-O que ele está fazendo aqui? - Pergunto e rapidamente vejo o mais baixo me olhar assustado. -Jung, me responda. - Agora volto a encarar Hobie hyung.

-Digamos que você pode descobrir se os vizinhos vierem reclamar. - Diz Yoongi com um sorriso irônico no rosto.

Eu ia partir para cima dele de novo, mas Hoseok me segurou e eu o encarei incrédulo.

-Como você pode ir pra cama com ele? - Me solto de seu braço com força. -Eu sou um idiota mesmo.

Estava com tanta raiva que peguei minhas chaves de cima da bancada e sai pela porta, fechando com toda a força do mundo, milagre ela não ter quebrado ali mesmo. Fui para uma cafeteria, pedi meu café e fui me sentar em alguma mesa, era algo que sempre fazia quando me sentia irritado. Me sinto tão burro, é claro que ele não iria querer nada comigo, Yoongi sempre foi muito melhor. A noite passou rápida e eu teria que fazer o que mais temia, voltar. Quando cheguei era de madrugada, as luzes estavam todas apagadas, acendi elas em seguida. De repente vejo Hobie na bancada da cozinha, ele estava bebendo água, suspirei e o ignorei querendo ir direto para meu quarto.

-Precisamos conversar. - Ele disse sério.

-Quer conversar o que? O quanto ele é bom de cama? O quanto ele é melhor que...- Ele me interrompeu.

-Você pode parar de falar dele? Nós não fomos pra cama juntos, se toca. - Ele quase gritou.

-Então por que ele disse aquilo? Por que ele estava só de toalha no nosso apartamento? - Perguntei no mesmo tom.

-Porque ele sabe como eu gosto de você e o quanto você agiu como um babaca com ele.

-Não basta falar que fiz o garoto que gosto chorar, ele ainda tem que esfregar na minha cara que sou só um amigo pra ele. - Revirei os olhos.

-Porra, Namjoon! Eu gosto de você também, ainda não entendeu? - Ele gritou, acho que até os vizinhos do último andar ouviram.

-O que você disse? - Arregalei meus olhos perguntando calmamente.

-Eu gosto de você, Namjoon. - Ele repetiu suspirando. - Sempre gostei, desde anos atrás quando nós viramos amigos.

Eu estava com um sorriso estampado no rosto, nem acreditava que isso mesmo saiu da boca do mais velho.

-Poderia repetir? - Pedi.

-Eu gosto de você, Kim Namjoon. - Ele repetiu.

Mordi meus lábios involuntariamente e me aproximei dele, levantei seu queixo fazendo-o me encarar, já que o mesmo olhava para o chão. Colei nossos lábios podendo sentir todo o calor que ele deixava sobre mim. O beijo ficava cada vez mais feroz, agora demonstrava o desejo de ambas partes, paramos ele pela falta de ar. Encostei minha testa na sua e ficamos sorrindo um para o outro.

-Eu queria tanto continuar essa noite, mas já são...- Olho as horas no meu pulso. - Três da manhã, temos que acordar cedo amanhã.

-Você quis dizer hoje. - Ele me corrige e eu assinto sorrindo. -Continuamos mais tarde então?

-Tanto faz.- Revirei os olhos. -Sim, Claro. - Aproximei meus lábios de seu ouvido. -Mal posso esperar por isso. - Sussurrei e o vi corar.

Acariciei sua bochecha encarando os olhos do garoto que fazia meu coração bater mais forte.

-Agora posso considerar você meu namorado? - Ele pergunta.

-Sou seu namorado já faz tempo. - Sorri e entrelaço nossas mãos. -Só falta você aceitar.

-E eu já aceitei faz tempo. - Vejo o lindo sorriso se formando no rosto do garoto.


Notas Finais


Obrigada por lerem, comentem o que acharam do capítulo e se possível quem dos garotos querem ver no próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...