História I Need U - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Rap Monster, Suga
Tags Colegial, Drama, Romance
Exibições 18
Palavras 1.406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capítulo \o/

Capítulo 4 - Sorriso bobo.



 

Namjoon

 

Já tem uma semana que Sook está trabalhando aqui,  ela realmente é muito eficiente, melhor que muitas secretária que eu já tive, lembro me perfeitamente o dia que nos conhecemos.

 

Flórida há cinco meses atrás.

 

Eu estava em uma das boates mais badaladas da Flórida,  as pessoas dança no meio da pistas, alguns casais se beijando em um canto, caminhei até perto do bar onde encontro meu amigo Logan.

- Até que fim Namjoon.  Ele sorriu e colocou o braço envolta do meu pescoço.

- Estava resolvendo algo. Sorri.

Nos aproximamos de uma mesa onde tinha umas pessoas, e ela estava sentada no meio delas, com um vestido preto justo e salto alto, sua maquiagem não era forte, até porque nem precisava da mesma pois era muito bonita,  seus cabelos estavam soltos e com cachos nas pontas.

- Sook, Sook.  Ele gritou devido ao barulho.

- Ele é Namjoon e veio de Seul também.  Logan gritou para ela que sorriu e se reverenciou.

Todos estavam conversando,  exceto por Sook que estava quieta e hora ou outra sorria de algo que Logan dizia, no meio da noite ela se levantou e disse algo no ouvido de Logan que apenas assentiu,  ela pegou sua bolsa e passou por mim. Alguns minutos depois resolvi ir embora,  me despedi de todos e sai da boate, olhei em volta e a vi parada, pedi ao manobrista o meu carro entrei no mesmo e dirigi até onde ela estava, abaixei o vidro e a olhei e ela se curvou um pouco para ver quem era.

- Entrar te dou uma carona.  Sorri.

- Não precisa eu pego um táxi.  Passou a mão pelos braços provavelmente estava com frio.

- Entra vai, não vou fazer nada. Sorri e ela estendeu a mão abriu a porta e entrou. Colocou o sinto e saímos com o carro.

- Você é de Seul também?  Como o silêncio reinava resolvi puxar assunto.

- Sim,  vim para cá tem algum tempo. Ela sorriu fraco.

- E você veio a passeio? Ela me olhou.

- Negócios.  Sorri.

- E você porque veio para cá? Ela olhou para fora do carro e suspirou.

- Por causa de um idiota.  Ela continuou a olhar pela janela.

- Será que você pode parar? não estou me sentindo bem. Encostei o carro e ela saiu, encostou a mão no poste e vomitou, fui até ela e segurei seus cabelos para que não suja-se.

- Você quer que te leve a um hospital?  Sorri.

- Não precisa.  Ela limpou a boca e bebeu uma água que eu levei para ela.

- Mas você precisa saber o que tem. A olhei

- Eu estou grávida e isso que eu tenho.  Ela andou em direção ao carro.

- Eu te agradeço,  mas não precisa mais me ajudar.  Ela pegou a bolsa do carro e fechou a porta.

- Espera Sook,  eu vou te levar em casa. Sorri e ela abriu mais o olho, acho que ficou surpreso por não sair correndo com a palavra grávida.

#

Os dias foram se passando e Sook e eu nos tornamos amigos, ela me contou o que o tal de Yoongi a fez e que o bebê era dele, eu estive ao seu lado a cada vez que ela passava mal, segurava seus cabelo e sua mão,  uma tarde ela deito a cabeça nas minhas pernas e começou a conta sua vida ela acabou pegando no sono,  estava cansada pois passou a noite mal, e eu fiquei admirando sua beleza.

 

- Namjoon? Porque esta rindo que nem um bobo?  Ela sorriu e me olhou.

- Quem? Eu? A olhei nem tinha percebido que ela entrou na minha sala.

- Já sei está pensando na namorado. Ela sorria e mexia nos cabelos.

- Noiva Sook,  mas queria que não fosse. Pensei ter falado baixo a última parte mais Sook ouviu e cruzou os braços.

- Se não quer se casar, não case e pronto,  a vida e sua e acho que devemos nos casar por amor e se você não a ama não case. Ela sorriu.

- Bom só vim avisar que não tem mais nada para o senhor marcado então está livre para fazer o que quiser.  Ela acariciou a barriga e se virou para sair.

