História I need one answer - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, 2PM, ASTRO, Bangtan Boys (BTS), EXO, F(x), Girls' Generation, Got7, GRAY, Jay Park, Monsta X, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet
Personagens Amber Liu, Baekhyun, BamBam, Chaeyoung, Chansung, Chanyeol, Chen, Cl, D.O, Dahyun, Doyoung, Eunwoo, GRAY, Hansol, Hyoyeon, Hyung Won, I'M, Irene, Jackson, Jaehyun, Jay Park, JB, Jessica, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jinjin, Johnny, Joo Heon, Joy, JR, Jungkook, Jungyeon, Junho, Junsu, Kai, Ki Hyun, Kris Wu, Krystal Jung, Kun, Lay, Lu Han, Luna Parker, Mark, Mark, Min Hyuk, Mina, Minji, MJ, Momo, Moonbin, Nayeon, Nichkhun, Park Bom, Personagens Originais, Rap Monster, Rocky, Sana, Sandara Park, Sanha, Sehun, Seohyun, Seulgi, Show Nu, Simon Dominic, Sooyoung, Suga, Suho, Sulli Choi, Sunny, Taecyeon, Taeil, Taeyeon, Taeyong, Tao, Ten, Tiffany, Tzuyu, V, Victoria Song, Wendy, Winwin, Won Ho, Wooyoung, Xiumin, Yeri, Yoona, Youngjae, Yugyeom, Yuri, Yuta
Tags 2ne1, 2pm, Astro, Bts, Exo, Girls' Generation, Got7, Gray, Hentai, Jay Park, Kai, Monsta X, Nct, Red Velvet, Romance, Simon Dominic, Simond, Suga, Twice
Exibições 37
Palavras 3.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente linda...
Então...me desculpem pela demora, eu estava em semana de prova e estava tudo muito corrido.
Desculpem pelos erros e boa leitura
Ps: nunca sei o que escrever nas notas então é só isso mesmo 😂😂

Capítulo 6 - L.O.V.E


Fanfic / Fanfiction I need one answer - Capítulo 6 - L.O.V.E

Lih P.O.V's

     Abro os olhos lentamente e vejo que eu ainda estava na enfermaria da escola, minha cabeça estava apoiada no ombro de Kai. Pego meu celular e olho a hora, já eram 6 da tarde e ja estava começando a escurecer...como o tempo passa rápido não é mesmo ?? Guardo meu celular no bolso e fico pensando em tudo que aconteceu hoje. Meus pensamentos são interrompidos quando Kai se mexe e deita a cabeça em meu ombro do mesmo jeito que eu estava nele. Deixo um sorriso pequeno escapar e me lembro do que ele havia me falado hoje na hora da saída logo depois de dar uma surra no WonHo.



                             **Flashback ON**


''K-Kai'' eu estava sem reação ao ouvir tudo o que ele havia acabado de dizer e fazer. Ele vem em minha direção e me abraça.

''Eu não quero que ele te tire de mim Lih'' ele diz ainda abraçado comigo. Eu não estava entendendo nada então apenas fiquei quieta e retribui o abraço. Logo ele nos separa e fica me olhando e eu pergunto à ele.

''Como assim me tirar de você Kai ??''

''É que...''  ele diz e solta um suspiro enquanto fico o esperando terminar a frase ''Lih, eu sei que a gente só se conhece a dois dias e que é pouco tempo pra isso mas eu me apaixonei por você. Sei que isso é estranho mas eu não pude controlar, lembra quando eu falei que acreditava em amor a primeira vista ?? Então...desde o dia em que eu vi você eu já senti algo diferente, e hoje eu tive certeza de que quero você só pra mim'' ele passa a mão em meu rosto com a maior delicadeza do mundo como se eu fosse um objeto frágil ''Eu te amo, e não vou te perder pra um babaca que destruiu meu relacionamento uma vez e nem pra ninguém'' logo após essas palavras ele me beijou. Era um beijo tão doce, tão bom, tão inexplicável. Eu não conseguia nem me mover direito já que eu ainda estava em choque, mas depois de um tempo eu retribui o beijo. Eu queria congelar naquele momento pra sempre de tão maravilhoso que estava, mas a infeliz da falta de ar sempre tem que estragar tudo. Ficamos nos encarando por um tempo e ele sorri pra mim, acabo sorrindo involuntariamente logo em seguida.

