História I Need Someone To Save Me 2 - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 124
Palavras 1.393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meus chapas :v
I HAVE A PEN , I HAVE A APPLE
AAN APPLE PEN
I HAVE A PEN , I HAVE A PINEAPPLE
AAN PINEAPPLE PEN
PEN PINEAPPLE APPLE PEN
DESCULPA, ESSA POHA NÃO SAI DA MINHA CABEÇA
Boa leitura :3

Capítulo 4 - Quem vocês são?


Fanfic / Fanfiction I Need Someone To Save Me 2 - Capítulo 4 - Quem vocês são?

-Mais um?

A maneira como Jungkook havia olhado pra Jimin, havia despedaçado o coração do mesmo. Era um olhar de insegurança, como se não quisesse aquilo e estava relutante a falar. Mas ele não precisava falar nada  mesmo, o mais velho já havia entendido o recado só com aquele olhar.

-Jimin hyung... eu não quis dizer isso...

Antes que o mais novo pudesse falar mais alguma coisa, Jimin fingiu não escutar e pegou a filha no colo, e foi para mais perto dos meninos, onde começou a conversar com Namjoon.

Eles não se falaram durante o passeio inteiro. Quando terminaram o passeio com os meninos, eles foram pro carro com Yunnie, que sorria enquanto comia um algodão doce verde claro.

-Vocês estão quietos papais ... -a menininha observou-

-Impressão sua Yunnie -Jimin forçou um riso-

A menina deu de ombros e voltou a focar em seu algodão doce. Não demorou para que chegassem em casa. Quando chegaram, Jungkook levou Yunnie pro andar de cima, onde deu um banho na mesma. Quando ela já estava pronta, ele a colocou para dormir, e a menina não demorou para pegar no sono, já que estava cansada. Após isso, ele desceu as escadas da casa e encontrou Jimin sentado na sala, com o olhar perdido na escuridão da noite.

-Hyung?

-O que foi? -Jimin o olhou, seu olhar era um tanto sombrio-

-Não é que eu não queira -Kook estava desconfortável- Mas é que, acho que seria difícil...

-A gente não deu conta da Yuunie?

-Sim... mas...

-Hoseok, Taehyung e Yoongi, dão conta de duas crianças numa boa.

-Eles são três.

-Olha -o mais velho levantou- Se você não quer, é só falar, mas não me venha ficar inventando desculpinhas !

-Jimin...-Kookie fez uma expressão triste- Eu acho que a gente deveria ir num psicólogo...

-Pra que? Estou em perfeito estado mental.

-Pra gente discutir sobre isso...

-Tanto faz Jungkook.

Ao dizer isso, Jimin saiu e foi em direção a escada, mas parou antes de subir o primeiro degrau.

-Você fica no sofá.

Jungkook ia protestar, mas achou que era melhor não, pois se não só iria piorar as coisas. Ele também sabia que fora um babaca antes, mas ele não tinha culpa se não estava preparado para ter outro filho, talvez ele apenas não quisesse, o único problema é o motivo de Jungkook não querer a criança. A questão é: Qual é o motivo?

No outro dia (...)

​-Papai ?

-Oi ? -Jimin disse olhando pra a filha-

-Eu queria mais um gatinho, Happy parece meio sozinho -ela fez um olhar triste-

-Quem sabe, mais pra frente a gente não adota outro? -Jimin sorriu-

-EBA ! -a menina deu pulinhos de alegria com Happy em seu colo- Papai?

-Fale...

-Eu vou ter um irmãozinho? Ou uma irmãzinha ?

A menininha disse aquilo com um sorriso no rosto, na esperança de receber um "sim" vindo do pai, porém Jimin apenas a olhou de uma maneira triste, e bagunçou os cabelos da mesma.

-Eu acho que não...

​Dois dias depois (...)

​-Bom dia...

Uma mulher um tanto jovem disse enquanto os dois entravam em sua sala. O lugar era aconchegante, com um sofá pra dois e uma poltrona, sem contar as várias estantes de livros de cores variadas, todas em harmonia.

Os dois então a responderam e sentaram um do lado do outro no sofá, enquanto isso, a mulher se acomodou na poltrona.

-O que ocorreu? -ela perguntou os observando-

-É... eu dei a ideia de termos mais um filho, mas digamos que ele não esteja muito afim -Jimin abriu o jogo-

-Jungkook, poderia se retirar da sala? Quero falar a sós com cada um de vocês...

A psicóloga pediu e Jungkook obedeceu. Após a saída do mais novo, a mulher suspirou e olhou para Jimin, como se estivesse se preparando para um interrogatório.

-Por que quer mais uma criança? Vocês já possuem alguma?

