História I need a new family - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 24
Palavras 786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem

Capítulo 15 - Mas, o que está acontecendo??


Fanfic / Fanfiction I need a new family - Capítulo 15 - Mas, o que está acontecendo??

Fomos em um restaurante, e lá expliquei tudo para elas, e depois fomos no shopping e em seguida para a casa da Maddie, passamos a tarde juntas, e faríamos a noite das meninas.

   Era de noite, e estávamos indo pra casa pegar algumas coisas, a Maddie  nos levaria lá. 

Quando chegamos lá como eu havia esquecido a chave a Lox também, tocamos a campainha. O Has atendeu assustado, e logo me abraçou, achei meio estranho, pois o mesmo quase nunca me abraça. Troquei olhares com as meninas, e perguntamos juntas:

- Has o que está acontecendo? 

-A namorada do Matthew contou uma história sobre você- ele disse ainda me abraçando, e  me apertando ainda mais.

Eu já sabia que isso ia acontecer, e sabia também que história era.

-você não acredita nela, né?- Eu perguntei com a voz falha, e lágrimas nos olhos.

-Não, bem o Cam, Nash, Taylor e os Jacks.

-Hmm-Eu e as meninas dissemos juntas.

-precisamos entrar....-Lox disse

-se eu fosse vocês eu não- Has  mau acabou a frase e todas nós já tínhamos entrado.

Não foi uma cena muito agradável, já que muitos dos meninos estavam com uma expressão de raiva e indignação no rosto quando me viram.

Subimos para pegar as coisas, porém quando estava na porta do quarto sinto o meu braço ser puxado com força, virei pra ver quem era, e me arrependi,  era Shawn, e bem atrás dele estava aqueles projetos de puta mal comida.

-VOCÊ É UM MONSTRO, COMO VOCÊPODE?!- ele disse gritando e com lágrimas nos olhos, e a cada segundo ele ia apertando mais o meu braço. 

- ME SOLTA- eu disse praticamente gritando 

- ME RESPONDE-ele gritou de volta, e como resposta eu dei uma risadinha-Anda-ele gritou mais uma vez, me apertando mais, e me chacoalhando 

- ME SOLTA- dessa vez eu gritei muito alto- Quem você pensa que é pra me tratar assim?Eu NÃO TE DEVO SATISFAÇÃO.

Ele não me soltou, então eu o chutei, bem no amiguinho dele.

Fui para o meu quarto arrumei minha coisas em uma mochila, e sai de casa, sem nem falar com ninguém.

Saí sem rumo, sem direção, mas desta vez eu não estava chorando, eu estava com raiva, decepcionada.

Eu entrei num lugar menos provável possível, entrei em uma academia, mas com uma intenção, "tirar essa raiva de mim". Naquele momento eu decidi que eu não seria mais a mesma pessoa que sempre sai chorando, naquele momenmomento eu iniciei aulas de luta,  eu ia achar um emprego é um lugar para morar, mas até eu achar, eu iria matar naquele inferno.


Passei no mínimo 2 horas treinando, e o "professor" disse que eu levava jeito para isso, como eu não queria voltar para casa eu fique andando, fui no Mac, comi um lanche com refri e batata grande, e quando acabei, fui pra Praça, sentei num balanço e fiquei lá até alguém me chamar.

- Anny?- Eu reconhecia essa voz, mas minha cabeça esta vá tão  cheia que mal conseguia pensar, quanto mais adivinhar quem era.

-Sim..?- e me surpreendi com  quem me chamava- Dylan, o que está fazendo aqui?- Meu Deus DYLAN O'BRIEN me reconheceu.

- Tudo bem?Por que está sozinha? O que aconteceu ?

Respondi suas perguntas e contei toda a história, que provavelmente os meninos contrariam para Deus e o mundo. A reação dele não foi tão ruim já que ele me abraçou quando terminei de contar.

- NÃO ME ABRAÇA- eu gritei quando ele estava vindo me abraçar mas ele não me obedeceu. Ele fez uma careta mto estranha e eu comecei a rir de sua cara.

-ew vc tá suada!- disse fazenfazendo careta

- Lógico meu amor eu acabei de sair de uma academia

Ele me levou pra casa, quando saí do carro me deparei com Has andando de um lado para o outro,  com uma feição preocupada.

Quando o mesmo me vou veio correndo me abraçar, e fez a mesma cara que Dylan, percebendo que estava suada

- Pq vc tá suada?, onde vc esteve?, quem era aquele carro que te deixou aqui? Como vc tá?

Respondi tudo,  e o mesmo pedi o pra fazer aula de luta comigo. Ele disse que eu teria que dormir com ele, já que aquelas duas Putas estavam no meu quarto. Aceitei de boas, subi fui tomar banho, demorei bastante já que eu precisava pensar e estava muito suja, saí e como sou esquecida, me enrolei na toalha e fui direto pro quarto dos meninios (Has, Nash e Cameron dividem um quarto),  e quando entrei me deparei com os meninos(Nash,Hayes,cameron,Jack Johnson, e o Gilinsk), todos olhando para a porta,como se estivessem me esperando. 

Eu entrei enrolada na toalha mesmo estando de sutiã e calcinha, peguei um moletom que era do meu melhor amigo Felipe, que ficava dois dedos abaixo do joelho e fui vestir.

- Anny, queremos falar com você.. .





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...