''Eu...nem sei o que dizer'' digo olhando em seus olhos

''Não precisa dizer nada'' ele diz e me beija de novo. Eu nunca ia me cansar do beijo dele, eu estava adorando tudo aquilo, meu coração batia incrivelmente forte era uma sensação muito boa. Ele encerra o beijo com um selinho e me olha ''Desculpa, eu realmente não consegui me segurar'' ele diz um pouco sem jeito. Aigoo porque esse ser tem que ser tão fofo ??

''Não precisa se desculpar Kai'' sorrio fazendo ele sorrir também.

''Precisa sim, até porque você nem tem os mesmos sentimentos que tenho por você''

''E quem disse ??'' ele me olha surpreso e solto uma risada ''Olha Kai, vou falar a verdade pra você. Desde o primeiro dia de aula meu coração acelerou no exato momento em que te vi, eu não sabia ao certo o que era e ainda não sei mas eu me sinto muito bem quando estou com você e as vezes eu vejo que penso em você durante o dia todo. Eu não sei explicar o que sinto sei que gosto muito de você, mas não posso dizer ainda que eu te amo pois não quero confundir isso com amizade'' ele dá um sorrisinho e me abraça.

''Tudo bem eu entendo, essas palavras já foram o suficientes. E se você não pode dizer que me ama ainda, eu faço você dizer, pode ter certeza'' retribuo o abraço sorrindo e nos beijamos novamente. Dessa vez fui eu que separei o beijo, ele me olhou confuso mas logo comecei a dizer.

''Acho melhor a gente ir, meus irmãos já devem estar preocupados comigo...vamos'' puxo ele pra sair da sala comigo mas ele me puxa de volta e me dá um selinho.

''Agora podemos ir'' ele diz sorrindo e eu faço o mesmo.



                           **Flashback Off**



     Abro um sorriso ao lembrar disso e olho pro lado vendo Lays dormindo no ombro de Xiumin e ele com a cabeça em cima da dela. Então ela era a garota por quem ele tinha sofrido tanto a alguns anos atrás. Tudo estava ficando tão confuso que era até difícil raciocinar, mas parece que nada na vida faz sentido então deixa pra lá. Ouço um barulho vindo do quarto em que o Hoseok estava, me levantei com cuidado pra não acordar o Jongin e vou praticamente correndo em direção ao quarto. Chegando lá vejo um copo de vidro todo quebrado no chão e Hoseok acordado com uma cara de quem fez merda sem querer. Sorrio e vou até ele correndo e o abraço.

''Lih'' ele retribui o abraço com força e ficamos assim por um bom tempo ''Como vim parar na enfermaria ?? E que horas são ?? Já está escuro lá fora''

''Calma menino uma pergunta de cada vez'' nós dois rimos ''Bom...quando você desmaiou eu pedi pro Kai e pro Xiumin trazer você pra cá. E sobre o horário, já são 18:10'' ele confirma com a cabeça e abaixa a mesma. Vejo umas lágrimas escorrendo pelo rosto dele e o abraço. ''Hobi, o que foi ??'' ele retribui o abraço e começa a chorar, fico fazendo carinho em seus cabelos tentando conforta-lo. Depois de uns 3 minutos chorando ele finalmente ficou mais calmo e seco as lágrimas que ainda estavam presentes em seu rosto. ''É por causa da Lays não é ??'' ele me olha e confirma com a cabeça novamente.

''Mas sabe o que dói mais Lih ??''

''O que bebê ??'' pergunto à ele enquanto acaricio seus cabelos

''Um dos meus melhores amigos ter beijado a menina que eu amo. Como ele foi capaz de fazer isso ?? Eu tinha contado pra ele logo depois que eu contei pra você porque eu confio nele...quer dizer...confiava, agora eu vi que eu não significo nada pra ele'' suspiro fundo ao ouvir ele falando e ficamos em silêncio por alguns minutos

''Hoseok...lembra de quando o Xiumin sofreu por um mês inteiro por causa que tinha terminado com uma ex dele ??''