- Sook espera. Ela se virou e me olhou.

- Já almoçou?  Sorri sem jeito.

- Ainda não,  acho que e por isso que tem alguém agitado aqui. Ela sorriu e apontou para barriga.

- Então vamos almoçar.  Peguei meu blazer e fui até ela.

- Espera Namjoon eu não tenho dinheiro para pagar seus restaurantes caros não.  Ela fez um bico e eu ri.

- Eu pago.  Sorri e peguei em sua mão para puxá-la

- Nada disso. Ela cruzou os braços.

- Eu não vou deixar a minha amiga gravida com fome. Sorri.

- E se não se mover, vou leva-la no colo. Ela sorriu e passou a minha frente.

Pegou sua bolsa e me seguiu pelos corredores até o elevador,  descemos e fomos a um restaurante em frente,  não era luxuoso, mas a comida dali era muito boa, entramos e nos sentamos em uma mesa próxima a janela, fizemos o pedido e ficamos conversando.

- Namjoon estou te estranhando.  Ela sorriu.

- Porque? A olhei.

- Porque você anda sorrindo feito um bobo, nunca te vi assim, nem mesmo quando fala de sua noiva que por sinal nem sei o nome.  Ela deu de ombros.

- Talvez só talvez não seja ela o motivo do meu sorriso.  Sorri e tomei um gole do meu suco.

- Eu sabia, você gosta de outra pessoa.  Ela sorriu e acariciou a barriga.

- Dá para perceber? a olhei meio que assustado.

- Que você gosta de alguém? Sim. Agora quem é e um mistério.  Ela sorriu e eu respirei aliviado.

O garçom trouxe o que pedimos e começamos a comer, Sook começou a rir quando lembramos do passado, terminamos de comer mas continuamos conversando.  Nos levantamos e me ofereci para deixá-la em casa e assim o fiz, ela desceu do carro e entrou.

 

Flórida Alguns meses antes

 

Estávamos na praia,  Sook estava sentindo um pouco melhor,  na noite passada ela não dormiu devido a enjoos e tristeza.  Ela ficou lembrando das coisas do passado e ficou assim. Ela me ligou no meio da noite para conversarmos e foi o que fizemos a noite toda e agora estamos aqui.

- Não Logan, não é simples assim.  Ela cruzou os braços.

- Claro que é, você chega para ele e diz que ele vai ser pai. Logan bufou.

- Ata, como se fosse muito fácil né,  olha você me enganou mas eu vou ter um filho seu. Ela revirou os os olhos.

- Pensando assim… ah mas você o ama, não tem a possibilidade de você o perdoar.  Logan a olhou.

E por um momento, senti uma coisa estranha,  eu não queria que ela voltasse para o tal Yoongi que a fez e faz sofrer.

- Eu o amo, mas ser capaz de perdoá-lo isso eu já não sei. Ela abraçou as pernas e olhou para o mar e algumas lágrimas molharam o seu rosto.

Fiz um sinal para Logan, que se levantou e me deixou a sós com ela.

- Ei,  você não precisa ficar assim. Sorri.  E a empurrei com o ombro de leve.

- Você não pode ficar desse jeito ou fara mau ao bebê,  ele sente tudo que você sente. Ela me olhou e enxugou as lágrimas.

- Sabe Namjoon,  eu sinto falta do meu pais, queria tanto voltar.  Ela fitava o mar.

- Volta comigo. Sorri.

- Agora não quem sabe daqui alguns meses,  eu quero que o meu bebê nasça lá.  Ela sorriu e me olhou.

- Ei eu quero ver um sorriso.  Ela me olhou e sorriu fraco.

- Assim não.  Fiz bico.

- Não quero sorrir hoje. Ela bufou.

A olhei e fiz cócegas,  ela se contorcia e ria, no meio da brincadeira ela caiu deitada na areia e eu caí em cima dela, nossos olhares se cruzaram,  estendi as mão e tirei alguns fios que estavam em seu rosto,  olhei em seus olhos e para sua boca,  me aproximei para beijá-la, mas ela virou o rosto,  me sentei e a ajudei a sentar.

- Desculpas.  Olhei  para o mar.

- Tudo bem. Ela colocou o cabelo atrás da orelha.

Dois dias depois eu voltei para Seul



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...