História I missing you - Kaisoo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Suho
Tags Kaisoo, Oneshot, One-shot, Sad, Sookai, Yaoi
Visualizações 33
Palavras 687
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura ❤

~aconselho escutar uma música triste para combinar com o clima do capítulo~

Capítulo 1 - I still love you


Fanfic / Fanfiction I missing you - Kaisoo - Capítulo 1 - I still love you

"Querido Kyungsoo, Do Kyungsoo.  

Eu sei bem que é tolice de minha parte. Sei também que você nunca lerá essa carta. Sim, eu, Kim Jongin, estou ciente de meus atos. 

 Pode soar com certas bobagens o que direi, mas eu necessito dizer a você, todos os meus sentimentos... Mesmo sendo tarde. 

 Você sempre foi contra os exames e eu sempre lhe obriguei a fazê-los. Sempre lhe submetia a tratamentos na esperança de um dia te ver curado. E você... Bom, você sempre foi tão realista comigo. Você sempre soube toda a verdade dês do início. Eu também estava ciente dela, mas me recusava a aceitá-la. 

 Hoje, mais uma vez, eu me peguei me perguntando quais são os propósitos de Deus... Se ele realmente faz sentido. Andei pensando em mais duas coisas; que pecado eu cometi na vida passada? Eu realmente fui tão ruim? Ruim ao ponto de ter que aprender a viver com a sua ausência? 

Bom, a outra coisa, era você. Desde que você partiu, eu não consegui nem dar as caras na vizinhança... Eu sinto a sua falta, Kyung. São dias tristes por aqui. 

A chuva é contínua e intensa, como se nunca fosse parar. Eu, um grande admirador das pequenas gotículas de água que, simplesmente, caíam do céu, não as enxergava mais como antes. 

 Lembro-me de dizer a você que a chuva poderia simbolizar a felicidade de alguma forma. E você sempre dizia; "Nini, Você é maluco". O sol, a chuva, o dia, a noite, o amanhã... Tudo simbolizava a felicidade quando você estava aqui comigo. 

 Eu passei a enxergar a chuva como algo triste, como algumas lágrimas de pessoas inocentes... Como as suas lágrimas. Hoje, mais cedo, eu me sentei no topo da casa e Gritei bem alto que doía... Ainda dói! 

 Lembro-me perfeitamente daquela manhã quando lhe deixei no hospital. Você sorria de um jeito diferente, como se soubesse que seria seu último dia... Você sabia, não é? Você sabia e preferiu "tentar" poupar todo o meu sofrimento... Mas você não conseguiu, Soo. 

 Me sinto culpado por não poder fazer nada, me sinto culpado por estar ciente daquela cirurgia, me sinto culpado por ter concordado com tudo aquilo... Me sinto culpado por ter me iludido com algo impossível. 

 Lembro-me de quando eu retornei ao hospital. Ninguém havia coragem de me olhar nos olhos, todos me tratavam de uma forma estranha. Meu coração doía e eu só queria lhe ver pela última vez... Queria lhe dizer que te amava. Eu te amo, Do Kyungsoo! 

 Lembro de quando eu me aproximei de seu quarto. Chanyeol chorava desesperadamente. Eu nunca havia visto Chanyeol chorar antes... Eu poderia tirar uma foto dele e te mandar, mas meu coração me dizia que não seria possível... Ele dizia que você havia deixado de existir, dali em diante. 

 Eu corri até a porta de seu quarto e vi Junmyeon de cabeça baixa enquanto conversava com um dos médicos. Meu coração estava acelerado naquele momento... Eu já sabia, mas, mais uma vez, eu me recusava a acreditar. 

 Hoje, às minhas lágrimas molham esse papel fazendo parte da tinta ficar borrada... Sinto como se o papel fosse eu, a tinta a minha vida e você... Você é, foi e sempre será a razão das minhas lágrimas. Eu vejo as lágrimas bagunçando a tinta e não posso fazer nada... Eu via você morrendo e não podia fazer nada. 

 Você fez uma bagunça e simplesmente se foi. Você deixou a minha vida de pernas para o ar e se foi, sem, ao menos, se despedir... Sem dizer que me amava pela última vez... Você é a pessoa mais cruel que eu conheço, Soo. 

 Lembro-me de você bater em Chanyeol por todas as cagadas que ele fazia. Lembro-me de você bater no maior quando o mesmo pedia para o metido do Byun voltar para a vida dele. Eu devia me bater? Eu devia te bater? Sim, eu devia te bater por ter me deixado, Por ter feito uma coisa tão ruim. Sim, eu devia me bater por te querer de volta... Mesmo depois de tudo  

Eu ainda Te amo 

Eu sinto a sua falta...


Notas Finais


Sorry os erros!!
Espero que tenha gostado ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...