''Lembro...mas porque a pergunta ??'' começo a explicar tudo o que havia acontecido no passado. Ele fica meio surpreso e logo diz ''Ele foi um imbecil do mesmo jeito. Esse cara é um traidor mesmo, não sei se vou conseguir perdoar ele''

''Você vai conseguir sim bebê. Ele está muito arrependido sério, ele chorou muito, nem parecia o Xiumin alegre que a gente conhece''

''Ele chorou ??'' confirmo com a cabeça e respondo

''Ele pode ter feito merda, mas pode ter certeza de que ele se preocupa com você e ainda te considera como melhor amigo dele, eu sei que o que ele fez vai ser difícil de esquecer mas perdoa ele por favor Hobi, se vocês ficarem brigados vai ser pior ainda'' ele suspira

''Você tem razão Lih, mas não vai ser fácil conviver com ele todos os dias igual antes''

''Eu sei que não vai, até por que vocês gostam da mesma pessoa. Provavelmente aimda vai ter bastante confusão em relação a isso, mas é só evitar'' ele concorda com a cabeça e me puxa pra um abraço.

''Eu já te disse que você é a melhor irmã do mundo ??'' retribuo o abraço e sorrio

''E eu já te disse que você é o irmão mais fofo e neném do mundo ??'' sinto que ele estava sorrindo pois a cabeça dele estava em meu ombro. Ouvimos algumas batidas na porta e olhamos pra ver quem era.

''Podemos entrar ??'' Minseok pergunta, logo atrás dele estavam Lays e Jongin.

''Ahnn...pode'' Hoseok responde e eles entram no quarto. Lays entra quase correndo e vai direto abraçar Hoseok, que fechou os olhos como se aquele abraço fosse a coisa mais importante pra ele.

''Você está bem Hoseok ??'' ela pergunta meio preocupada

''Talvez eu esteja melhor agora'' ele diz a olhando e ela abaixa a cabeça dando um sorrisinho.

''Hoseok...e-eu queria p-pedir desculpas'' Xiumin diz com voz de choro ''Eu fui um idiota com você, me perdoa por favor, eu não quero perder sua amizade'' ele já tinha lágrimas nos olhos e o Hobi também.

''Ok Minseok eu te perdoo, eu também não quero perder a nossa amizade por mais que você seja um cabeção que só sabe fazer merda. Agora vem cá'' ele abre os braços e Xiumin dá um abraço nele como se fosse o último. Kai estava sentado em uma poltrona um pouco afastada deles e vou até ele, me sento na outra poltrona que estava ao lado. Percebo que ele estava me olhando e o olho de volta, ficamos assim até que ele se aproxima e me rouba um selinho. Sorrio e ele faz o mesmo, sinto nossos dedos se entrelaçarem e fico fazendo carinho em sua mão com meu polegar. Uma enfermeira entra no quarto e diz que como Hoseok não estava tão machucado quanto eles pensavam que estava, ele poderia ir pra casa, mas não podia sair de casa por uma semana pois precisaria ficar de repouso se qualauer jeito. Agradecemos a enfermeira e eu digo.

''Bom, vamos pra casa então gente ?? Já está tarde e acho que nossa família já deve estar preocupada''

''Realmente, o Gabriel já me ligou umas 7 vezes mas não quis atender porque estava com preguiça'' damos risada. Hoseok senta em uma cadeira de rodas e Kai disse que iria levá-lo, deixamos e fomos pra casa. Já eram 19:20 e normalmente as ruas eram perigosas essas horas, mas como todos moravam aqui perto mesmo então não tinha tanto problema (menos o Jongin que morava um pouco afastado). Chegamos em casa e entramos, meus primos e irmãos vieram todos em nossa direção, pelo visto eles estavam muito preocupados com Hoseok. Depois de terem feito varias perguntas e terem conversado um pouco eu digo.

''Gente, amanhã nenhum de nós iremos pra escola ok ?? Iremos ficar em casa mesmo, mas só amanhã. No resto da semana apenas eu e mais 6 pessoas ficaremos aqui com Hoseok, pra ajudá-lo. Mas depois decidimos isso certo ??'' eles concordam e Kai diz

''Quer dizer que você vai ficar uma semana sem ir pra escola ??''

''Sim, eu vou precisar neh...''