-Sim, a Yuunie... Mas eu vi casais com crianças pequenas de colo, e lembrei de quando adotamos Yunnie, aquela sensação indescritível... eu queria sentir aquilo de novo, e queria sentir aquilo com ele.

-Você acha que dariam conta de mais uma criança?

-Claro ! A gente conseguiu com Yunnie, e ela é uma criança quieta, não seria problema algum se tivéssemos mais um...

-Tem certeza que quer isso para sentir aquela sensação indescritível, ou você quer a criança para preencher um vazio deixado em você?

-"um vazio"? O que quer dizer com isso...?

-Não sei de sua vida Jimin, mas só de analisar vocês, eu vi que há algo de errado, e quero saber se o erro é com você.

-Não é comigo... o que você quer dizer com erro?

Jimin não foi respondido, pois a mulher apenas anotou algumas coisas no seu bloco de notas vermelho e depois voltou a olha-lo, da mesma forma em que ela tinha pedido para Jungkook se retirar, ela pediu para Jimin. E foi o que ele fez, e após sua saída, Kook entrou na sala.

-Por que não quer a criança?

-Eu não acho que estejamos preparados...

-Tem certeza que é só isso? Ou é porque você não quer ter uma criança com ele ​?

-Como pode dizer isso? Eu sou casado com ele ! Se fosse pra ter um filho com alguém, seria com ele! -Kook disse irritado-

-Você por acaso andou conhecendo pessoas novas ultimamente? -ela mudou o assunto-

-Não... na verdade, só um amigo, Jaehun... Por quê?

-Entendi... então o erro está com você...

-O que?

Assim como Jimin, Jungkook não foi respondido, e a psicóloga voltou a escrever coisas em seu bloco de notas. Depois de terminar de escrever, ela pediu que Kook chamasse o seu hyung para dentro da sala. Quando Jimin entrou e se sentou no sofá ao lado do mais novo, a mulher cruzou as pernas e respirou fundo, então olhou para os dois.

-Isso é uma terapia de casal, e eu ouvi a parte de ambos, e cheguei a uma conclusão.

-Qual seria ela? -Jimin perguntou-

-Assim como outros casais, vocês não são diferentes... Todos os outros casais que vieram fazer essa "terapia", tinham um objetivo, só não sabiam como chegar a ele.

-O que quer dizer? -Kook perguntou confuso-

-Quando casais fazem isso, é porque um quer fortalecer o casamento, porém o outro quer termina-lo, só não sabe como, e esse é o meio que esse "outro" vai usar pra fazer isso, para acabar com tudo.

-O QUE? -os dois disseram em uníssono-

-Então, eu quero que vocês evitem se falar, durante um tempo. Quero que nesse tempo, vocês pensem em quem vocês são, o que quer salvar o casamento, ou o que quer destruir.

-Como você está chegando a isso? -Jimin disse inconformado- Viemos aqui pra falar sobre um filho !

-Eu sou a psicóloga aqui, eu já havia percebido o problema só de olhar pra vocês. -ela disse fria- E há mais uma regra nesse tempo... NADA DE SEXO !

​Três dias depois (...)

​Os dois desde a terapia não estavam quase se falando, só se falavam quando Yunnie estava por perto, para que a pobre menina não percebesse a situação que seus pais se encontravam. E ambos estavam pensando em quem eles eram, Jimin tinha certeza que era o que queria salvar tudo, mas se ele fosse essa pessoa, isso significaria que Jungkook....

-Papais ! -Yunnie entrou na sala correndo- Vocês viram o MV de Fighter? Aquele Wonho insiste em ficar mostrando aqueles músculos dele !

-E você fica olhando né ! -Kook riu-

-Claro ! -a menina riu de volta- Papais, vocês tem ABS? -ela perguntou curiosa-

-Yunnie, se tem algo que seu pai tem, é bunda e ABS -Kook sorriu largo, se referindo a Jimin-

-Olha o que você tá falando pra menina ! -Jimin riu e deu um tapa no ombro de Jungkook- Fica falando de mim, mas não fala pra ela que você também tem um ABS bem defino né Jeon Jungkook

-Vocês tem ABS ! -a menina disse maravilhada- Mas eu acho que ainda prefiro o do Wonho -ela ficou pensando-

Sem que percebessem, os dois acabaram interagindo normal, não era fingimento só porque Yunnie estava ali, aquilo realmente aconteceu inocentemente, mas não demorou para que eles percebessem, e quando perceberam, acabaram perdendo seus sorrisos e cada um começou a olhar pra um canto da sala, tentando evitar contato visual.

 

 


Notas Finais


Opa... quem é quem?
Yunnie representando as monbebe -q jdksajdsaknda
I HAVE A PEN I HAVE A APPLE , PAREI DESCULPA
Até o próximo capitulo :3
Beijo da Tia Moon <3
Arigatou pelos favoritos , amo vocês sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...