''Mas e minha saudade ?? Como vai ficar ??'' ele pergunta fazendo biquinho e todos começam a gritar coisas como 'AI QUE BONITINHO'

''Ué, esqueceu que de tarde todo mundo vai estar em casa ?? Não ficarei o tempo todo trancada dentro de casa...na verdade talvez'' digo rindo e todos também. Lays e Xiumin se despedem de todos e vão embora juntos, e Kai foi alguns minutos depois. Fiquei conversando com meus primos e irmãos mas necessitava da minha cama urgente. Subo para meu quarto, tomo um banho,visto meu pijama e me jogo na cama. Logo depois meus olhos ficam pesados e eu adormeço.



                               Lays P.O.V's



     Logo depois de ter saido da casa da Lih, eu e o Minseok fomos andando em direção à minha casa. Eu estava com frio pois estavamos no inverno e o tempo estava bem gelado, acho que ele percebeu pois logo me abraçou. Aquele abraço maravilhoso que só ele tinha. Caminhávamos em silêncio até que ele resolve puxar assunto.

''Sei que pode ser estranho perguntar isso...mas você sentiu minha falta durante esse tempo ??'' ele pergunta e fica fitando o chão

''Olha Minseok...vou te falar a verdade. Até hoje eu nunca te esqueci, nunca esqueci dos nossos beijos, nossos abraços, nossas idiotices e etc. Sim, eu senti sua falta, houve dias em que eu pensava em você direto. Mas também houve dias em aue cheguei a chorar por sua causa pois eu nunca imaginaria que você fosse fazer aquilo comigo. Enfim eu senti sua falta sim, mas ao mesmo tempo eu queria que você ficasse longe de mim pra sempre''

''Ahh entendi'' ele me solta e fica parado na minha frente ''Eu sei que o que fiz foi muito errado, mas eu me arrependo de verdade. Eu te amo'' ele me abraça e eu retribuo o abraço. Logo um ser (Gabriel) brota do nada gritando que nem um sei lá o que.

''ENTÃO NEH CASAL, PASSARAM TEMPO DEMAIS COM ESSA MELAÇÃO TODA NÃO ACHAM ??'' Minseok rompe o abraço e começa a rir

''Eu acho que você gritou um pouquinho alto, mas só um pouquinho sabe'' digo e os dois dão risada

''Desculpa, mas é que eu não estava mais aguentando esse amor todo''

''Ué, a quanto tempo você está aqui ??'' Minseok pergunta à ele

''Faz uns dois minutos, eu liguei pra Lih já que nenhum de vocês dois atendiam o celular e quem atendeu foi o Ten. Ele disse que vocês ja tinham saido de la fazia um tempo, fiquei preocupado já que não demoraria tanto assim pra chegar e vim atrás de vocês''

''Ata entendemos'' me viro pra Minseok ''Pode ir pra casa, eu vou com o Gabriel''

''Ok, então até amanhã'' ele me rouba um selinho e eu digo

''Até amanhã'' dou um sorrisinho e fico olhando ele ir embora.

''Agora, vamos'' Gabriel pega meu braço e sai me puxando

''Nossa amigo, a delicadeza ficou lá em casa neh''

''Sim ficou, fiquei com preguiça de trazer ela comigo'' damos risada e logo chegamos em casa. Subo direto pro meu quarto pois estava cansada, toma um banho e visto meu pijama. Quando eu ia me deitar na cama eu sinto alguma coisa de baixo do cobertor. Começo a gritar e logo vejo Jackson sair de baixo das minhas cobertas e dando risada.

''Você é besta menino ??''

''Sim eu sou'' ele diz rindo e vem me abraçar ''O Gabriel disse que você ja ia chegar então eu resolvi te dar um susto. Mas prometo que não farei mais isso''

''Acho bom mesmo, se fizesse isso mais uma vez eu morreria'' me deito na cama e fecho os olhos.

''Já vai dormir ??'' ele me pergunta

''Sim Jack. Estou cansada, hoje foi um dia bem puxado...quer dormir aqui comigo ??'' abro os olhos e o olho. Ele pula na minha cama e se deita do meu lado.

''Nem precisa perguntar'' sorrio e abraço ele. Jackson era o melhor primo que alguém pode ter, por mais que ele seja idiota na maioria da vezes. Sinto ele acariciar meus cabelos e logo pego no sono.



                             Gabriel P.O.V's



     Acordo todo com o despertador do meu celular. Eita, eu dormi tão rápido ontem que nem vi que deixei a janela aberta. Eu poderia ser sequestrado, ou um palhaço ambulante poderia entrar no meu quarto e me matar. Bom talvez eu esteja exagerando mas ok. Me levanto do cama e vou fazer minhas higienes que eu sempre fazia auando acordava, coloco o uniforme da escola e saio do meu quarto. Sei que ainda estava cedo mas eu queria passar na casa dos Bang antes de ir pra escola e combinei com meus irmãos e primos de acordar mais cedo pra dar uma passada lá, já que nenhum deles iria pra escola hoje. Quando cheguei na cozinha para tomar café já estava quase todo mundo comendo.

''Nossa, que povo apressado, nem me espera neh''

''Ahh irmãozinho, quando eu to com fome não dá pra esperar ninguém não'' Mark diz mastigando um sanduíche e Jinyoung dá um empurrão nele.

''Não fala de boca cheia criança'' ele diz e Mark d um sorriso engraçado. Começo a comer logo em seguida e Eunwoo me pergunta.

''Gabriel Hyung, não seria melhor a gente passar na casa dos Bang quando acabasse as aulas ??''

''Talvez, mas prefiro ir agora...mas vou passar lá quando voltarmos da escola também'' digo com um pedaço de pão na boca e Jinyoung me olha como se fosse me matar. Dou o mesmo sorriso que o Mark e volto a comer.

''A Lays Unnie já acordou ??'' Dara pergunta

''Acabei de acordar'' nós tomamos um susto daqueles fazendo ela e Jackson rir

''Nossa garota...brotou da onde ??'' Youngjae pergunta

''Do mundo das purpurinas cor de rosa'' ela se senta do meu lado e acabo rindo do que ela tinha falado, não sei porquê mas foi engraçado. Ficamos conversando um pouco enquanto tomávamos nosso café da manhã. Logo depois de ter comido tudo o que precisavamos, deixamos Jaebum e Irene arrumar as coisas na cozinha enquanto fomos arrumar nossas mochilas. Quando tudo estava pronto nós saimos de casa e fomos pra casa dos Bang fazer uma visitinha. Youngjae fez questão de ir tocar a campainha e ficamos esperando alguém nos atender. Lih abre a porta com uma cara de tipo 'O que essas peste estão fazendo aqui essa hora ??'  mas logo sorri.

''Lih Noona'' Youngjae diz todo empolgado e abraça ela. Desde quando eles ficaram tão próximos assim que eu nem vi ??

''Youngjaeee'' ela retribui o abraço ''Pode entrar povo'' ela nos dá espaço pra entrar e logo pergunta ''O que estão fazendo aqui essa hora ?? Ainda é cedo''

''Ideia desse cabeção aqui ó'' CL diz olhando pra mim

''Ahh, ta explicado'' Lih diz e dá risada ''Venham, nós estamos comendo'' ela nos guia até a cozinha que era gigante. Chegando lá todo mundo nos cumprimentam.

''Eita...não que eu tenha reparado nisso agora, mas vocês são muitos misericórdia'' digo fazendo todo mundo rir. Ficamos conversando sobre coisas aleatórias, até que percebo que JunHo estava me olhando. Ele tinha me chamado bastante atenção desde ontem, digamos que eu tinha passado o dia inteiro olhando pra ele, parece que ele tinha percebido. Depois de tanto tempo conversando com aquele povo doido, deu a hora de nós irmos pra escola. Nos despedimos de todos e quem foi nos levar até a porta foi JunHo. Quando eu ia sair da casa ele me puxa pelo braço e sussura no meu ouvido.

''Quero conversar com você depois'' ele morde o lóbulo da minha orelha me fazendo ficar arrepiado. Aquele garoto queria me matar ou o que ?? Ele me olha com um sorrisinho de canto e fecha a porta. Fiquei pensando no que havia acabado de acontecer,e provavelmente ficaria pensando pelo resto do dia.


Notas Finais


HUUUMMMM JUNHO SAFADINHO🌚😂👏
Essas tretas amorosas estão difíceis em...o que será que está por vim em ?? Não percam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...